Categorias
Cidade Geral Cotidiano

‘Não dá para tirar os radares. Se a estratégia é evitar abusos, a medida é equivocada’, afirma Beto Almeida

“O presidente Bolsonaro entende o seguinte: que hoje existe uma verdadeira indústria da multa e tem gente ganhando dinheiro as custas do brasileiro e que há uma instalação desnecessária de pontos fixos de radares”, afirma Beto Almeida.

No entanto, o jornalista destaca que “não dá para tirar os radares”. Se o governo pensa que vai economizar, pois haverá um reflexo expressivo no número de acidentes.

A efetiva remoção de radares e lombadas eletrônicas pelas rodovias do Estado do Ceará marca esta terça-feira (9). A redução dos “cabeções”, como são popularmente chamados, acontece porque o contrato feito entre o Governo Federal e a empresa responsável chegou ao fim em janeiro de 2019.

De acordo com o Ministério da Infraestrutura, a instalação dos novos sensores foi suspensa até a revisão e a atualização de critérios pelo Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (Dnit).

O órgão também já removeu os radares fixos que ficavam na rodovia BR-116, na altura do quilômetro 5, no Bairro Cajazeiras. Além desse trecho, outros equipamentos foram removidos da BR-116, como no trecho do Bairro Aerolândia, na altura do viaduto do Makro.

Luzenor de Oliveira afirma que, apesar de ser motivo de comemoração para alguns motoristas, há um lado negativo claro: nos trechos onde não há mais fiscalização, os motoristas irão ‘pisar fundo no acelerador’ e acabarão se envolvendo em acidentes.

Beto Almeida destaca que os radares móveis não entram nessa decisão, apenas para os fixos.

Categorias
Política Destaque2 Destaque3

Desinformações sobre reforma previdenciária: “parece que não há nada definido”

O cearense está antenado nesta quarta-feira (13) nas novas regras para os trabalhadores se aposentarem. O novo texto está pronto para ser apresentado para o presidente Jair Bolsonaro, como conta o correspondente do Jornal Alerta Geral, Almir Fernandes:

Para Luzenor de Oliveira, a idade de 57 anos para mulheres e 62 para homens, diferente da regra que apontava a mesma idade, que havia sido vazada anteriormente pelo jornal Estadão, pode deixar a reforma mais branda, como quer Bolsonaro. O correspondente do Jornal Alerta Geral, Carlos Silva, trás mais informações para você:

Beto Almeida destaca a quantidade de “desinformação” oriunda do governo. Para ele, o primeiro vazamento foi uma estratégia para avaliar a repercussão da proposta da idade igual para homens e mulheres.

Categorias
Política Destaque1 Destaque3

Bate Papo: como Brumadinho reflete “morte lenta” de quem depende de serviços públicos

A tragédia de Brumadinho, em Minas Gerais, tem reflexo em todos os estados brasileiros. Até o momento desta publicação, o grupo de operações que trabalha no resgate das vítimas registra a confirmação de 65 mortes, 31 já identificados; 279 desaparecidos, 192 resgatados, 386 localizados e 135 desabrigados.

“É impossível não ficar estarrecido”, afirma o médico ortopedista e professor universitário, Dr. Henrique César, porque, segundo ele, apesar de essa ser a crônica de um desastre anunciado desde 2015, com o acontecido na cidade de Mariana, em Minas Gerais, onde 19 pessoas morreram e um dano ambiental de proporções incomensuráveis foi visto, afetando de maneira definitiva a saúde das pessoas, com despejos de dejetos de mineração em rios, fontes de água potável, de comida e áreas antes habitáveis que promoveu uma serie de patologias na comunidades, absolutamente nada foi feito.

Para o médico comentarista do Jornal Alerta Geral, Brumadinho é um retrato de como levamos de forma não-séria as políticas que promovem a segurança social e a saúde da nossa população, principalmente nossos representantes eleitos.

O Dr. Henrique Cesar faz uma contextualização da tragédia de Brumadinho com a crise na saúde, que se retrata no descaso do poder público e dos agentes públicos de sempre procrastinarem decisões urgentes e necessárias para preservar vidas para preservar o meio ambiente.

Confira na íntegra a análise do Dr. Henrique César:

Sobre essa reflexão, o jornalista Beto Almeida salienta que pode até não parecer uma tragédia ou não ter o impacto que um caso como esse de Brumadinho (MG) representa, mas o dia a dia de milhões de brasileiros, como citados pelo Dr . Henrique Cesar, que sofrem com a falta de saneamento básico e os problemas que isso acarreta também é estarrecedor.

Para Beto, quando se trata da falta de saneamento, há um número expressivo de pessoas que vivem em áreas em condições desumanas, convivendo com a lama e desejos, que, segundo ele, vai matando a cada dia, aos poucos, minando a saúde, tirando a disposição de trabalhadores, de crianças, de idosos e que acabam superlotando a rede publica de saúde.

O assunto ganhou destaque no Bate Papo Político do Jornal Alerta Geral (Rádio FM 104.3 – Expresso Grande Fortaleza + 26 emissoras no Interior) desta terça-feira (29), com as análises dos jornalistas Beto Almeida e Luzenor de Oliveira. Confira:

O que mais rolou:

+ Reflexo da tragédia de Brumadinho pode atingir a região nordeste. Lama chegará ao rio São Francisco em 15 de fevereiro.

+ Mudança de rumo político em Cascavel: TRE mantém cassação do diploma da prefeita e do vice do município

+ Após a tragédia de Brumadinho (MG), Governo federal determinou inspeção em barragens em todo o Brasil

+ Repercute mal a MP que trata da operação pente fino de aposentados e pensionistas

+ Imposto de Renda: declarar mesmo sem ser obrigado pode gerar uma renda extra

+ DNOCS ignora apelo para Município assumir obras na Barragem Lima Campos

Você pode ouvir essa e outras notícias no Bate Papo Político, do Jornal Alerta Geral (Rádio FM 104.3 – Expresso Grande Fortaleza + 26 emissoras no Interior), na íntegra:

Categorias
Política Destaque2 Destaque3

Bate Papo: decreto de armas de Bolsonaro ainda é rígido para o que se esperava

O Presidente da República Jair Bolsonaro assinou nessa terça-feira (15), durante cerimônia no Palácio do Planalto, o decreto que regulamenta o registro, a posse e a comercialização de armas de fogo no país, uma das principais promessas de campanha do presidente da República.

“Como o povo soberanamente decidiu, para lhes resguardar o legítimo direito à defesa, vou agora, como presidente, usar esta arma”.


Afirmou Bolsonaro, mostrando a caneta.

“Estou restaurando o que o povo quis em 2005”, acrescentou Bolsonaro mencionando o referendo realizado há 14 anos.

O decreto refere-se exclusivamente à posse de armas. O porte de arma de fogo, ou seja, o direito de andar com a arma na rua ou no carro não foi incluído no texto.

A assinatura do decreto ocorreu logo depois da reunião ministerial coordenada por Bolsonaro todas as terças-feiras, às 9h, no Planalto, desde que assumiu o poder em 1º de janeiro.

O assunto ganhou destaque no Bate Papo Político, no Jornal Alerta Geral (Rádio FM 104.3 – Expresso Grande Fortaleza + 25 emissoras no Interior), com as análises dos jornalistas Beto Almeida e Luzenor de Oliveira, na edição desta quarta-feira (16).

A partir de agora, a posse de armas de fogo tem novos critérios. Quem tem interesse em comprar uma arma precisa atentar para as novas regas e não confundir posse com porte. Fique por dentro do assunto com as informações que chegam com o correspondente do Jornal Alerta Geral, Sátiro Salles:

Quem quiser comprar armas de fogo, vale a pena conferir dicas que traz o correspondente do Jornal Alerta Geral, Carlos silva:

Posse de armas: saiba o que muda com o decreto assinado por Bolsonaro como correspondente do Jornal Alerta Geral, Neto Rodrigues:

Decreto de Bolsonaro não muda não-permissão para porte e os tipos de armas que poderão ser compradas. Fique atento para não fazer confusão com as informações do correspondente do Jornal Alerta Geral, Carlos Alberto:

+ Mais sobre o assunto

Decreto de Bolsonaro divide Câmara. PT e PSOL preparam Ação Direta de Inconstitucionalidade

Ataques no CE: Moro classifica atos como medidas terroristas

Os ataques das facções criminosas no Ceará ganharam repercussão nacional e internacional e, nessa terça-feira, 15, em entrevista à Globo News, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, classificou os atos violentos como medidas terroristas e disse que o Estado caminha para a normalidade.

Com a cooperação entre o governo federal e estadual, os incidentes têm diminuído sensivelmente“.


Disse Moro, ao considerar que as ações do crime organizado foram

+ Veja também:

Sem iluminação, bandidos agem. Prefeitura e Enel deixam trechos da Abolição às escuras

Motoristas e pedestres que passavam pela Avenida Abolição, no Bairro Mucuripe, em Fortaleza, nesta terça-feira, não esconderam o medo ao andar ou dirigir com a escuridão. Trechos da Abolição tem as luzes dos postes apagadas, gerando insegurança no momento em que a população fica assustada com a onda de atentados. A Prefeitura e a Enel deixam de fazer o dever de casa.

Aprece tem chapa de consenso

Uma chapa de consenso foi denominada nesssa terça-feira (15) para o comando da Associação dos Prefeitos nos Municípios do Ceará (Aprece).
Fique por dentro do assunto com as informações que chegam com o correspondente do Jornal Alerta Geral, Sátiro Salles:

O futuro presidente da Aprece, Nilson Diniz, prefeito de Cedro, destaca que são muitos desafios para os municípios nos próximos anos:

Chuvas no Ceará

As chuvas que caem sobre o Ceará geram expectativas para uma boa quadra invernosa. Esperanças também são alimentadas sobre os reservatórios que abastecem a população na Grande Fortaleza e no Interior do Ceará. Para falar sobre isso, o Jornal Alerta Geral entrevistou nesta quarta-feira (16), o metereologista da Funceme, Davi Ferran. Acompanhe:

+ Leia também

Acilon entra no PR e assumirá comando do partido no CE em 2022

O prefeito de Eusébio, Acilon Gonçalves, abandonou o Patriotas e desembarca no Partido da República (PR), ao lado dos deputados estaduais Bruno Gonçalves, Nizo Costa e Apóstolo Henrique, e do deputado federal Mano Júnior. Acilon está em Brasília e, ao se filiar ao PR, recebeu o compromisso de assumir o comando da sigla no Ceará

Você pode ouvir essa e outras notícias no Bate Papo Político, do Jornal Alerta Geral (Rádio FM 104.3 – Expresso Grande Fortaleza + 25 emissoras no Interior), na íntegra:

Categorias
Política Destaque1 Destaque3

Bate Papo: para Beto Almeida, Camilo terá dificuldades para atender partidos que participaram da coligação

O governador Camilo Santana se reúne nesta quarta-feira (26) com os secretários que o acompanharam em seu primeiro mandato para fazer uma avaliação sobre as ações do Governo e também para projetar as ações para os próximos 4 anos.

O governador Camilo Santana poderá anunciar nomes dos integrantes do secretariado que comporá o novo governo de 2019.

Apesar do encontro, para o jornalista Beto Almeida, a expectativa maior fica justamente em torno disto: a nova equipe e como ficará essa composição, que caso não seja anunciado hoje, provavelmente deverá ser até a próxima sexta-feira (28).

Há muita discrição na divulgação dos nomes até o momento.

Com menos secretarias e menos cargos de confiança, Camilo, segundo o jornalista Beto Almeida, em seu Bate Papo Político, no Jornal Alerta Geral (FM 104.3 – Grande Fortaleza + 25 emissoras no Interior), edição desta quarta-feira, terá dificuldades para atender aos partidos aliados que participaram da coligação que ajudou a reelege-lo. A equipe vai ser mais enxuta e há certa pressão sob os ombros do governador, pois ele contou com 24 partidos na base aliada.  Desse modo, muitos esperam por uma vaga.

+ Veja mais

Governo do Ceará vai extinguir secretarias e cargos comissionados.

Mudanças no fator previdenciário

Você lembra daquela regra 85/95? Ela vai mudar e aumentar mais o tempo para quem precisa se aposentar.

A partir do dia 31 de dezembro, o trabalhador que pedir para se aposentar por tempo de contribuição terá que observar o novo cálculo para garantir a totalidade do benefício, isso porque o fator previdenciário terá um aumento de 1 ponto tanto para homens quanto para mulheres.

Para o jornalista Beto Almeida, a regra 85/95 foi instituída para desestimular a aposentadoria mais cedo pelo tempo de serviço. A partir do dia 31, passa a ser 86/96, somando o tempo de contribuição e o tempo de idade.

O correspondente do Jornal Alerta Geral, Sátiro Salles, tem informações sobre o assunto:

Presente de natal desagradável

Nesse período natalino, os moradores das ruas Vicente Espinola e Joaquim Pimenta, no Montese, convivem com a omissão da Prefeitura de Fortaleza, que a vários dias não faz a coleta de lixo no local.

Eles denunciam que as rampas de lixo e entulhos jogados na esquina jogada nas duas vias mostram o descaso da prefeitura com a limpeza de muitos bairros na capital cearense. Além disso, a Prefeitura ainda anunciou suspensa coleta de lixo em feriados.

O correspondente do Jornal Alerta Geral, Carlos Alberto Alencar, trás em primeira mão o apelo dos moradores:

+ Veja também

Período chuvoso aumenta risco de doenças causadas pelo Aedes aegypti

Problemas na administração municipal da Prefeitura de Juazeiro do Norte

A prefeitura de Juazeiro do Norte, sob a gestão do Arnon Bezerra, é alvo de ações da Polícia Federal e da Controladoria Geral da União (CGU), que investigam a má aplicação do dinheiro público. Foram R$ 60 milhões gastos com a limpeza pública, por exemplo.

Entenda mais com as informações do correspondente do Jornal Alerta Geral, Solon Pinheiro:

Excesso de partidos

Dinheiro público destinado aos partidos políticos cresceu quase 500% desde 1996. O fundo partidário que atingirá aproximadamente R$ 1 bilhão em 2019 foi engordado nas últimas décadas ao mesmo tempo em que o número de siglas no pais se multiplicava. Em 2018, 30 partidos ganharam nas urnas o direito e terem representação na câmara dos deputados, batendo mais um recorde.

Confira essa e todas as outras notícias na íntegra do Bate Papo do Jornal Alerta Geral, que é gerado pela Rádio FM 104.3 – Expresso Grande Fortaleza,e transmitido, via satélite, para outras 25 emissoras no Interior do Estado: