Categorias
Cidade Destaque2

Motoristas de aplicativo com placas de veículos terminadas em “1” precisam realizar vistoria em julho

O novo calendário de vistoria para veículos cadastrados nas plataformas digitais da capital cearense foi divulgado pela Prefeitura de Fortaleza. Os motoristas de aplicativos como 99 Pop, Uber e outros que operam em veículos com placa de final “1” deverão agendar as vistorias a partir do próximo dia 1º de julho. Os de placa 2 e 3, em agosto, final 4 e 5 em outubro, 6 e 7 em novembro e 8 e 9 em dezembro.

Os condutores que não realizarem as vistorias dentro do prazo previsto poderão pagar multa e ter o carro apreendido nas blitzes que serão realizadas pela Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor). Aqueles que perderem o prazo poderão agendar a vistoria, mas terão limitação de dias e horários previstos pelo órgão gestor.

Para realizar a vistoria, o motorista deve comparecer a Etufor com a CNH e a documentação do veículo. Em seguida, será emitido o Documento de Arrecadação Municipal (DAM) no valor de R$ 101,78.

São levados em consideração durante a vistoria, os itens básicos de conforto e segurança do veículo, como estado e conservação dos pneus, sistema elétrico, carroceria. Além disso, a identidade visual dos carros devem obedecer ao decreto que determina o tamanho máximo de adesivo fixado no vidro traseiro no lado direito superior, sinalizando a marca do aplicativo ou a frase “Este veículo trabalha por Aplicativos”.

Ao fim da fiscalização, é feita a emissão do selo de vistoria e respectivo laudo, que comprova a aprovação do veículo. Caso o automóvel não atenda aos requisitos necessários e seja reprovado, o condutor pode realizar adequações e agendar uma nova vistoria.

Categorias
Cotidiano

Conselho Nacional de Trânsito apresenta novas normas que reduzem custo do emplacamento veicular

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) editou uma nova resolução, publicada no Diário Oficial da União de hoje, que barateia os custos com emplacamento dos veículos e aumenta a segurança das placas, dificultando a clonagem e falsificação. De acordo o documento, o novo modelo de Placas de Identificação Veicular (PIV) é exigido para veículos novos ou no caso dos veículos em circulação, quando houver mudança de município, ou ainda se a placa for furtada ou danificada.

De acordo com o ministro substituto da Infraestrutura, Marcelo Sampaio, nenhum cidadão que tem um veículo com a placa cinza terá a obrigação de trocar para a nova placa. Pela resolução publicada hoje, a produção da nova placa passa a ser controlada por um sistema informatizado nacional, criado pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), em parceria com o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), e terá um QR Code, que possibilita o rastreamento e dificulta a clonagem e falsificação das placas.

É uma placa inteligente, que permite que os agentes de trânsito, por meio de aplicativo de fiscalização do Denatran, verifiquem a regularidade da placa e identifiquem outras importantes informações do veículo, informou Sampaio.

O diretor do Departamento Nacional de Trânsito, Jerry Dias, explicou que a retirada da exigência de implantação da nova placa implica em economia para quem já utiliza a placa atual. De acordo com o órgão, hoje são realizadas cerca de 17 milhões de transferências de propriedade por ano sem mudança de município, que a regra anterior exigia que o cidadão obrigatoriamente substituísse as placas. Com a alteração aprovada pelo Contran, estima-se uma economia de aproximadamente R$ 3,4 bilhões ao consumidor final.

Além disso, o novo modelo da placa resolve, gradualmente, o problema da falta de combinação de caracteres para as placas do país, que está no seu limite. O novo modelo permitirá mais de 450 milhões de combinações. O Ceará e os outros estados que ainda não utilizam a nova placa estavam aguardando as definições do Contran para iniciar a implantação. Agora, os estados terão até o dia 31 de janeiro de 2020 para se adaptarem ao novo padrão.implantação de placas no padrão Mercosul em todo o território nacional até o dia 30 deste mês.

Categorias
Cidade Destaque2

Etufor realiza vistoria em cerca de 50 mil veículos de aplicativos que circulam em Fortaleza

A Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) começa, a partir de hoje (3), as vistorias de veículos que atuam por meio dos aplicativos na capital. A expectativa é que sejam analisados cerca de 50 mil carros e condutores, motoristas de pelo menos dez aplicativos: Uber, 99 Pop, Cabify, Uni4, Servos, Moobi, Urban, TáxiTuber, Canário Brasil e Bella Driver.

Até o fim do mês, em torno de 4 mil carros passam por vistoria do órgão público. Esta primeira etapa é destinada aos veículos com placa de final “0”. A previsão é que cada mês subsequente seja destinado a um fim de placa diferente: final “1” em julho, final “2” em agosto e assim até o final “9” em março de 2020.

Os condutores devem portar a CNH e documentação do veículo, procurar um posto de atendimento da Etufor para agendar a vistoria e emitir o Documento de Arrecadação Municipal (DAM) no valor de R$ 101,78.

Em seguida, serão observados os itens básicos de conforto e segurança do veículo, como estado de conservação dos pneus, sistema elétrico, carroceria entre outros. Outro item a ser considerado é a identidade visual do carro que deve obedecer ao Decreto nº 14.415, que determina o tamanho máximo de adesivo (14cm x 14cm) fixado no vidro traseiro no lado direito superior, sinalizando a marca do aplicativo ou a frase “Este veículo trabalha por Aplicativos”.

Categorias
Cidade

Detran do Ceará realiza leilão de veículos a partir de amanhã

O Departamento Estadual de Trânsito do Ceará (Detran) realiza a partir desta quinta-feira (23) até o próximo sábado (25), um leilão de 706 veículos, entre carros, motocicletas e sucatas. Qualquer pessoa pode participar, mas os lotes de sucata só podem ser arrematados por sucateiros cadastrados no Detran.

O leilão acontece no pátio da Montenegro Leilões, na Esplanada do Castelão, e também pela Internet. Para efetuar lances através do site, o interessado deverá fazer um cadastro antecipado.

Todos os lotes estarão disponíveis para visitação durante os dias do leilão, a partir das 8h. A partir do dia 25 de julho os arrematantes deverão comparecer ao Detran para efetuar os procedimentos como emissão e pagamento das taxas, vistoria e transferência.

Os veículos que fazem parte do leilão foram apreendidos pelo órgão, por circularem irregularmente na via pública. O Código Brasileiro de Trânsito (CTB) determina que órgãos de trânsito façam leilão de veículos apreendidos, quando não são resgatados pelos proprietários em 30 dias.

Categorias
Colunas Coisas da Metrópole Geral

Secretário de Saúde de Caucaia solicita ao Governo apoio de carros fumacê

Com a chegada do período de chuvas, que faz aumentar os riscos na circulação de doenças como a dengue, a zika e a febre chikungunya, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) protocolou pedido na Secretaria Estadual da Saúde (Sesa) para Caucaia receber “carros fumacê.”

O registro foi feito pelo titular da SMS, Moacir Soares, que classifica a medida como preventiva e necessária devido a duas razões: o alto risco apontado no Levantamento de Índice Rápido (Lira) e a aproximação do Carnaval, que concentrará muitos foliões especialmente na região das praias.
 
O primeiro Lira de 2019 indicou apontou 41 localidades de Caucaia com risco de arboviroses. A SMS monitora 238 pontos estratégicos e trabalha para mobilizar agentes comunitários de saúde e implantar de brigadas de combate do mosquito.

Na semana passada, o prefeito Naumi Amorim deflagrou uma grande campanha de mobilização contra o Aedes aegypti, mosquito transmissor das arboviroses (dengue, zika e febre chikungunya).