Categorias
Estadual Economia

Governo do Ceará participa da primeira reunião do Consórcio Nordeste em Salvador

A vice-governadora do Ceará, Izolda Cela, participou, nesta segunda-feira (29), da primeira reunião do Consórcio Nordeste. O encontro aconteceu na cidade de Salvador, e reuniu representantes do poder Executivo dos nove estados do nordeste. O objetivo é estabelecer uma maior cooperação política, econômica e social para alavancar o crescimento da região.

Com o Consórcio Nordeste, os governadores esperam realizar parcerias em áreas como educação, turismo, troca de tecnologia e ações de preservação ambiental. Além disso, será possível fazer licitações conjuntas, o que diminuirá o preço dos materiais adquiridos.

No primeiro ano, o projeto será presidido pelo governador da Bahia, Rui Costa (PT). A reunião também serviu para fazer encaminhamentos sobre o plano de trabalho do pacto.

Consórcio Nordeste

Criado em março deste ano, o Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste é uma parceria para melhorar os gastos públicos, levar mais eficiência à gestão e desenvolver ações sociais para a população dos nove estados que integram a associação pública: Pernambuco, Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe.

O colegiado vai atuar nas áreas de desenvolvimento econômico, infraestrutura; ciência, tecnologia e informação; desenvolvimento social; segurança pública e administração penitenciária; meio ambiente; desenvolvimento da gestão; articulação política, jurídica e institucional e no desenvolvimento da comunicação pública e estatal.

Categorias
Cidade Destaque1

“Antes tarde do que nunca!”, diz Beto Almeida sobre cadastro para conter ligações indesejadas

O governo federal tenta encontrar saídas para barrar ligações indesejadas feitas por operadoras de Telecomunicações. Os consumidores podem se inscrever no cadastro nacional “Não me Perturbe”, uma iniciativa da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para conter esse assédio.

O assunto ganhou destaque no Bate Papo Político do Jornal Alerta Geral (Expresso Fm 104.3 na Grande Fortaleza + 26 emissoras no Interior + Redes Sociais) desta segunda-feira (29), entre os jornalistas Luzenor de Oliveira e Beto Almeida, que criticaram a postura das empresas de assediarem aposentados de maneira criminosa.

Para o jornalista Beto Almeida, a medida “entra na série: antes tarde do que nunca!”. Segundo ele, é preciso que a justiça consiga impor medidas eficazes para barrar a atuação dos bancos e impedir que essas instituições consigam os dados pessoais do cidadão, principalmente, segundo ele, dos aposentados.

O jornalista ainda questiona o ato de, nos pequenos municípios do Interior do Ceará, servidores visitarem idosos aposentados para, segundo ele, “assediar” essas pessoas para aquisição de consórcios bancários. Para o jornalista, “está mais do que na hora de punir os bancos.”

O jornalista Luzenor de Oliveira pondera que não há nada de criminoso nesse ato, mas, concordando com Beto, acredita que é
“inaceitável o assédio ou o poder de convencimento que vem pela fraude.” Caso o cadastro seja feito, a suspensão das chamadas pelas empresas ocorrerá em até 30 dias.

Você pode fazer seu cadastro no “Não me Perturbe” aqui.

Categorias
Saúde

Sesa realiza reunião com presidentes de consórcios públicos de saúde

A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) realizou reunião, na manhã desta segunda-feira (20), com prefeitos que presidem consórcios de saúde no Ceará. O secretário da Saúde, Carlos Roberto Martins Rodrigues Sobrinho, e secretários executivos da Sesa ouviram os prefeitos sobre como podem colaborar na gestão dos consórcios e, consequentemente, na melhoria dos serviços para os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

“O SUS tinha um enorme desafio, que era a universalização. Hoje, o SUS tem outro grande desafio: a eficiência”, disse o secretário, que é mais conhecido como dr. Cabeto, destacando que é preciso planejar levando em conta primeiramente o usuário do sistema.

O presidente da Associação dos Municípios do Ceará (Aprece), Nilson Diniz, e treze prefeitos que presidem consórcios de Aracati, Baturité, Canindé, Cascavel, Caucaia, Crateús, Icó, Limoeiro do Norte, Maracanaú, Quixadá, Russas, Sobral, Tauá e Tianguá participaram da reunião.

Os gestores municipais relataram algumas dificuldades enfrentadas pelos consórcios e disseram contar com o apoio da Sesa para obter melhorias nos serviços prestados. Outras duas reuniões serão realizadas até o dia 10 de junho para discutir sobre a gestão dos consórcios e sobre as sugestões dadas pelos prefeitos para aperfeiçoamento do decreto publicado pelo Governo do Ceará, no dia 5 de abril, que define as condições para ingresso do Estado em consórcios públicos.

O Consórcio Público de Saúde é uma autarquia com autonomia administrativa, para gestão de 19 policlínicas e 22 Centros de Especialidades Odontológicas (CEOs) que estão localizados nos municípios cearenses. O documento também prevê seleção pública para os principais cargos dos consórcios, das policlínicas e CEOs. Os consórcios têm como missão prestar atendimento especializado de saúde nas regiões do estado.

Funcionamento dos consórcios

O Consórcio Público de Saúde é uma autarquia com autonomia administrativa, para gestão de 19 policlínicas e 22 Centros de Especialidades Odontológicas (CEOs) que estão localizados nos municípios cearenses. O decreto também prevê seleção pública para os principais cargos dos consórcios, das policlínicas e CEOs.

O prefeito de Ipaporanga e presidente do consórcio de Crateús, Antônio Alves Melo, destacou que o decreto trouxe parâmetros importantes para os gestores que estão à frente dessas autarquias.

“É uma diretriz. Não podemos ser contra antecipadamente”, disse Melo.

O consórcio presidido por ele abrange também os municípios de Ararendá, Ipaporanga, Independência, Ipueiras, Monsenhor Tabosa, Nova Russas, Novo Oriente, Poranga, Tamboril e Quiterianópolis.