Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social do Ceará (STDS) entrega ao mercado de trabalho do Cariri, nesta quinta-feira (22), 155 novos profissionais qualificados pelo Projeto Primeiro Passo. Os certificados dos cursos de Assistente Administrativo e Assistente de Produção serão concedidos aos jovens concludentes das turmas de 2017, capacitados na linha de ação Jovem Aprendiz, nos municípios de Juazeiro do Norte, Crato, Barbalha e Brejo Santo. Desse total, 42 jovens já foram contratados por empresas da região, antes mesmo de concluírem os cursos. “Integrar educação e capacitação para o trabalho é o caminho para promovermos o desenvolvimento social e econômico do nosso Estado”, acrescenta o titular da STDS, Francisco Ibiapina, ao garantir mais 186 vagas de qualificação profissional, ainda este ano, nesses quatro municípios.

A cerimônia de certificação será realizada em Juazeiro do Norte, durante a solenidade de inauguração da nova sede da Superintendência do Trabalho no Ceará (SRTb/CE) no município. Equipada para melhor atender o trabalhador nos serviços de emissão de carteira de trabalho, entrada e recursos do se guro-desemprego e orientações trabalhistas, a nova Agência funcionará de 7h às 12h e de 13h às 17h, quando prestará serviços a cerca de 200 trabalhadores, por dia. Ainda nesta quinta-feira, durante a inauguração, a unidade móvel do Ministério do Trabalho emitirá carteiras de trabalho a partir das 8h30. Os interessados devem levar RG, CPF, comprovante de residência e certidão de nascimento ou casamento (originais) e, no caso de 2ª via, deverá apresentar também Boletim de Ocorrência ou carteira anterior.

Escola do Trabalhador do Brasil

Além da inauguração da nova Agência, a Superintendência Regional do Trabalho inaugura a 1ª Escola do Trabalhador do Brasil: um espaço físico equipado para que os trabalhadores que não possuem acesso a computadores possam assistir suas aulas com conforto e segurança. “A ideia é que possamos construir em cada unidade do Ministério do Trabalho no Ceará, salas para que os trabalhadores concluam seus cursos”, destaca o Superintendente Regional do Trabalho, Fábio Zech.

A Escola do Trabalhador é uma plataforma de educação à distância do Ministério do Trabalho e já qualificou 3,3 mil cearenses. No entanto, muitos trabalhadores ainda não sabem como fazer para ter acesso aos cursos. São 24 cursos à distância, divididos em 12 eixos temáticos, focados nas necessidades do mercado de trabalho brasileiro: cursos de informática, inglês, cuidador de idosos, agente de viagens, empreendedorismo, português, espanhol, design gráfico e muito mais. Os cursos são gratuitos e podem ser acessados de qualquer computador do Brasil no endereço escola.trabalho.gov.br. Não há pré-requisito para cursá-los e nem escolaridade mínima exigida.

Cada curso dura, aproximadamente, 40 horas, tempo estimado como necessário para o trabalhador cumprir todas as tarefas. Ainda assim, o conteúdo fica disponível, por dois meses, para que os inscritos consigam concluir as tarefas com calma. Ao final de cada curso, os trabalhadores precisam passar por uma avaliação para receber o certificado de conclusão. O documento é emitido pela Universidade de Brasília (UnB), instituição responsável pela elaboração das atividades.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp