Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Beneficiários da Fundação de Previdência Social do Estado do Ceará (Cearaprev) que não realizaram o recadastramento e a prova de vida até o dia 31 de dezembro de 2021, terão, a partir desta terça-feira (1º), seus proventos bloqueados. A medida atinge profissionais da ativa, aposentados, pensionistas, militares da reserva e da reforma, totalizando 3.608 pessoas. 

Segundo a Cearaprev, os proventos poderão ser desbloqueados de forma automática em até 7 dias úteis, após a realização do recadastramento e da prova de vida pelos beneficiários, a contar da data de atualização da inadimplência.

O aplicativo da Cearaprev continua disponível para download nos sistemas IOS e Android. Quem não realizou o recadastramento ou a prova de vida poderá realizá-lo com a orientação da equipe de call center da Cearaprev, pelo telefone 3108-0135. Os servidores citados tiveram um prazo inicial de seis meses, de janeiro a junho de 2021, tendo sido prorrogado até o dia 31 de dezembro do ano passado, para realizarem o processo de recadastramento e prova de vida.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp