microsoft office 2010 home and business iso free coreldraw graphics suite x6 key generator free free free windows 7 software for pc tally software for pc windows 10 download perforce client for windows free microsoft office 2010 download free full version windows 8.1 free

Os servidores estaduais do Ceará encerram o ano com os salários de novembro e dezembro e o 13º salário no bolso antes do dia 31 deste mês. O Governador Camilo Santana confirmou, nessa terça-feira, 19, que a segunda parcela do benefício já cai na conta dos servidores nesta quinta-feira. São mais R$ 410 milhões a serem injetados na economia. Ao todo, com a segunda parcela do 13º e os salários de novembro e dezembro, pagos entre primeiro e 30 de dezembro, são R$ 1 bilhão e 900 milhões, segundo o Secretário da Fazenda, Mauro Filho.

O equilíbrio das contas, no terceiro ano da administração Camilo Santana, garantiu o desembolso, sem contratempos, das folhas salariais dos servidores. A mesma sorte não levaram 1 milhão e meio de servidores públicos estaduais de cinco Estados que não receberão, neste ano, o 13º salário . Essa  situação atinge os servidores públicos dos Estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte e Sergipe.

Os números apontam que o maior contingente de servidores nessa situação está em Minas Gerais, com 600 mil pessoas –400 mil da ativa e 200 mil inativos e pensionistas. Elas deverão saber nesta quarta-feira (20) o escalonamento do 13º, segundo a Secretaria do Planejamento. Até agora, está garantido o pagamento das forças de segurança, parcelado em duas vezes –a divisão gerou protesto de servidores na última sexta-feira (15)– e de funcionários da rede de hospitais.O deficit orçamentário é de cerca de R$ 8 bilhões.

O caos atinge, principalmente, o Estado do Rio de Janeiro, cuja folha de pagamento mensal é de cerca de R$ 1,6 bilhão, a maioria dos 456.453 servidores, dos quais 207.192 ativos, não sabem quando receberá o 13º salário deste ano. Nesta quarta-feira (20), com exato um ano de atraso, a Secretaria da Fazenda pagará o 13º salário de 2016 a cerca de 250 mil servidores, além dos salários do mês de outubro que estavam pendentes para uma parte dos funcionários. Segundo o Estado, o pagamento do ano passado soma R$ 1,2 bilhão.

Os servidores públicos do  Rio Grande do Sul também, enfrentam transtornos. O quadro financeiro do Estado é crítico e, só no último dia 13, o governo conseguiu quitar os salários de novembro. Para evitar problemas aos 320 mil servidores do Executivo, foi aberta a possibilidade de o funcionário fazer empréstimo consignado “”com taxa de 1,42% ao mês.

Segundo a Secretaria da Fazenda, quem não aderir receberá o 13º em 2018, em 12 parcelas, também acrescida de juros de 1,42% ao mês. O governo José Ivo Sartori (PMDB) tem fechado os últimos meses com déficit médio perto de R$ 1 bilhão.

A opção do empréstimo também foi adotada em Sergipe. Para a segunda parcela do 13º, a opção oferecida foi um empréstimo no banco do Estado. Quem recusar receberá o valor em seis parcelas, a partir do ano que vem. O Estado tem 41.221 funcionários. O Rio Grande do Norte só quitou a folha de outubro no último dia 13. O governador Robinson Faria (PSD) se reuniu com servidores nessa segunda, 18, para discutir o salário de novembro, pago até agora só para a Educação e administração indireta. São cerca de 100 mil servidores.

Com informações da Agência Brasil e Folha de São Paulo