Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Mesmo com a diminuição de pessoas circulando nas ruas de Fortaleza, devido ao isolamento social, muitos ainda precisam se deslocar pela cidade para exercer suas atividades. Com a frota de ônibus reduzida na capital, as aglomerações no transporte coletivo tem gerado muitas reclamações por parte da população, desde o início da reabertura do comércio, principalmente em Fortaleza.

Diante da situação, o Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) realizou, nesta sexta-feira (17) uma audiência para cobrar medidas efetivas sobre esse assunto, a órgão responsáveis. Como uma das medidas o Sindiônibus garantiu mais 140 ônibus a partir de segunda-feira (20), na Capital.

Durante a reunião com o MPCE, em resposta às denúncias de aglomeração, o presidente do Sindiônibus propôs o aumento de 140 carros, na frota de ônibus da Capital, a partir da segunda-feira (20).

“A frota adicional de 140 ônibus trouxemos como resposta. Não é número jogado, temos estudos da demanda. A cada etapa que abre, vai aumentando devagarzinho, a projeção apontava para [inclusão de] 70 ônibus na segunda, então a gente dobrou por precaução”, garante o presidente Dimas Barreira. 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp