Vale à pena contribuir para o INSS depois dos 40 anos? A resposta, com mais orientação, está no ‘’Alerta Geral’’

Compartilhe:

O Jornal Alerta Geral Especial sobre os Caminhos da Aposentadoria, que entra no ar todos os sábados a partir das 7 horas da manhã, pelo rádio e pela Internet, recebe ao longo da semana, dezenas de mensagens com dúvidas na área da previdência social. Um dos assuntos abordados no programa deste sábado (18) é sobre a idade para quem deseja contribuir e, com isso, receber os benefícios previdenciários.

Ouvintes e internautas perguntam, também, se, mesmo aposentados, devem manter as contribuições para o INSS. Uma das mensagens é do ouvinte/internauta Raimundo Correia, de Juazeiro do Norte, que é aposentado e pede orientações se é válido manter o recolhimento mensal para o Instituto Nacional do Seguro Social. O conselho a ser dado ao Raimundo, que receberá, também, respostas sobre as vantagens de se manter vinculado à Previdência Social, são úteis para milhares de brasileiros que encontram nessa mesma situação.

O Jornal Alerta Geral, sob o comando do jornalista Luzenor de Oliveira e participação do professor e especialista em direito previdenciário Tiago Albuquerque, tem respostas para dúvidas sobre auxílio-doença, auxílio-acidente, BPC, aposentadorias rural e urbana e salário maternidade.

REDE DE COMUNICAÇÃO

O Jornal Alerta Geral Especial sobre os Caminhos da Aposentadoria, gerado a partir dos estúdios da Rádio FM 104.3 – Expresso Grande Fortaleza, é transmitido pela Internet em nossas rede sociais do Ceará Agora e por 34 emissoras de rádio no Interior do Ceará. Os ouvintes e internautas de qualquer parte do Brasil podem deixar a mensagem no whatsApp (85) 99273.4353 que as respostas serão dados no ar, aos sábados, pelo rádio pela Internet.

Acompanhe as redes sociais

Instagram: Ceará Agora
Facebook: Ceará Agora
Youtube: Ceará Agora 
Twitter: Ceará Agora

Acompanhe na íntegra:

Compartilhe:

Leia a Anterior

Ministério Público reserva para negros 30% das vagas de estágio

Leia a Próxima

Auxílio emergencial: calendário para pagamento de 4ª e 5ª parcelas está definido