Com queda de Bebianno, a máxima prevalece: desgraça de um é oportunidade de outros

+ Queda de Bebianno
+ Reunião com Camilo
+ Entrevista com Domingos Neto
+ Nome para substituir Bebianno
+ Camilo vai a Brasília

Em semana decisiva para marcar o governo Bolsonaro, onde se discute reforma da Previdência e Lei Anticrime, o escândalo de candidatas laranjas do PSL, partido do presidente, e provável demissão do ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno, e dificulta a aprovação das medidas no Congresso. O grande desafio é evitar que esse escândalo atrapalhe a votação e, para isso, o governo terá que abrir os cofres e distribuir os cargos entre os aliados – a desgraça de um é a oportunidade de outros.

O assunto foi tema do Bate Papo Político desta segunda-feira (18), no Jornal Alerta Geral, entre os jornalista Luzenor de Oliveira e Beto Almeida. No Bate Papo, os jornalistas destacaram a máxima político que prevalece: “Não tem vácuo – A desgraça de um é a oportunidade de outros“. Se Bebianno ‘caiu em desgraça’, o governo terá que ceder aos estados e aliados. A distribuição de cargos do segundo escalão é a provável saída para angariar os votos necessários para aprovação das medidas.

Segundo o jornalista Beto Almeida, o presidente Jair Bolsonaro deve ir além do Twitter e procurar uma comunicação eficiente. Usar uma cadeia nacional de rádios, TVs, além das redes sociais – ato já anunciado para a apresentação dos pontos da reforma da Previdência – vem para evitar outros escândalos, como no caso de Bebianno, que surge na redes sociais e pode atrapalhar os planos de Bolsonaro.

Mais destaques

+ Camilo se reúne com os deputados federais do Ceará:O governador Camilo Santana recebe, nesta segunda-feira (18), no Palácio da Abolição, em Fortaleza, a bancada federal do Ceará para apresentação de um balanço sobre as ações adotadas pelo Governo Estadual no combate à violência e as medidas que estão sendo implementadas nas áreas de saúde e recursos hídricos.

+ Domingos quer reuniões mais frequente entre bancada e Camilo Santana:O coordenador da bancada do Ceará em Brasília, Domingos Neto (PSD), disse, nesta segunda-feira (18), disse que trabalha para que as reuniões com o governador Camilo Santana se tornem uma rotina na agenda da representação parlamentar.

+ Nome para substituir Bebianno: Floriano Peixoto é o nome cotado. É o oitavo militar a assumir a equipe do primeiro escalão. O governo está tentando, com isso, apagar o fogo para o que aconteceu até agora. Dois pontos na semana para criar o efeito positivo.

+ Camilo se reúne na 4ª com governadores: Camilo volta a se reunir com os demais chefes dos executivos estaduais, em Brasília, para discutir a agenda econômica do país. O encontro está marcado para o mesmo dia no qual a proposta de reforma da Previdência chega ao Congresso Nacional. Os governadores esperam conversar diretamente com o ministro da Economia, Paulo Guedes.

Leia a Anterior

Diário Oficial da União é publicado e sem exoneração de Bebianno

Leia a Próxima

Subcomissão pode acelerar votação da reforma da Previdência, afirma Alcolumbre