Ceará reduz em 34% notificações de doenças diarreicas no início de 2020

O número de casos de Doenças Diarreicas Agudas, conhecidas como “viroses da mosca”, caíram 34% nas primeiras semanas de 2020 no Ceará. Foram registradas 32.469 notificações nas cinco primeiras semanas deste ano, de acordo com o relatório da Secretaria de Saúde do Estado sobre doenças de notificação compulsória. Em 2019, foram 49.069 registros no mesmo período.

Comum durante o período chuvoso cearense, que acontece entre os meses de fevereiro e maio, as Doenças Diarreicas Agudas podem ser virais ou bacterianas. Apesar do nome popular, a enfermidade não é transmitida pela mosca e sim pelo contato com pessoas contaminadas. Além da diarreia, febre, náusea e dor de cabeça podem indicar a presença da doença.

De acordo com os levantamentos, crianças entre cinco e nove anos são faixa etária com menor redução no intervalo, com queda de 25% no número de casos. O maior impacto foi sentido na faixa etária de um a quatro anos de idade, que diminui mais da metade do número de registro: 54% dos casos a menos do que o ano passado.

Leia a Anterior

Dia D: cearenses de cinco a 19 anos são público-alvo da campanha contra o sarampo

Leia a Próxima

Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio de R$ 120 milhões