Ciro anuncia apoio a Elmano de Freitas em Caucaia e tenta atrair PT para aliança em Fortaleza

Compartilhe:

O ex-governador e ex-presidenciável Ciro Gomes (PDT) criou, na noite desta segunda-feira, o primeiro fato político da corrida pelas eleições de 2020 na Região Metropolitana de Fortaleza ao anunciar apoio ao pré-candidato do PT à Prefeitura de Caucaia, deputado estadual Elmano de Freitas.

Ciro disse, em vídeo gravado e distribuído pelas redes sociais, que tem amizade com todas as correntes políticas de Caucaia, mas, por gratidão e, talvez, com surpresa, decidiu se aliar ao pré-candidato do PT, Elmano de Freitas, que tem apoio do Governador Camilo Santana e está preparado, segundo o líder pedetista, para salvar Caucaia de uma aventura.

Ciro não nominou quem seria a aventura na disputa pela Prefeitura de Caucaia em 2020, mas, pelo cenário político, talvez o recado seja para o pré-candidato do PROS, Vitor Valim, aliado do deputado federal Capitão Wagner e do deputado federal Roberto Pessoa (PSDB). Wagner é pré-candidato à sucessão do prefeito Roberto Cláudio, enquanto Roberto disputará a Prefeitura de Maracanaú.

Wagner e Roberto se uniram a Valim na corrida pela Prefeitura de Caucaia. A corrente formada por Wagner, Roberto e Vitor para construir um movimento migratório de votos nos limites das três cidades (Fortaleza, Maracanaú e Caucaia) despertou preocupação entre as lideranças estaduais do PDT. O primeiro movimento foi deflagrado pelo ex-presidenciável Ciro Gomes.

CAUCAIA X FORTALEZA

O gesto de Ciro Gomes em Caucaia é visto, também, como uma tentativa de atrair o PT para uma aliança com o PDT logo no primeiro turno em Fortaleza. O PT lançou a pré-candidatura da deputada federal Luizianne Lins na Capital, mas setores da sigla tentam convencê-la a desistir em nome de uma aliança com o PDT. Elmano é um dos nomes mais ligados a Luizianne, de quem foi Secretário e candidato à Prefeitura da Capital em 2012, quando perdeu a eleição para o atual prefeito Roberto Cláudio.

SEGUNDO COLÉGIO ELEITORAL

Caucaia tem, atualmente, 225.000 eleitores e pode ter a eleição em dois turnos – se um dos candidatos não receber mais de 50% dos votos válidos, os dois mais votados irão ao segundo turno. A corrida pela Prefeitura do Município tem, hoje, pelo menos, cinco pré-candidatos – Naumi Amorim (PSD), Emília Pessoa (PSDB), Zé Gerardo (MDB), Vitor Valim (PROS) e Elmano de Freitas (PT).

O atual prefeito Naumi Amorim (PSD) é candidato à reeleição e tem como principal aliado o ex-vice-governador e presidente do PSD, Domingos Filho, que é desafeto do presidenciável Ciro Gomes. Enquanto isso, o deputado Vitor Valim (PROS), que conta com o apoio do Capitão Wagner e do deputado Roberto Pessoa (PSDB), aparece como favorito na corrida eleitoral.

O PSDB apresenta como pré-candidata a vereadora Emília Pessoa, que está entusiasmada com a candidatura, mas os tucanos estaduais não acreditam muito em sua viabilidade eleitoral. O deputado federal Roberto Pessoa decidiu ignorar a decisão do PSDB em apresentar Emília como pré-candidata e optou pelo acordo com o Capitão Wagner para fortalecer o nome de Vitor Valim.

O presidente da Executiva Regional do MDB, ex-senador Eunício Oliveira, citou o ex-prefeito José Gerardo Arruda como pré-candidato. Zé Gerardo, pai da vice-prefeita Lívia, trabalha para tentar manter a composição com o atual prefeito Naumi Amorim ou buscar uma aliança com outro candidato com viabilidade eleitoral de conquistar a Prefeitura.

Compartilhe:

Leia a Anterior

“Isso é um escândalo”, afirma Luizianne sobre gravação de Bruno Gonçalves que aponta compra de apoio político

Leia a Próxima

INSS autoriza prova de vida por procuração de beneficiários com 60 anos ou mais