Categorias
Deu Zebra

Sem Neymar, Brasil vence Peru por 3 x 1 e fica com título da Copa América 2019

A seleção relembrou os bons tempos e, com bom futebol e coletividade, bateu o Peru pela final da Copa América 2019. Neymar, o craque canarinho, assistia o jogo da arquibancada enquanto Gabriel Jesus e o cearense Éverton davam o tom da partida.

O Peru começou melhor e, com uma clássica marcação pressão, sufocou a seleção brasileira nos 15 minutos iniciais.

No entanto, como o ‘messias’ da seleção canarinho, Gabriel Jesus, que vinha sendo muito criticado por suas atuações sem gols – inclusive na Copa do Mundo 2018 – ressuscitou dentro da competição e, após uma semifinal marcante contra a Argentina, abriu as portas defesa peruana e fez um cruzamento sob medida para Everton Cebolinha abrir o placar logo aos 15 minutos de jogo.

Quando parecia que o jogo se encaminhava para terminar o primeiro tempo de 1×0, em um lance interpretativo e com a ajuda do VAR, o árbitro chileno Roberto Tobar Vargas marcou um toque de mão de Thiago Silva dentro da área e penalty para o Peru.

1×1 aos 44 minutos do primeiro tempo, com gol merecido de Paolo Guerrero, pela atuação durante a competição e ser o principal nome responsável por levar o Peru à grande final.

Foto: Reprodução.

Novamente, quando parecia que o primeiro tempo acabaria como estava, Gabriel Jesus faz o 2×1 aos 48 minutos. Fim da primeira etapa.

No segundo tempo, o Peru tentou de todos os modos. O corajoso treinador da seleção peruana, Ricardo Gareca, chegou à colocar 3 atacantes em campo, enquanto o Brasil perdeu Jesus em uma contestada expulsão aos 25 minutos.

Foto: Reprodução.

O jogo ganhou ares dramáticos. Com um a menos, Tite, o treinador da seleção brasileira, se viu obrigado a mexer: atacante por atacante, trocou Firmino por Richarlison, aos 29 minutos e colocou o zagueiro Militão no lugar de Coutinho aos 32 minutos do segundo tempo.

Em meio à pressão chilena, Everton Cebolinha, o autor do primeiro gol, sofreu pênalti aos 41 minutos do segundo tempo, que foi cobrado por Richarlison e convertido em gol. 3×1 e Brasil campeão da Copa América.

Foto: Reprodução.

Ton Silva

Categorias
Esporte

8ª Copa do Mundo de Futebol Feminino começa hoje na França

A 8ª Copa do Mundo de Futebol Feminino será sediada na França. A competição começa nesta sexta-feira (7) com o jogo de abertura entre França e Coreia do Sul, marcado para as 16h, no Parc des Princes. A final ocorrerá no dia 7 de julho, às 17h, no Estádio de Lyon.

Ao todo 24 equipes estão divididas em seis grupos, confira:

Grupo A – França, Coréia do Sul, Noruega e Nigéria

Grupo B – Alemanha, China, Espanha e África do Sul

Grupo C – Austrália, Itália, Brasil e Jamaica

Grupo D – Inglaterra, Escócia, Argentina e Japão

Grupo E – Canadá, Camarões, Nova Zelândia e Holanda

Grupo F – Estados Unidos, Tailândia, Chile e Suécia

Categorias
Esporte Deu Zebra

‘Lampions League’: Leão não joga bem, mas vence – e isso já quer dizer muito!

Mesmo sem mostrar um grande futebol dentro de campo, o Leão se sagrou campeão da Copa do Nordeste diante do Botafogo da Paraíba – jogar mal e mesmo assim vencer pode, e deve, significar muita coisa. O Fortaleza jogou, nessa quarta-feira (29) e venceu pelo placar de 1×0.

O Tricolor, que já trazia uma vantagem conquistada no jogo de ida, no Castelão, abriu o placar logo aos 4 minutos do primeiro tempo, com gol – dele de novo – Wellington Paulista. As falhas no setor de criação e inúmero erros de passe não tiraram, no entanto, a beleza do título!

O título foi merecido

Mesmo não jogando o futebol que se esperava, o Leão foi lá e venceu! Mesmo sabendo das paixões que alimentam o futebol, é preciso deixar claro: o futebol apresentado está longe do que o Leão pode oferecer – justamente por isso, o título foi mais que merecido.

Dentro desse quadro, as estratégias adotadas foram eficazes, realistas e deram o resultado. Jogando três competições ao mesmo tempo, o time estava visivelmente cansado e sofreu, ainda, com a lesão de um de seus principais nomes: Edinho!

O resultado veio – isso precisa ser considerado em competições mais longas, como o Campeonato Brasileiro, afinal, jogar bem não é sinônimo de vitória! Agora, é preciso se preparar para os desafios maiores. O Leão tem dois jogos fora de casa que irão exigir, agora, sim, um bom futebol.

Ceni é o nome dele!

Sob comando de Rogério Ceni, o Tricolor conquista seu terceiro título em dois anos, sendo eles a Série B do Campeonato Brasileiro de 2018, o Campeonato Cearense e a Copa do Nordeste de 2019. Campeonatos diferentes mas que não divergem no sentimento: Ceni faz história no Leão!

Confusões

Fora do estádio, um grupo de torcedores do Fortaleza foram atingidos por uma bomba caseira. Todos os afetados foram atendidos pelo Corpo de Bombeiros, com ferimentos leves. Dentro do estádio, o jogo foi marcado por atos de violência nas arquibancadas.

As torcidas rivais brigaram entre si e foi necessário a intervenção da polícia e das forças de segurança para acalmar os ânimos. Aos 40 minutos do segundo tempo a partida foi interrompida porque torcedores precisaram de atendimento médico devido a confusão.

Categorias
Esporte

Com pouca emoção, Fortaleza e Athletico empatam no 1º jogo das oitavas

Fortaleza Athletico-PR ficaram no empate sem gols nesta quinta-feira (16), na Arena Castelão, pelo primeiro jogo das oitavas de final da Copa do Brasil. A partida marcou a estreia das equipes na competição.

Em campo, os jogadores criaram poucas oportunidades de gol na partida de ida das oitavas da Copa do Brasil.

Agora, o confronto fica em aberto para a partida de volta no dia 5 de junho, em Curitiba.

Categorias
Esporte Deu Zebra

Retorno do FH: nos pênaltis, Ceará bate Foz do Iguaçu e se classifica na Copa do Brasil

Mesmo ocupando a meta adversária durante quase todo o confronto, o Vozão não saiu do empate com o Foz do Iguaçu, jogando fora de casa, pela segunda rodada da Copa do Brasil. Com o placar sem gols nos 90 minutos, a decisão da vaga foi para os pênaltis. Brilhou, então, a estrela do goleiro Fernando Henrique, que pegou duas cobranças e garantiu o Ceará na próxima fase. O goleiro, que era a terceira opção no início do ano, protagonizou um “Eu peguei“, mesmo antes da cobrança de pênalti defendida.

O Ceará colocou duas bolas na trave durante o jogo – uma no primeiro tempo, em uma bela jogada de Roger, e outra no segundo, com um arremate de fora da área do meia Juninho -, mas pecou no momento final. Destaque para o lateral esquerdo João Lucas, que conseguiu algumas boas jogadas com o meia Baxola; além de Luiz Otávio que, mais uma vez, foi o xerife da defesa. No mais, o time produziu bem, mas não conseguiu definir a partida quando teve a chance.

Mesmo com as tentativas, não deu! Nas cobranças de pênalti, Juninho fez o primeiro do Vozão, e Fernando Henrique pegou a cobrança de Bruno Nascimento. Na sequência, Felipe Baxola vacilou e desperdiçou – Vinicius Martins deixou tudo igual para o Foz. Ricardinho colocou o Alvinegro na frente e Fernando Henrique defendeu chute de Luiz Matheus. Em seguida, Roger fez, Thomas diminuiu, e Samuel Xavier garantiu a classificação do Ceará.

O Vozão encara, agora, o Corinthians, com datas ainda não definidas. A terceira fase já será no esquema de mata-mata (ida e volta).