Deputado Marcos Sobreira elogia Camilo Santana, repudia cortes da Enel e ressalta importância de ficar em casa

Também submetidos ao processo de isolamento social, os deputados estaduais da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará trabalham para manter as atividades em andamento apesar do distanciamento. Entrevistado nesta quinta-feira (26) dentro do Jornal Alerta Geral, o parlamentar Marcos Sobreira (PDT-CE) falou sobre a rotina parlamentar e acerca das medidas orquestradas pelos deputados no combate ao coronavírus.

Uma das formas encontradas para preservar o curso das ações dentro do âmbito legislativo cearense tem sido a utilização do recurso virtual para realização de sessões deliberativas. O deputado Marcos Sobreira fala sobre a importância da tecnologia e diz que cada parlamentar tem a mesma possibilidade de discutir e votar todos os projetos colocados em discussão:

“A Assembleia Legislativa tem trabalhado de forma atuante, nós deputados estaduais estamos trabalhando desde a última quinta, fizemos um teste, e na sexta já fizemos a primeira sessão remota com o advento da tecnologia na Assembleia Legislativa do Estado do Ceará, uma sessão que entrou pra história. Cada parlamentar pode votar, opinar, discutir e debater projetos importantes para o Estado do Ceará”

Questionado pelo jornalista Luzenor de Oliveira sobre a adoção de medidas e apresentação de requerimentos que visem atender às necessidade da população diante do atual cenário de pandemia que vem sendo enfrentado, Marcos diz que os parlamentares vêm se esforçamento para suspender qualquer tipo de corte no Estado do Ceará:

“Nós estamos trabalhando para reduzir os impactos dessa pandemia no nosso Estado e fizemos alguns requerimentos. Dentre eles, um requerimento para a Cagece e pra Enel, pra que fosse suspenso qualquer tipo de corte no Estado do Ceará, de água e energia da população cearense”

Nessa perspectiva, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) deliberou na última terça-feira (24) a suspensão de todos os cortes no funcionamento de energia elétrica motivados por falta de pagamento. A medida vale por 90 dias, pode ser alterada e foi adotada em razão da crise na economia provocada pela pandemia do novo coronavírus.

O deputado destaca o trabalho feito pelo governador Camilo Santana que liberou as famílias de baixa renda do pagamento da Cagece por 90 dias e critica a Enel por ainda persistir nos cortes de energia. “Ora, como as pessoas vão ficar em casa sem energia?”, questiona Marcos Sobreira. “É o momento que a gente não pode pensar só no lucro, tem que pensar na vida do cidadão cearense. Deixo aqui meu repúdio a Enel e a certeza de que vamos encaminhar todas as denúncias pra que respeitem o consumidor cearense”, afirma o pedetista.

Sobre os recursos das emendas individuais destinados ao governo do Estado para utilização no enfrentamento ao coronavírus, Marcos Sobreira pontua que o movimento foi organizado pelo presidente da AL, deputado José Sarto, e que foi um exemplo de estadismo, onde todos os 46 deputados dedicaram 100% de sua emenda parlamentar (1 milhão de reais) no ano de 2020 para investimento nas áreas prioritárias.

Por fim, o parlamentar elogia o governador Camilo Santana e conclama a população a também fazer sua parte contribuindo para que o vírus não se propague ainda mais no Estado: “O governador Camilo Santana tem se mostrado um gigante, o governador já deu liberações de pagamento Cagece, tá investindo muito pra tentar combater o coronavírus. Mas ai cabe a população fazer a parte dela, ficar em casa, esse é o pedido que eu faço a todos os cearenses. É o único remédio que a gente tem pra salvar a nossa vida, a nossa família e para o bem de toda sociedade cearense”

Leia a Anterior

Covid-19: Bolsonaro inclui atividades religiosas em lista de serviços essenciais

Leia a Próxima

Advogada Priscila Brito explica sobre impacto do coronavírus nas eleições de 2020