Deputada Silvana anuncia medidas enérgicas: expulsão de Bruno Gonçalves entra na mira do PL

Compartilhe:

O escândalo protagonizado pelo deputado estadual Bruno Gonçalves, ao ter gravado um diálogo em que revela o esquema para reeleger a mãe Marta à Câmara Municipal de Fortaleza, pode levá-lo a ser expulso do Partido Liberal. Bruno exerce o segundo mandato e, após ser reeleito, em 2018, pelo Patriotas, se transferiu para o PL.

O assunto está na agenda do PL e, nesta quinta-feira (30), a deputada estadual Dra. Silvana, ao fazer aparte ao pronunciamento do deputado estadual Soldado Noélio (PROS), na sessão ordinária da Assembleia Legislativa, anunciou providencias enérgicas na apuração do que define como escândalo e diálogo sórdido de perverso de Bruno Gonçalves.

Silvana não falou diretamente em expulsão, admitiu medidas enérgicas dentro do Partido Liberal e anunciou que foi a Brasília e, ao lado do deputado federal Jaziel Pereira, se reuniu com dirigentes nacionais do PL para serem adotadas providências contra o escândalo do esquema que estava sendo montado nas eleições municipais em Fortaleza.

“ Se realmente a população não se silenciar e não cruzar os braços e não pedir medidas enérgicas e digo se a justiça eleitoral permitir que isso continue como se nada tivesse acontecido realmente não existe justiça eleitoral, não existe ministério público, não existe mais nada.”, afirma a deputada

Segundo Silvana, as revelações de Bruno Gonçalves, com detalhes sobre liberação e transferência de recursos públicos para garantir a reeleição da mãe e a votação de outros candidatos do PL à Câmara Municipal, não podem ser ignoradas pelo Ministério Público Eleitoral, nem pela Justiça Eleitoral. Silvana foi categórica ao dizer que a política não é o que foi descrito no diálogo de Bruno Gonçalves.

Enquanto o assunto sobre a gravação com Bruno Gonçalves estava no Plenário da Assembleia Legislativa, representantes do PROS, MDB, PSL e PSDB se articulavam para lançar, no Comitê de Imprensa, o Movimento Eleições Limpas, sem compra de votos, nem corrupção.

Os líderes partidários decidiram transferir para a próxima segunda-feira (3), às 10h, via remota, a divulgação do manifesto que marcará as ações do movimento “Eleições Limpas 2020”.

NOÉLIO COBRA INVESTIGAÇÃO

O deputado estadual soldador Noélio abriu, nesta quinta-feira (30), na Assembleia Legislativa, as cobranças para o Ministério Público Eleitoral investigar com rigidez o vazamento do áudio em que o deputado estadual Bruno Gonçalves (PL), em conversa com o suplente de vereador Maninho, expõe o esquema de compra de apoio político e as condições para reeleição da mãe, Marta, que é vereadora em Fortaleza.

Ao cobrar a apuração do que considera grave na política da Região Metropolitana de Fortaleza, Noélio disse não ter problema pessoal com o colega Bruno Gonçalves, mas é necessário, segundo afirmou, uma investigação séria e isenta do escândalo sobre a montagem de uma chapa, com financiamento de campanha com verbas do fundo eleitoral e assessoria de gabinete.

Confira na íntegra áudio da deputada estadual Dra. Silvana

Durante a edição desta sexta-feira (31), o Jornal Alerta Geral veiculou uma reportagem de Sátiro Sales com relato sobre a repercussão e os desdobramentos do caso envolvendo o deputado estadual Bruno Gonçalves e possíveis medidas disciplinares a serem adotadas pelo partido Liberal.

Acompanhe a reportagem de Sátiro Sales:

Compartilhe:

Leia a Anterior

Covid-19: Ministro Marcos Pontes tem resultado positivo para doença

Leia a Próxima

Governador Camilo Santana vistoria obras de ampliação do Complexo do Pecém