Categorias
Ceará

Obras da transposição do rio São Francisco: previsão de entrega pode ser adiada pela sexta vez

Com previsão de conclusão para maio deste ano, as obras do Projeto de Integração do São Francisco (Pisf) estão paradas há um mês devido à greve dos funcionários do consórcio Ferreira Guedes, empresa responsável por uma das metas da transposição. Os trabalhadores reivindicam reajuste salarial através o piso salarial estadual e abono total das faltas durante o período grevista. Caso o prazo não seja cumprido, esta será a sexta vez que a previsão de entrega da tranposição é adiada.

A paralisação dos funcionários vai atrasar a obra mais uma vez. O ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, havia garantido em fevereiro a conclusão do Eixo Norte, que vai trazer as águas do São Francisco para o Ceará pelo município de Jati, na região do Cariri.

Ainda nesta semana, houve uma assembleia, mas sem acordo. A empresa propôs reajuste retroativo a partir do mês de janeiro e abono de 50% das faltas, mas os funcionários não aceitaram a proposta. Está prevista outra assembleia para a próxima segunda-feira (22). Cerca de dois mil operários trabalham no Consórcio, mas apenas metade dos funcionários estão indo ao canteiro de obras somente bater ponto, sem executarem nenhuma atividade.

Categorias
Ceará Destaque3

Chuvas no Estado: Castanhão tem maior aporte e passa de 5% pela primeira vez no ano

Nos últimos sete dias, o Castanhão foi o açude que recebeu maior aporte, com 36,4 milhões de metros cúbicos. Descontado aquilo que evaporou e o volume de água liberado, o volume do açude aumentou 28 milhões de metros cúbicos, cerca de 0,82% no volume total. Mesmo que pareça pouco, o acréscimo é significativo diante do tamanho do Castanhão. Com o aumento do volume, pela primeira vez neste ano, o nível do maior e mais importante reservatório do Ceará passou de 5. No acumulado do ano, o Castanhão acumula aporte de 127,7 milhões.

O segundo maior açude do Estado, O Orós, também apresenta crescimento significativo ao longo do mês de abril, passando de 5,25% no dia para 8,14%. Nos últimos sete dias, o Orós recebeu aporte de 32,4 milhões de metros cúbicos. Na última semana, o açude recebeu mais da metade da água que entrou desde o começo de 2019.

No acumulado do ano, o açude com maior aporte no Ceará é o Araras, localizado em Varjota, na Zona Norte do Estado. O Estado tem hoje 32 açudes sangrando e outros dois estão próximos da capacidade máxima.