“Só agora sai esse resultado”, ressalta Beto Almeida sobre demora para eleições suplementares em Aracoiaba

Beto Almeida destaca que o caso de Aracoiaba é um exemplo da lentidão dos plenários na Justiça Eleitoral.

Compartilhe:

As eleições suplementares que movimentaram o município de Aracoiaba nesse domingo (1), ganharam destaque durante o Bate Papo Político com os jornalistas Luzenor de Oliveira e Beto Almeida no Jornal Alerta Geral desta segunda-feira (2).

Eleito nesse domingo (1) com 10.365 votos, ex-deputado estadual Thiago Campelo (PDT), arrematou 54% dos votos dos eleitores na eleição suplementar em Aracoiaba e será diplomado no próximo dia 13 ao lado da vice Selma Maria Bezerra Gomes como nome prefeito do município. Thiago Campelo derrotou Edim da Bill, o irmão do cantor Wesley Safadão, que conquistou o apoio de 8.731 votos. O novo prefeito cumprirá o mandato por pouco mais de um ano e, em 2020, poderá concorrer à reeleição.

+ Zezinho comemora vitória em Aracoiaba na queda de braço contra Domingos Filho

Beto Almeida destaca que o caso de Aracoiaba é um exemplo da lentidão dos plenários na Justiça Eleitoral, relembrando que desde as eleições de 2016 no município, vem sendo questionado o abuso do poder político e econômico pelo prefeito anterior, Antônio Cláudio, afastado do cargo após cassação do mandato pela Justiça Eleitoral.

O jornalista ainda destaca que o atual prefeito de Aracoiaba, Thiago Campelo, que foi derrotado nas eleições passadas, foi quem entrou na justiça para questionar os abusos no município.

“Só agora sai esse resultado, faltando um ano para o encerramento do mandato. Aracoiaba perdeu ai praticamente este mandato todo de quatro anos, porque um ano a mais que se tenha não dá para fazer mais muita coisa com a mudança de gestão”, afirma Beto.

Compartilhe:

Leia a Anterior

Marília Mendonça faz pausa no fim da gravidez: ”Pra esperar a minha vida”

Leia a Próxima

Estudantes concluintes que não fizeram Enade precisam justificar ausência