CGE celebra Dia do Ouvidor destacando a importância da função na gestão pública

DIA DO OUVIDOR

Compartilhe:

A Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado do Ceará (CGE) comemorou nesta quinta-feira (16), em cerimônia no Palácio da Abolição, os 14 anos de criação do órgão de Controle Interno cearense e o Dia Estadual do Ouvidor. Durante a solenidade, as ouvidorias setoriais da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), da Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Estado do Ceará (Arce) e da Fundação Universidade Estadual do Ceará (Funece) foram premiadas com a Medalha em Reconhecimento pela Contribuição ao Sistema de Controle Interno por terem se destacados nas atividades de ouvidoria em 2015.

Para o secretário de Estado Chefe da CGE, Flávio Jucá, a Ouvidoria se coloca como uma forma de auxiliar o Estado na tomada de decisões.” Hoje nós estamos celebrando, além do aniversário de criação da CGE, o papel de um agente muito importante na gestão pública. Aquele que se coloca como porta de entrada para mediar o relacionamento entre cidadão e Estado”, destacou.

Também presente durante a cerimônia, representando o governador do Estado do Ceará, o secretário de Estado Chefe da Casa Civil, Nelson Martins, parabenizou os ouvidores pela data e destacou a importância do órgãos central de controle para o Estado.

Estiveram presentes na ocasião, o presidente da Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Estado do Ceará (Arce), Hélio Winston; o presidente da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), Neurisângelo Freitas; o reitor da Universidade Estadual do Ceará (Uece), Jackson Sampaio.

Ouvidoria e Cidadania

Marcando o evento, os presentes puderam acompanhar a palestra “Ouvidoria e Cidadania: participação social e valorização de mecanismos de exercício da vontade popular”, ministrada pelas advogada e doutora em administração pela Faculdade Getúlio Vargas, Luciana Zafallon.

“A ideia de aproveitar o Dia do Ouvidor para ter um diálogo mais aprofundado sobre o papel da função nas relações entre o Estado e o Cidadão, nós permite avançar em duas linhas linhas de pensamento, uma voltada para como a Ouvidoria se insere no processo de democratização do pais e outra o papel da Ouvidoria na gestão pública”, destacou.

Com informação da A.I

Compartilhe:

Leia a Anterior

Setor de serviços puxou criação de empregos em fevereiro

Leia a Próxima

Governo do Ceará garante requalificação dos Centros Vocacionais Tecnológicos