Pesquisa aponta que brasileiro teme mais o coronavírus a efeitos econômicos

Compartilhe:

Os brasileiros estão com mais medo de serem infectados pelo coronavírus, ou de terem alguém da família contaminado, do que da crise econômica que a pandemia pode trazer. É o que mostra o levantamento feito pelo Instituto QualiBest, uma empresa de pesquisa de mercado, que entrevistou cerca de 2 mil pessoas em dois períodos do mês de março, por meio de uma plataforma digital.

De acordo com o estudos, 73% dos entrevistados afirmam que o maior temor com a pandemia é ser ou ter alguém da família infectado. O segundo receio mais apontado, por cerca 63% das pessoas, é que o sistema do saúde do País não seja suficiente para atender todos os doentes. A preocupação com a crise econômica aparece em terceiro lugar, mencionada por 35% dos entrevistados.

Dividia em dois momentos, a pesquisa ouviu 1.098 pessoas, entre os dias 10 e 11 de março, e depois, outras 1.005 pessoas foram entrevistadas entre os dias 20 e 21 de março.

Compartilhe:

Leia a Anterior

Bandeira verde: consumidores não terão cobrança extra na conta de energia em abril

Leia a Próxima

Retomada da vacina de gripe para idosos gera filas no estacionamento do Iguatemi