Categorias
Cotidiano

Anvisa define requisitos para envasamento de água do mar dessalinizada

O Brasil passa a ter quatro tipos de água envasada: água mineral natural, água natural, água adicionada de sais e água do mar dessalinizada potável. A media foi tomada após a resolução 316/2019, da Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A resolução foi publicada no Diário Oficial da União da última sexta-feira (18).

Antes da resolução, somente as fontes de água doce eram autorizadas para a produção de água envasada. A água do mar utilizada no processo deve ser registrada na Anvisa, que avaliará a forma de captação, o procedimento de dessalinização, o atendimento ao padrão de potabilidade para a concessão de autorização e a especificação final do produto.

De acordo com a normativa, as empresas interessadas em envasar a água marinha dessalinizada potável terão um prazo de dois anos para adequar os produtos, atualmente registrados na Anvisa na categoria de alimento novo, à nova regulamentação.

Para fins de registro, deverá ser submetida à Agência toda a documentação que comprove o atendimento dos critérios estabelecidos, a autorização de captação da água e licenciamentos emitidos pelos órgãos ambientais competentes.

*(Com informações da Agência Brasil)

Categorias
Cotidiano Destaque2

Cagece suspende abastecimento de água em 57 bairros da Grande Fortaleza; confira a lista

Devido a uma manutenção na rede de abastecimento, a Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) informa que haverá paralisação do abastecimento de água nos municípios de Maracanaú, Pacatuba, Fortaleza e parte de Maranguape nesta sexta-feira (20), das 6 às 18h. O serviço é necessário para realizar manutenção na rede de abastecimento.

O restabelecimento total da distribuição deve ocorrer em até 24h após a conclusão do serviço. No hiato de escassez, a companhia lembra aos moradores que a água seja utilizada apenas para consumo humano e atividades essenciais.

Confira abaixo a lista de distritos, bairros e municípios afetados:

Áreas afetadas em Maracanaú:

  1. Acaracuzinho
  2. Alto Alegre I
  3. Alto Alegre II
  4. Alto da Mangueira
  5. Bela Vista
  6. Cágado
  7. Centro de Maracanaú
  8. Colônia Antônio Justa
  9. Conjunto Industrial
  10. Coqueiral
  11. Dênde
  12. DI 2000
  13. DIF III
  14. Distrito Industrial
  15. Esplanada Novo Mondubim
  16. Horto
  17. Itaperi
  18. Jaçanaú
  19. Jardim Bandeirante
  20. Jari
  21. Jatobá
  22. Jereissati I
  23. Menino Jesus de Praga
  24. Mucunã
  25. Novo Oriente
  26. Olho D’água
  27. Pajuçara
  28. Parte do Mondubim
  29. Pau Cerrado
  30. Piratininga
  31. Planalto Cidade Nova
  32. Residencial Maracanaú
  33. Santo Antônio Pitaguary
  34. Santo Sátiro
  35. Serrinha
  36. Tijuca
  37. Timbó

Áreas afetadas em Maranguape:

  1. Área Seca
  2. Área Verde
  3. Cônego Raimundo Pinto
  4. Novo Maranguape I
  5. Novo Maranguape II

Áreas afetadas em Pacatuba:

  1. Orgulho do Ceará
  2. Nova Pacatuba
  3. Bairro Novo
  4. Jereissati II
  5. Jereissati III
  6. Planalto Benjamin
  7. Vila das Flores.

Áreas afetadas em Fortaleza:

  1. Ayrton Senna
  2. José Walter
  3. Parque Dois Irmãos
  4. Planalto Itaperi
  5. Jardim Itaperi
  6. Mira Sol
  7. Tupã Mirim
  8. Mirassol.
Categorias
Cotidiano

Cagece é multada em mais de R$ 500 mil reais por má qualidade na água distribuída somente em 2019

Devido a má qualidade da água distribuída, a Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) soma mais de meio milhão de reais em multas impostas pela Agência Reguladora do Estado do Ceará (Arce). Todos os 35 processos administrativos punitivos contra a Cagece referem-se à qualidade da água, a quantia saltou de 23, no ano passado, para 35, até setembro de 2019.

Além da qualidade da água, a Arce fiscaliza outros aspectos, como provisão dos serviços, gestão comercial e faturamento, que alerta para a prestação de serviço e o cumprimento da lei e proteção ambiental, relacionada às questões ambientais. Tais fatores renderam 77 multas à Cagece ao longo de 2018, beirando os R$ 800 mil.

Somadas todas as categorias de análise da Arce, as 433 multas aplicadas entre 2012 e setembro deste ano somam quase R$ 4 milhões. Até 2016, os valores arrecadados eram destinados ao Fundo de Direitos Difusos, do Ministério Público do Ceará mas, após modificação na legislação, os valores começaram a ir para o Fundo Estadual de Saneamento Básico (Fesb), responsável por adequar as políticas de esgotamento sanitário do Estado ao marco regulatório nacional

Categorias
Interior

Municípios do interior sofrem com poços não instalados pelo Dnocs

Entre 2013 e 2016, o Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs) instalou apenas 118 poços dos 502 perfurados no Ceará. O índice de não conclusão das obras atinge 74%. Os dados foram obtidos pelo jornal Diário do Nordeste através da Lei de Acesso á Informação.

Os municípios mais atingidos são Quixadá, com 57 poços não instalados, seguido de Crateús (54), Tauá (40) e Lavras da Mangabeira (39). No total, são 32 municípios com a obra inacabada. Dentro do percentual não instalado, estão ainda 93 poços considerados secos.

No ano de 2014, conforme relatório, 139 poços foram perfurados em 18 municípios e nenhum foi instalado pelo Departamento. O órgão argumenta que não conseguiu instalar os equipamentos por falta de dinheiro, e que muitos dos acessos feitos no período devem ter recebido apoio de órgãos ligados ao Governo do Estado para a conclusão.

Categorias
Cidade

Abastecimento de água é suspenso em 30 bairros de Fortaleza; veja lista

Cerca de 30 bairros de Fortaleza tiveram o abastecimento de água interrompido nesta segunda-feira (05). A medida, adotada pela Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece),é para garantir a distribuição de água às famílias do conjunto habitacional Vila do Mar III por meio da implantação de um rede de 500 mm no condomínio.

Confira a lista dos bairros que terão o abastecimento suspenso temporariamente:

  • Vila Velha
  • Quintino Cunha
  • São Gerardo
  • Jacarecanga
  • Farias Brito
  • Parquelândia
  • Panamericano
  • Bela Vista
  • Demócrito Rocha
  • Amadeu Furtado
  • Parque Araxá
  • Jardim Iracema
  • Jardim Guanabara
  • Antônio Bezerra
  • Padre Andrade
  • Barra do Ceará
  • Floresta
  • Presidente Kennedy
  • Álvaro Weyne
  • Cristo Redentor
  • Alagadiço
  • São Gerardo
  • Vila Ellery
  • Monte Castelo
  • Carlito Pamplona
  • Pirambu
  • Jacarecanga
  • Farias Brito
  • Parquelândia
  • Amadeu Furtado

De acordo com a Cagece, o serviço será executado entre às 6h e 18h de hoje e o abastecimento nos bairros afetados deve ser normalizado em até 24h, ainda segundo a Cagece. A água deve chegar mais rápido nas regiões centrais e só depois nas áreas mais elevadas.

Categorias
Saúde Cotidiano

Saneamento: Arce fiscalizará qualidade da água de 17 localidades

A Agência Reguladora do Estado do Ceará (Arce) já definiu o calendário das próximas fiscalizações de saneamento. O cronograma dos trabalhos, desta vez, contempla 17 localidades, iniciando no próximo dia primeiro de agosto e se estendendo até o dia nove do mesmo mês. Os trabalhos têm o propósito de avaliar os serviços prestados pela Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), visando a melhoria da qualidade no fornecimento de água e esgoto.

Nesse contexto, a agenda de fiscalizações está assim definida: de 01 a 04 de agosto, os técnicos da Agência Cearense analisarão os sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário dos municípios de Caucaia (e localidades de Alto do Garrote, Capuan, Catuana, Cipó, Guararu, Jurema, Primavera e Sítios Novos) e São Gonçalo do Amarante (incluindo as localidades de Croatá, Pecém, Siupé, Umarituba e Violete). Já entre os dias 05 e 09, será a vez dos sistemas de saneamento dos municípios de Croatá e Poranga.

Finalizados os trabalhos, cabe à Agência Reguladora expedir relatório sobre os serviços prestados à população, inclusive nos âmbitos comercial e de atendimento, com foco no tratamento, adução, reservação e distribuição, tudo em conformidade com as prescrições constantes nas leis, normas e regulamentos específicos do setor. Para essas atividades, se deslocarão dois técnicos da Agência, que estarão atentos a todos esses detalhes.

Categorias
Cidade

Fortaleza é a capital com pior abastecimento total de água do país

Segundo o novo ranking do Saneamento Básico divulgado do Instituto Trata Brasil, a cidade de Fortaleza, está entre as oito capitais que registraram queda no atendimento de água e prestação de serviços da área. O abastecimento caiu de 90,95% em 2013 para 81,37% em 2017.

O levantamento analisou as 100 maiores cidades brasileiras e teve como base dados do Ministério do Desenvolvimento Regional, pelo Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS) com base no ano de 2017. Na análise, Fortaleza ocupa a 90° posição.

Um pequeno crescimento foi registrado, no entanto, nos indicadores de atendimento total e tratamento de esgoto no período analisado. No ano de 2013, apenas 48,53% da cidade tinha acesso a tratamento de esgoto. Já em 2017, esse índice chegou a 50,72%.FF

Categorias
Interior

Novo sistema de água em Guaraciaba do Norte vai beneficiar 30 mil pessoas

Tendo aproximadamente 11 quilômetros de extensão, o novo trecho da adutora entre Guaraciaba do Norte e o distrito Inhuçu (São Benedito) deve beneficiar cerca 30 mil pessoas com o incremento de 31% na capacidade de abastecimento do sistema de água do município. O projeto foi inaugurado na noite da última sexta-feira (05) e contou com a presença do governador Camilo Santana, do prefeito Antônio Adail, do secretário das Cidades, Zezinho Albuquerque, e do presidente da Cagece, Neuri Freitas.

O equipamento foi construído pela Cagece e conta uma estação elevatória e uma subestação de energia. O investimento na conclusão deste ramal foi de mais de R$ 5 milhões. Em 2017, o Governo do Ceará inaugurou o ramal norte do sistema adutor da Ibiapaba, que consistiu na duplicação da adutora existente, além de melhorias no sistema de abastecimento, como a construção de dois reservatórios, uma unidade de captação, três estações elevatórias. Com um investimento de R$ 45 milhões, o sistema beneficiou em torno de 150 mil pessoas nos municípios de Tianguá e Viçosa do Ceará, além das localidades de Pindoguaba, Quatigaba e Lambedouro.

O governador aproveitou a oportunidade para anunciar futuros investimentos do Governo do Ceará que serão feitos no município para beneficiar a população. Foram prometidas uma areninha para lazer da população e uma equipe do Batalhão do Raio para fortalecer a segurança na cidade juntamente com o sistema de videomonitoramento.

Categorias
Interior

Cogerh realiza Alocação Negociada de Água do Vale do Acaraú

A gerência regional da Cogerh situada em Sobral, responsável pela administração das Bacias do Acaraú e Coreaú, realiza nesta quarta-feira (26), às 8h30, no auditório do Sistema Integrado de Saneamento Rural (SISAR), a  Reunião de Alocação Negociada de Água do Vale do Acaraú. O momento reúne os membros do Comitê de Bacia do Acaraú para decidir a vazão de operação dos açudes Paulo Sarasate (Araras), Edson Queiroz e do sistema Jaibaras – Taquara para o 2º semestre de 2019, além da definição dos parâmetros de alocação dos açudes isolados da bacia do Acaraú. A reunião marca o momento de tomada de decisão pelo colegiado que representa a bacia do Acaraú. O evento é aberto ao público, mas apenas o Comitê tem direto a voto.

Os Comitês de Bacias Hidrográficas (CBH), definidos pela lei estadual nº 14.844, como entes regionais de gestão de recursos hídricos com funções consultivas e deliberativas,  são compostos por representantes dos usuários, sociedade civil, das prefeituras e dos órgãos de Governo. É a instância mais importante de participação e integração do planejamento e das ações na área dos recursos hídricos.

No Ceará o colegiado do Comitê de Bacia obedece a seguinte distribuição e percentual de participação: Usuários (30%); Sociedade Civil (30%); Poder Público Municipal (20%); Poder Público Estadual/Federal (20%).

Alocação Negociada de Água

O processo de Alocação Negociada define a distribuição da água, de acordo com a Lei estadual de Recursos Hídricos, para os diversos setores: abastecimento humano, irrigação, serviços e indústria. A alocação é realizada pela Cogerh em conjunto com os Comitês de Bacias Hidrográficas, órgão colegiados com representação em diferentes setores da sociedade: usuários de água, sociedade civil e poder público.

Serviço

Reunião de Alocação do Vale do Acaraú
Auditório do SISAR : Rua do Escambo, S/N, Dom Expedito,Sobral.
Data:26/06
Horário:8h30
Categorias
Região Metropolitana de Fortaleza

Naumi Amori firma parceria para abastecimento d’água na comunidade da Serra do Juá

O prefeito do município de Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza, Naumi Amorim, fechou um termo de cooperação técnica com a Fundação Nacional da Saúde (Funasa) para a instalação na Serra do Juá, zona rural do município, um sistema de acesso à água.

A parceria resultará na perfuração de um poço profundo e criação de meios para que a população possa consumir a água. O método é conhecido como Solução Alternativa Coletiva Simplificada de Tratamento de Água para Consumo Humano, o Salta-Z.

A assinatura do termo aconteceu durante visita de Naumi à Serra do Juá, nessa quarta-feira (19). O superintendente regional da Funasa no Ceará, Ricardo Silveira, o titular da Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Pesca (Seagri), Cézar Cordeiro Lima, lideranças comunitárias e produtores, também estiveram presentes.

A água é algo básico para a sobrevivência de qualquer pessoa. Mas durante anos essa comunidade resolveu do jeito que pode o próprio abastecimento. Agora, com esse poço e esse sistema de tratamento, as pessoas vão ter água de qualidade pra beber e cozinhar — disse o prefeito.