‘Alerta Geral’ orienta sobre redução de salários, direito ao auxílio maternidade e aposentadorias

Compartilhe:

Os ouvintes e internautas do Jornal Alerta Geral, edição especial deste sábado, recebem muitas orientações sobre a entrega de resultados da perícia ao INSS, redução de salários nesse período da pandemia do coronavírus, condições para solicitação do auxílio maternidade e esclarecimentos do tempo de contribuição e da idade para o pedido da aposentadoria.

As mensagens dos ouvintes e internautas podem ser feitas pelo WhatSsap (085.9.9273.4353). Com as mensagens em texto, os ouvintes e internautas devem dizer em que se cidade se encontram.

Quem recebe orientação, ao questionar sobre as condições que a esposa precisa para se aposentar, é o ouvinte José Carlos, que mora em Fortaleza. O José diz que a esposa tem 9 anos de auxílio doença, soma 16 anos de contribuição e, no mês de junho, completa 60 anos de idade e quer saber se a esposa já pode pedir a aposentadoria. Aqui, no Jornal Alerta Geral, a resposta do professor e especialista em direito previdenciário Tiago Albuquerque.

A ouvinte Paula, da cidade de Russas, recebe resposta à pergunta sobre os procedimentos que deve adotar para entregar o resultado da perícia ao INSS. ‘’Não conseguimos entregar o atestado presencialmente, nem enviar pelo site. O auxílio dele será cortado’’, questiona Paula, que tem, também, no Jornal Alerta Geral Especial sobre os Caminhos da Aposentadoria esclarecimentos para não perder o benefício.

As dúvidas sobre o auxílio maternidade fizeram a Cristina, da cidade de São Benedito, na Região da Ibiapaba, procurar apoio no Alerta Geral para saber se, na condição de dona de casa, pode receber  o auxílio maternidade em nome do esposo. ‘’Ser dona de casa me impede de receber o auxílio? Ou se só tenho direito se pagar o INSS? Os esclarecimentos apresentados são importantes para Cristina e para outras mulheres com dúvidas sobre o auxílio maternidade.

A ouvinte/internauta Júlia, da cidade de Acopiara, relata que  estava recebendo o auxílio-doença desde o mês de maio de 2019 até o dia 06 deste mês.  ‘’Se o médico que me dá o atestado não está atendendo, meu auxílio pode ser prorrogado automaticamente?’’, pergunta Júlia, que recebe, também resposta no Alerta Geral Especial sobre os Caminhos da Aposentadoria.

As professoras Lena (Russas) e Quitéria (Interior do Ceará) mandaram mensagens com questionamentos sobre salários e regras para aposentadoria. Lena pergunta se, nesse período de pandemia do coronavírus, o salário pode ser reduzido. A professora Quitéria quer saber se, com 22 anos de serviços e 50 anos de idade, poderá pedir a aposentadoria ao completar 25 anos de recolhimento previdenciário. As duas perguntas, com muitas informações, têm resposta esclarecedora do especialista em previdência Tiago Albuquerque.

REDE PREVIDENCIÁRIA: RÁDIO E INTERNET

O show de informações na maior rede de comunicação da previdência social, pelo rádio e pela Internet,  tem o comando do jornalista Luzenor de Oliveira e a participação especial do professor e especialista em direito previdenciário Tiago Albuquerque.
O Jornal Alerta Geral Especial sobre os Caminhos da Aposentadoria é gerado a partir dos estúdios do Sistema CearáAgora de Comunicação, é  veiculado  na Grande Fortaleza pelas Rádios FM 104.3 e FM 107.5, chega ao Interior do Estado por outras 32 emissoras de rádio e pode ser acessado pelas redes sociais do cearaagora:

Instagram: Ceará Agora

Facebook: Ceará Agora

Youtube: Ceará Agora 

Twitter: Ceará Agora

Confira o programa deste sábado:

Compartilhe:

Leia a Anterior

Combate ao coronavírus: hospital de Campanha do PV terá 56 novos leitos a partir de domingo

Leia a Próxima

Ministro do STF retira sigilo de vídeo de reunião ministerial