Categorias
Saúde

Semace inaugura estação móvel e inicia monitoramento da qualidade do ar no Ceará

O ar que se respira no Ceará começou a ser monitorado oficialmente, nesta terça-feira (2), quando foi inaugurada a estação móvel de monitoramento da qualidade do ar. O equipamento da Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) foi apresentado, no jardim da Reitoria da Universidade Federal do Ceará (UFC), onde a estação já funcionava em caráter experimental. Os dados da qualidade do ar (https://www.troposfera.es/br/referencias-2/siam-estado-de-ceara/indice-de-qualidade-do-ar.html) coletados pela estação já estão disponíveis online, para a consulta de pesquisadores, de agentes do Estado e do mercado, e de interessados da sociedade.

Foto: Reprodução.

O equipamento identifica os níveis de 16 elementos químicos encontrados na atmosfera, entre eles materiais particulados inaláveis (PTS, PM10 e PM 2,5), monóxido de carbono (CO), ozônio (O3), óxido de nitrogênio (NOX) e dióxido de enxofre (SO2).

O trailer percorrerá o território cearense, com o objetivo de mapear a qualidade do ar. Será o primeiro mapeamento do gênero no país. Doze pontos serão observados, duas vezes por ano, uma na temporada de chuva e a outra seis meses depois. Os locais de coleta serão definidos de acordo com a vulnerabilidade a efluentes gasosos e com o número de denúncias recebidas pela Semace.

Quando houver identificação de poluentes ou manchas de qualidade em algum local, será acionado o setor de fiscalização da Semace, que investigará a área, para que sejam tomadas as medidas corretivas ou punitivas de acordo com a legislação. A Semace já monitora a qualidade do ar por meio de uma estação fixa, na área do Porto do Pecém, desde dezembro de 2016.