Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Devido a pandemia do novo coronavírus e a necessidade do isolamento social, muitos trabalhadores cearenses e de todo o país, tanto do setor público quanto privado, passaram a exercer suas atividades profissionais de forma remota. Nesse cenário, o percentual de servidores públicos em trabalho remoto é mais de três vezes a proporção dos empregados no setor privado. 

Em junho, 24,7% dos trabalhadores do setor público exerciam atividade remota, mas, no setor privado, eram apenas 8%. Os dados estão no estudo “O Teletrabalho no Setor Público e Privado na Pandemia: Potencial Versus Evolução e Desagregação do Efetivo”, feito em parceria por pesquisadores do Ipea e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística,e divulgado nessa quarta-feira.

Conforme o estudo, em junho, 3 milhões de pessoas ocupadas no setor público estavam nessa condição, o que representa 200 mil a mais do que em maio. Enquanto isso, no setor privado eram 5,7 milhões de pessoas, ou 224 mil a menos que o total estimado para maio. Mesmo na comparação da natureza da atividade, o patamar de pessoas ocupadas e não afastadas em trabalho remoto no setor público é superior aos percentuais do privado, nos setores de serviços, comércio, indústria e agricultura.

*Com informações da Agência Brasil

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp