Juro baixo impulsionou nível recorde no porcentual de família endividada, diz CNC

O assunto ganhou destaque no Jornal Alerta Geral desta quarta-feira (15).

Compartilhe:

O nível recorde do porcentual de famílias com dívidas, registrado em dezembro pela Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), divulgada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), foi impulsionado pelos patamares historicamente baixos dos juros e sinaliza uma recuperação da economia via consumo. A análise é de Marianne Hanson, economista da CNC, que agora espera um avanço do crédito impulsionado por emprego e renda.

O jornalista Carlos Alberto Alencar, em seu comentário, nesta quarta-feira (15), no Jornal Alerta Geral (FM 104.3 – Grande Fortaleza + 33 emissoras + redes sociais), informou que segundo a Peic, o porcentual de famílias com dívidas aumentou 0,5 ponto em dezembro ante novembro de 2019, para 65,6%, maior patamar da série histórica da pesquisa, iniciada em janeiro de 2010.

Confira na íntegra o comentário do jornalista Carlos Alberto Alencar:

Compartilhe:

Leia a Anterior

Nucas de Caucaia concluem os 8 desafios para conquista do Selo Unicef

Leia a Próxima

Isis Valverde faz homenagem ao pai, que morreu de enfarte