Ceará registra 5 mil denúncias de estabelecimentos descumprindo decreto de quarentena do coronavírus

Cerca de cinco mil denúncias foram registradas pela Polícia Militar em relação ao descumprimento do decreto estabelecido pelo governador Camilo Santana como forma de prevenção ao novo coronavírus. Um total de 15 pessoas foram detidas pela Polícia Militar.

Ainda de acordo com o comandante, são comércios dos mais variados tipos, barbearias, igrejas de forma geral, também de situações vinculadas a estabelecimentos que vendem bebidas alcoólicas. A maior parte da resistência tem vindo das regiões mais periféricas, ainda que a população esteja respeitando as medidas tomadas pelo Governo do Estado.

Em casos de resistência o proprietário será encaminhado a uma delegacia com base no que informa o artigo 268 do Código Penal. Além do comércio, as ações para garantir a ausência de aglomerações têm sido seguidas em relação à população de todo o Ceará.

Leia a Anterior

Prazo para entrega de declaração de microempreendedor é prorrogado

Leia a Próxima

Caucaia: Imac mantém sistema on-line para licenciamento e denúncias