Dos deputados cearenses, apenas um parece ter domínio dos pontos da reforma da Previdência

Para o jornalista Luzenor de Oliveira, os parlamentares recebem, no máximo, um resumo dessas propostas e acabam não se aprofundando no debate

Deputado Federal Mauro Filho (PDT) / Foto: Reprodução

A líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann (PSL), e o secretário de Previdência, Rogério Marinho, decidiram criar o que chamaram de gabinete de inteligência para tirar dúvidas sobre a proposta de Reforma. O movimento abre uma nova postura do governo e mostra, com isso, que ele está “começando a se profissionalizar“. No entanto, dos deputados cearenses que estão na Comissão Especial, apenas um – Mauro Filho – parece ter domínio do assunto.

O tema ganhou destaque no Bate Papo Político desta sexta-feira (3), entre os jornalistas Luzenor de Oliveira e Beto Almeida, que se mostraram confiantes para uma abertura nos diálogos entre oposição e situação. Segundo os jornalistas, é importante que esses representantes tenham ciência dos pontos da Reforma. Para Luzenor, no entanto, os parlamentares recebem, no máximo, um resumo dessas propostas e, com isso, não se aprofundam o suficiente no debate.

Ao todo, quatro deputados cearenses compõem a Comissão Especial. São eles: André Figueiredo (PDT), Capitão Wagner (Pros), Heitor Freire (PSL), Mauro Filho (PDT) e José Guimarães (PT) como suplente. Desses, apenas um se mostra mais favorável à Reforma, Heitor Freire – os demais têm divergências, em maior ou menor grau. No entanto, apenas Mauro Filho, proponente da reforma previdenciário de Ciro Gomes nas eleições, debate com mais profundidade ao apontar os pontos mais polêmicos, como BPC e Aposentadoria Rural.

O gabinete começa a funcionar a partir da semana que vem, onde técnicos do Ministério da Economia ficarão numa sala do governo à disposição dos deputados. Para Beto Almeida, isso mostra que o governo, no início, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) – quando estendeu o prazo para conseguir aprovar a proposta- tropeçou, mas, na Comissão Especial, parece estar se profissionalizando.

Leia a Anterior

MDB anuncia posição contrária a três itens da reforma da Previdência

Leia a Próxima

Contrária à venda de bebidas alcoólicas, Mirian Sobreira assume Secretaria Executiva de Política sobre Drogas