Atualização de vínculos, que ajudam na aposentadoria, pode ser pedida pelo 135

Compartilhe:

Os seguradores da previdência social passam a contar com um novo serviço que pode ajudá-los na tramitação mais rápida do processo de aposentadoria: uma portaria publicada, na edição dessa sexta-feira, no Diário Oficial da União, estabelece que a atualização de vínculos trabalhistas e remunerações, junto ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), pode ser solicitado pelo telefone 135.

A medida é considerada importante para garantir a concessão de aposentadorias dos segurados que, às vezes, fazem a solicitação no INSS e, pelo registro no Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS), não consta o tempo suficiente de contribuição para receber o benefício.

A atualização do vínculo é importante, também, porque influencia no cálculo do benefício, permitindo, em muitos casos, que o segurado com mais recolhimentos previdenciários receba um benefício maior. Os segurados devem ficar atentos: a correção do cadastro, após a solicitação por telefone, conforme o próprio INSS, dependerá do envio de documentos pela internet, por meio do aplicativo Meu INSS ou do site meu.inss.gov.br.


“O acerto de vínculo vai facilitar a vida do contribuinte do INSS que precisa do auxílio emergencial, pois ele poderá fazer a correção sem precisar solicitar uma aposentadoria (ou outro benefício do INSS como recurso para conseguir a correção do Cnis)”, observa, em entrevista ao Jornal Agora, de São Paulo, a presidente do Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário (IBDP), Adriane Bramante.


EDUCAÇÃO PREVIDENCIÁRIA

O Sistema Ceará Agora de Comunicação mantém, aos sábados, a partir das 7 horas da manhã, pelo rádio e pela Internet, a maior rede de educação previdenciária do Brasil. O Jornal Alerta Geral Especial sobre os Caminhos da Aposentadoria responde a dúvidas, mensagens e esclarece aos ouvintes e internautas que apresentam dúvidas sobre os benefícios pagos pelo INSS. As dúvidas que chegam pelo WhatsApp 085.9.9273.4353 são respondidas pelos professores Tiago Albuquerque e Rafhael Castelo Branco. O ‘Alerta Geral’ é gerado pela Rádio FM 104.3 e FM 107.5, na Grande Fortaleza, tem transmissão por outras 35 emissoras no Interior do Ceará e pelas redes sociais do cearaagora (…)

Compartilhe:

Leia a Anterior

Mais de 405 mil brasileiros recebem 1º parcela do auxílio emergencial neste sábado

Leia a Próxima

Isolamento social pode provocar ansiedade e contribuir para aumento da pressão arterial, diz médico