Descaso na saúde pública em Santa Quitéria em meio a pandemia gera preocupação

Compartilhe:

O município de Santa Quitéria tem ganhado notoriedade em relação as ações de profissionais da saúde em meio ao enfrentamento da pandemia do novo coronavírus. Mas, as notícias que atraem a atenção para o município não são boas e revelam descaso na saúde pública. Nesta quarta-feira (20), o correspondente do Jornal Alerta Geral, Vanderley Moizés, informou que um paciente, com suspeita de coronavírus, foi transferido do Hospital Municipal José Benevides Mesquita para o Hospital Regional de Sobral, sem as normas de segurança e condições para receber os primeiros atendimentos.

Segundo as informações, apenas um técnico da área de saúde, acompanhado pelo motorista da ambulância, cuidou a transferência do paciente José Wilson que deu entrada no hospital regional sem vida. Houve tentativa de reanimá-lo, mas não houve êxito.

Funcionários do hospital que receberam o paciente, em Sobral, ao conversarem com o técnico e o motorista da ambulância ouviram relatos das condições adversas para o transporte de paciente com sintonias da Covid-19 e foram alertados que corriam sérios riscos de infecção.

O líder empresarial Marcelo Magalhães fez um apelo, no Jornal Alerta Geral, para as autoridades de Santa Quitéria darem mais atenção aos pacientes com suspeita de coronavírus.

Marcelo Magalhães:

DESCASO COM CORPOS

Outra denúncia já mostrava a situação preocupante no município. A entrega dos corpos, segundo relato do funcionário de uma funerária, Acrísio Vasconcelos,nessa terça-feira, no jornal alerta geral, não respeitava as recomendações das autoridades de saúde, ignorando as condições sanitárias no tratamento dos pacientes com a doença.

Confira as informações sobre o assunto:

Compartilhe:

Leia a Anterior

Congresso avança e terá colegiado para discutir proposta de adiamento das eleições

Leia a Próxima

TSE determina que regra de 30% de vagas para mulheres deve ser aplicada aos cargos de direção dos partidos