Categorias
Policial Destaque2

Ceará ocupa 3º lugar como Estado do Nordeste com mais casos de estupro em 2018

Foram registrados 1.790 casos de estupro no Ceará em 2018. O número é equivalente a 149 registros mensais e constam nos dados da 13ª edição do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgada nessa terça-feira (10). Em média quatro pessoas são vítimas de estupro no estado a cada dia.

Diante do número de ocorrências, o Ceará aparece em 3º lugar no Nordeste. Já na comparação em nível nacional, o Ceará passou de 10º no ano retrasado para 13º estado com maior número de estupros, em 2018.

Os dados mostram que 85% das vítimas eram mulheres. Em números absolutos, dos 1.790 crimes sexuais anotados, 1.525 atingiram pessoas do sexo feminino. Em nível nacional, o Ceará ocupa o 12º lugar no Brasil, mas o índice negativo no Nordeste se repete.

Em 2018, o Ceará registrou 35 casos a mais que em 2017. De janeiro a dezembro, foram 253 tentativas de estupro. O Anuário não detalha o perfil das vítimas e dos suspeitos de praticarem o crime no Estado, mas aponta que, em nível nacional, 75,9% dos casos são cometidos por pessoas conhecidas e em 96,3% os autores são homens.

Categorias
Interior

Quatro suspeitos são presos com espingardas e mais de 100 aves são encontradas mortas em Sobral

Mais de 100 aves foram encontradas mortas e depenadas em um matagal e quatro homens presos em flagrante com quatro espingardas e munições na cidade de Sobral, no interior do Ceará, no último domingo (25).

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), durante patrulhamento de rotina, policiais foram informados sobre disparos de arma de fogo em um matagal. Durante as buscas, os agentes encontraram os quatro homens, que fugiram quando viram a polícia.

Após perseguição, os suspeitos, identificados como Augusto César Correira Aguiar, Edvar Ferreira do Nascimento, João Batista de Araújo e Tarcísio Lino da Silva, foram presos. Quatro espingardas, uma faca, cinco tubos de pólvora, vários recipientes de espoleta e 121 cartuchos carregados de munição calibres 40, 36 e 32 foram apreendidos no carro dos suspeitos. A Polícia também encontrou 117 aves mortas já depenadas.

Eles foram conduzidos para uma unidade policial da região e autuados em flagrante por posse ilegal de armas de fogo e pelo artigo 29, referente ao crime ambiental. O caso foi transferido para a Delegacia Municipal de Pacujá.

Crime Ambiental

Segundo o Artigo 29 da Lei de Crimes Ambientais, quem matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécies da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente, poderá pegar pena de detenção de seis meses a um ano e multa.

Categorias
Policial Cotidiano

Polícia Civil prende suspeito de matar mulher após descer de carro de aplicativo

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), em uma resposta rápida, prendeu, em menos de 24 horas, o suspeito de executar Milena Soares da Silva (18), sem antecedentes. O crime ocorreu, na noite dessa segunda-feira (22), no bairro Dom Lustosa, na Área Integrada de Segurança 6 (AIS) de Fortaleza, após a vítima desembarcar de um carro de aplicativo de transporte. Na ocasião, o motorista do veículo que a transportava foi atingido de raspão. O suspeito foi capturado no mesmo bairro em que ocorreu o crime. Todos os detalhes da ação policial serão repassados em coletiva de imprensa, nesta quarta-feira (24), às 10 horas, no auditório do DHPP, no bairro de Fátima em Fortaleza.

Serviço
Coletiva DHPP
Data: 24 de julho de 2019 (quarta-feira)
Horário: 10 horas
Local: Auditório do DHPP (Rua Juvenal de Carvalho, 1125 – Fátima)

Categorias
Policial

Policial reage a assalto e é baleado no Bairro Jóquei Clube

Mais um policial militar foi alvo dos criminosos na cidade de Fortaleza! O agente foi surpreendido por suspeitos que estavam em um veículo na Rua Ribeiro Leitão. Após reagir ao assalto o policial foi atingido por um disparo de raspão na cabeça e outro na perna. O crime ocorreu no bairro Jóquei Clube na manhã desta sexta-feira (19).

O PM foi encaminhado para o Instituto Doutor José Frota (IJF), no Centro. De acordo com a assessoria da Policia Militar, após a ação criminosa os suspeitos abandonaram uma arma utilizada no assalto. O caso foi encaminhado para o 27º Distrito Policial, localizado no bairro Henrique Jorge, e os policiais seguem em busca de identificar e prender os envolvidos.

Já nesta semana, no domingo (14)  um sargento foi morto a tiros no Bairro Siqueira durante um assalto. Identificado como Alveni da Silva, 49 anos, o sargento foi abordado por 4 criminosos quando trafegava em uma motocicleta. Alveni foi atingido por dois disparos, um na cabeça e outro no abdômen.

Categorias
Política

Supremo Tribunal Federal retoma julgamento sobre criminalização da homofobia

O Supremo Tribunal Federal (STF) deve retomar hoje (13) o julgamento sobre a criminalização da homofobia e transfobia. A Corte já formou maioria de seis votos a favor da medida, em sessão plenária em maio, e o entendimento pode se tornar efetivo caso a análise vá até o fim, nesta quinta-feira.

O julgamento começou em fevereiro, quando os ministros Edson Fachin, Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso, além do relator, Celso de Mello, votaram a favor da criminalização. O assunto voltou a plenário em 23 de maio, quando Rosa Weber e Luiz Fux também votaram favoravelmente à medida.

Em geral, todos os ministros que votaram até o momento concordaram que há excessiva demora na análise do tema pelo Congresso, que é obrigado pela Constituição a deliberar sobre punições a comportamentos discriminatórios, entendeu a maioria. As entidades defendem que a minoria LGBT deve ser entendida como grupo análogo ao de “raça social”, e os agressores, punidos na forma do crime de racismo, cuja conduta é inafiançável e imprescritível. A pena varia entre um e cinco anos de reclusão, de acordo com a conduta.

 

Categorias
Policial Destaque2

PF deflagra Operação Furniture, que combate desvio de recursos públicos federais no Ceará

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta terça-feira (21), a Operação Furniture, que tem como objetivo combater fraudes na aplicação de financiamento de recursos concedidos pelo Poder Público Federal. Segundo informações parciais, os investigados respondem a, pelo menos, três crimes prescritos em lei.

Policiais federais estão cumprindo, na capital cearense, dois mandados de busca e apreensão determinados pela 11ª Vara da Justiça Federal no Ceará e três mandados de intimação expedidos pela autoridade policial. A Justiça Federal ordenou, ainda, a indisponibilidade dos bens dos envolvidos.

As investigações apontam que um empresário do ramo de móveis planejados desviava recursos oriundos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) das contas da empresa para as contas de familiares, causando um prejuízo no valor de mais R$ 2,4 milhões ao Banco do Nordeste do Brasil (BNB).

Os investigados poderão responder pela prática de crimes contra o sistema financeiro nacional, lavagem de dinheiro e associação criminosa, de acordo com o nível de participação. O nome da operação é uma alusão ao objeto social da empresa, que se prestava supostamente à fabricação de móveis projetados.

(*) com informações da Polícia Federal do Ceará

Categorias
Policial

Paraguaia é presa com 4 kg de cocaína na forma líquida em aeroporto Pinto Martins

Uma mulher foi presa na noite dessa sexta-feira (10) tentando embarcar no Aeroporto Internacional de Fortaleza com cocaína na forma líquida para Málaga, na Espanha. Policiais federais realizavam uma fiscalização de rotina junto aos balcões de check-in e abordaram a passageira.

Questionada, a passageira levantou suspeitas e foi conduzida a uma sala reservada para passar por busca pessoal e revista da bagagem.
Na mala da suspeita foram localizadas duas garrafas contendo um líquido turvo, na cor de mel. A mulher recebeu voz de prisão após a confirmação, por meio dos testes preliminares, da existência de cocaína.

O volume total do alucinógeno chegou a 4 kg. A mulher  A presa, nacional do Paraguai, de 25 anos, foi conduzida à sede da Polícia Federal no Ceará, onde foi autuada pelo crime de tráfico internacional de drogas.

O volume total do alucinógeno chegou a 4 kg / Foto: Assessoria
Categorias
Sem categoria Destaque1 Destaque3

Beto Almeida sobre morte em Massapê: “falta segurança na zona rural”

Uma mulher foi assassinada nessa quinta-feira (7) em uma fazenda localizada no município de Massapê, 244 km de Fortaleza, quando homens armados invadiram a propriedade. Além da mulher, seu esposo, caseiro da fazenda, foi atingido com um tiro no pescoço e está internado na Santa Casa de Misericórdia de Sobral. No Jornal Alerta Geral desta sexta-feira (8), Beto Almeida falou que foi uma “tragédia que atingiu em cheio uma família”.

A propriedade é, segundo informações do jornalista Beto Almeida, do ex-senador Luiz Pontes. Durante o crime, uma criança, de cinco anos, filho do casal, presenciou todo o ocorrido, mas, felizmente, conseguiu fugir do local.

Para o jornalista, a violência atinge com muita dureza a zona rural. “Hoje, estar na zona rural não é mais sinônimo de segurança. Além de combater facções e organizar os presídios, (o governador) Camilo terá que organizar a zona rural“, finalizou Beto Almeida. Por ser uma zona descoberta – característica dessas regiões -, com pouco adensamento de população, os moradores ficam ainda mais reféns da insegurança.

Entenda o Crime

Segundo a Polícia Militar, os criminosos anunciaram o assalto e dispararam contra o casal. Maria Zelândia Henrique Lira, de 39 anos, morreu no local. Daniel Silva, de 44, também foi baleado, mas sobreviveu aos ferimentos, e passa por atendimento médico na Santa Casa de Misericórdia de Sobral. O hospital não informou o estado de saúde do paciente

A Prefeitura de Massapê decretou luto municipal de três dias pela morte de Maria Zelândia. Em nota, o município disse que “o fato causou aos moradores perplexidade, consternamento e repercussão em toda a sociedade massapeense“. 

Categorias
Geral Destaque2 Destaque3

Operação Fantoche da PF mira desvio de R$ 400 mi entre Ministério do Turismo e empresas do Sistema S

A Polícia Federal deflagrou, nesta terça-feira (19), uma mega operação para apurar denúncias de irregularidades na aplicação de recursos e convênios entre o Ministério do Turismo e empresas do Sistema S. Denominada de Fantoche, a Operação teve, na manhã desta terça-feira, prisão e apreensão de documentos e equipamentos de informática em Pernambuco, Minas Gerais, São Paulo, Paraíba, Distrito Federal, Mato Grosso do Sul e Alagoas

Um total de 213 agentes, segundo nota da Polícia Federal, estão envolvidos nas investigações. A operação tem, ainda, a participação de auditores do Tribunal de Contas da União (TCU) para o cumprimento de 40 mandados de busca e apreensão e 10 de prisão temporárias. “Estima-se que o grupo já tenha recebido mais de R$ 400 milhões decorrentes desses contratos“, acrescentou a PF sobre a operação, realizada em parceria com o Tribunal de Contas da União (TCU).

Segundo, ainda, a PF, um grupo de empresas do mesmo núcleo familiar atuou, desde 2002, executando contratos firmados por meio de convênios com a pasta e com o Sistema S.

A atuação do grupo consistia na utilização de entidades de direito privado, sem fins lucrativos, para justificar celebração de contratos e convênios diretos com o ministério e unidades do Sistema S. Tais contratos, em sua maioria, voltados à execução de eventos culturais e de publicidade superfaturados e/ou com inexecução parcial, sendo os recursos posteriormente desviados em favor do núcleo empresarial por intermédio de empresas de fachada


Destaca a nota da PF. 
Categorias
Policial Destaque1 Destaque3

Mais um atentato à pontes, em Caucaia, é registrado nessa terça-feira

Mais uma madrugada de medo para os caucaienses! Por volta de 2h30 desta terça-feira, 8, criminosos realizaram um novo atentado no município de Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza.

Dessa vez, a explosão foi na ponte sobre o Rio Ceará, conhecida como “ponte dos Tapebas”, principal via de acesso pela BR-222.

Moradores de vários bairros do Município relatam ter ouvido a explosão. A polícia atuou rápido e, ao chegar no local, identificou explosivos e um buraco no asfalto da ponte. O Corpo de Bombeiros foi acionado para desarmar artefatos não explodidos e realizar a limpeza dos destroços.