Grana extra: Ministro da Economia sinaliza aos Estados com 20% do pré-sal

O Ceará será beneficiado com o dinheiro oriundo do leilão do pré-sal.

Foto: reprodução.

Compartilhe:

O Governo Federal tenta atrair apoio dos governadores ao projeto da reforma previdenciária e sinaliza com algumas medidas que despertam atenção dos Chefes de Executivos Estaduais. Uma dessas medidas é a distribuição de uma fatia de recursos a serem arrecadados com a leilão para empresas privadas explorarem o petróleo na camada do pré-sal.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, voltou a acenar que aceita distribuir uma parcela dos R$ 106 bilhões previstos com o megaleilão do pré-sal com os Estados desde que haja avanço na votação da reforma da Previdência.

Os governadores estão de olho nessa grana: o Ceará será beneficiado com o dinheiro oriundo do leilão do pré-sal. O Governador Camilo Santana voltou a se reunir, na próxima semana, com governadores de outros estados para discussão sobre os rumos da reforma previdenciária e a divisão dos recursos do pré-sal.

O Ministério da Economia tem como uma das alternativas em discussão a divisão de até 20% do chamado bônus de assinatura, que é o pagamento que a empresa ganhadora fará ao governo quando assinar o contrato de exploração da área leiloada.

Compartilhe:

Leia a Anterior

Prefeitura de Itatira concede reajuste de 4,17% para professores

Leia a Próxima

‘O objetivo é a retomada do poder para as eleições municipais de 2020 aqui no Ceará’, analisa Beto Almeida