Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Servidoras do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) visitaram, nesta semana, instalações da Secretaria Judiciária Única das Varas da Fazenda Pública de Fortaleza. A finalidade foi conhecer o novo modelo, que concentra todos os serviços, deixando os gabinetes dos juízes com a produção jurídica.

Elas conversaram com o diretor do Fórum Clóvis Beviláqua, juiz José Maria dos Santos Sales, e com o secretário executivo da Diretoria do Fórum, Wilton Bessa, sobre o funcionamento da Secretaria.

De acordo com Hayla Castelo Branco, analista e assessora de administração da Corregedoria-Geral da Justiça do Maranhão, a previsão é implantar ainda em 2017 o sistema nas Varas de Fazenda Pública de São Luís. “O objetivo da visita é conhecer o projeto de forma mais específica. Como foi planejado, estruturado e executado. Enfim, o conhecimento necessário para levar e adequar à nossa realidade”, explica.

Ainda de acordo com ela, a Secretaria Única pois possibilita maior celeridade nas respostas aos jurisdicionados. “Essa perspectiva de modernização, de pensar em mecanismos que possam dar maior vazão à demanda, como é o caso da Fazenda Pública, é fundamental”, avalia.

Isabel Fialho, diretora de Secretaria da 2ª Vara da Fazenda Pública de São Luís, afirmou que a visita proporcionou a obtenção de orientações válidas para o trabalho que a Justiça Estadual do Maranhão pretende desenvolver. “Vimos o que a gente pode levar para lá, o modo de monitoramento de produtividade, a divisão de tarefas dentro de uma mesma célula, para saber quem faz o que, como eles trabalham.”

Para o supervisor da Secretaria, Clávio Nunes, a visita de representantes de outro Tribunal de Justiça “significa que o sistema de Secretaria Única tem despertado o interesse em razão dos bons resultados”.
Em novembro de 2016, o setor já havia recebido a visita de dois magistrados do Maranhão, o juiz Carlos Veloso, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública, e o auxiliar da Corregedoria, Gladison Luis Nascimento Cutrim, também com o objetivo de conhecer e tentar implantar o projeto de secretaria única no Estado.

Com informação da A.I