Conselho da J&F decide afastar Joesley do comando da empresa

O Conselho da J&F decidiu nesta sexta-feira afastar Joesley Batista do comando de todos os negócios do grupo. A reunião ocorreu nesta sexta-feira.

A decisão ocorre depois que Joesley Batista teve homologada sua delação premiada pelo Supremo Tribunal Federal (STF).  Joesley admitiu crimes e pagamento de propina ao presidente da República, Michel Temer, ao senador Aécio Neves e dezenas de políticos nos últimos anos.

Em março, a Justiça havia determinado o afastamento do empresário do conselho da empresa. A decisão de hoje é diferente porque independentemente do poder judiciário, a própria empresa tomou a iniciativa. Ou seja, ele não poderá mais participar da condução dos negócios das empresas do grupo.

A medida é uma maneira de tentar blindar as atividades empresariais da família Batista, afastando um executivo que é pivô do maio escândalo político do momento no País. Além de dar uma satisfação para a sociedade e o mercado.

A assessoria da J&F prepara uma nota para divulgar à imprensa sobre o assunto.

Com informações O Estado de São Paulo

Leia a Anterior

PEC que acaba com foro privilegiado deve ser votada semana que vem

Leia a Próxima

Janot pede para ouvir Temer e destaca que presidente confessou ‘diálogo secreto’