Domingos Neto receberá, em Fortaleza, Maia e deputados do CE para almoço

O  deputado federal Domingos Neto, líder da bancada do PSD, recebe, em almoço, na sua residência, na próxima segunda-feira, 14, em Fortaleza, o presidente da Câmara Federal e candidato à reeleição Rodrigo Maia (DEM). Maia costurou bem a sucessão e atrai, hoje, o apoio da grande maioria dos deputados federais do Ceará.

Domingos, que tem Caucaia como o seu principal colégio eleitoral, convidou os colegas de diferentes bancadas para a reunião com o Rodrigo Maia. O prefeito Naumi Amorim (PMB) também estará no encontro. Reeleito para o terceiro mandato, Domingos coloca cedo o pé na estrada, já abriu as portas do Governo Bolsonaro e fica ainda mais próximo a Rodrigo Maia que podem ajuda-lo na viabilização de obras e projetos para o Ceará.

Ônus e bônus


O governador Camilo Santana colherá o bônus das duras medidas que está adotando para inibir o avanço do crime organizado. A transferência de líderes de facções do Ceará para presídios federais, onde os criminosos não terão acesso a celulares, quebra a espinha dorsal que sustentava a comunicação e a organização dos crimes no Interior do Estado e na Grande Fortaleza. Camilo chegou na encruzilhada: é tudo ou nada! E não dá para recuar.

Língua afiada!


A oposição, mesmo com poucos deputados estaduais, vai enfrentar com discurso áspero os erros e as falhas do Governo do Estado. Se acertar na área de segurança pública, Camilo neutralizará muitas críticas, mas a oposição colocará no colo do presidente Jair Bolsonaro a iniciativa para barrar o avanço da criminalidade no Ceará. 

Política e polícia!

Se na área policial a agenda de Camilo é tomada pelas ações de combate à violência, o tempo tem sido exíguo para cuidar de articulações políticas. A presidência da Assembleia Legislativa, sonhada pelo Palácio da Abolição para ficar com Evandro Leitão ou Tin Gomes, ambos do PDT, caminha em outra direção e tende a ficar com o deputado estadual José Sarto (PDT).  Sarto alimenta esse sonho há mais de 10 anos e está perto de vê-lo realizado.


Ausência de RC


Pegou mal a ausência do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), nos primeiros dias da maior onda de violência no Ceará. Roberto sumiu do mapa, desembarcou nos Estados Unidos e, nesta quarta-feira, 9, reapareceu na capital cearense para retomar o poder após as críticas que recebeu. Roberto jamais deveria ter se ausentado no momento em que a população da Capital mais precisava de apoio para o transporte público publico funcionar e o lixo ser recolhido.

Leia a Anterior

Ministro sugere regras diferenciadas para militares na Previdência

Leia a Próxima

Índice da bolsa de valores bate novo recorde, acima de 93 mil pontos