Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Em meio à necessidade de suspensão dos serviços para a contenção da pandemia de Covid-19, as equipes dos programas sociais voltados para a Primeira Infância continuam, por meio das redes sociais, a estimular e orientar as famílias acompanhadas.

As ações visam ainda orientar as famílias a se prevenirem do coronavírus, através dos cuidados com a higiene.

Segundo a gerente de Proteção Social Básica da Secretaria dos Direitos Humanos, Habitação e Assistência Social (Sedhas), Luizyland Lima, seis facilitadoras do Programa Crescer Bem encaminharam atividades para 209 famílias por whatsapp; e para 19 através de telefonemas, totalizando 228 famílias atendidas. 

Já no Programa Criança Feliz, 15 visitadoras  encaminharam atividades de estímulo ao desenvolvimento infantil via whatsapp para 136 famílias; via telefone, para 51; e via Facebook, para 30 famílias.

Ainda segundo a gerente, o trabalho é dificultado pelo fato da maioria das famílias acompanhadas não possuírem acesso a telefone com internet, ou mesmo não possuem aparelho telefônico. Apesar disso, a equipe está criando soluções para manter o acompanhamento ao público, fortalecendo os vínculos entre cuidadores e as crianças e estimulando o desenvolvimento dos pequenos sobralenses.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp