‘Passe único’ de R$ 3,60 será vendido por motoristas de ônibus em Fortaleza a partir desta segunda

Compartilhe:

Usuários do transporte público de Fortaleza que não possuem o Bilhete Único, ou estiverem com o cartão eletrônico descarregado, terão mais uma opção para pagar pelo serviço. A partir desta segunda-feira (30), além do cartão expresso já comercializado pelos motoristas dos ônibus, será possível adquirir um ‘passe único’ no valor de R$ 3,60.

A nova modalidade foi garantida por meio da assinatura de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) entre o Ministério Público do Ceará (MPCE) e o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus) e será fiscalizada pelo Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Decon-CE). Atualmente, 81% dos ônibus de Fortaleza funcionam com autoatendimento e cerca de 1,5% dos usuários não têm crédito eletrônico.

Os cartões expressos são comercializados por R$ 5 (valor mínimo para recarga) e não demandam identificação do usuário, como esclarece Pessoa Neto, superintendente técnico do Sindiônibus.  Os usuários podem continuar utilizando os cartões de bilhete eletrônico avulsos para outras viagens, já que não há prazo de validade pré-determinado, assim como os créditos eletrônicos, como destaca o superintendente. Se o passageiro for estudante, deve ser adquirido cartão correspondente à meia-passagem. Já para os idosos, que possuem direito à gratuidade, o cartão pode ser substituído por um documento de identificação que comprove a idade. Os cartões expressos vendidos pelos motoristas não servem para fazer integração, pois não são nominais como um Bilhete Único.

Compartilhe:

Leia a Anterior

Sancionada lei que extingue pena de prisão disciplinar a PMs e bombeiro militar

Leia a Próxima

Ceará terá investimentos superiores a R$ 1,7 bilhão na agricultura, destaca De Assis Diniz