Categorias
Educação Destaque3

Governo do Estado anuncia conclusão da reforma de escola de tempo integral na Barra do Ceará

A obra de reforma da Escola Estado de Alagoas, localizada na Barra do Ceará, em Fortaleza, foi visitada pelo governador Camilo Santana na tarde dessa quarta-feira (23).

A nova escola está passando por uma completa reforma em sua estrutura e vai atender aos alunos em tempo integral. A reforma é uma antiga reivindicação da comunidade.

Atualmente, os estudantes estão em outro prédio e a partir de dezembro deste ano, a escola vai receber a nova mobília e os equipamentos.

Serão 540 alunos atendidos em ambos os turnos e a partir de janeiro de 2020, eles já vão poder estudar na nova estrutura, com 12 salas de aula, 5 laboratórios, sendo dois de informática, e um de matemática, ciências e física e biologia.

O governador Camilo Santana falou sobre a obra da escola, que faz parte da política de valorização da educação no Ceará.

Categorias
Educação

Locais de prova e cartão de confirmação do Enem podem ser consultados a partir desta quarta-feira

Os locais de prova e o cartão de confirmação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) estarão disponíveis a partir do dia 16 de outubro, como informa o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). As provas estão marcadas para os dias 3 e 10 de novembro.

Neste ano, 5,09 milhões de inscrições foram confirmadas. As provas serão aplicadas em 1.727 municípios. De acordo com o presidente do Inep, Alexandre Lopes, todas as provas já foram impressas e estão prontas para distribuição aos estados. Mais de 54 mil malotes de prova serão distribuídos para 11.227 coordenações.

O Enem tem a função de avaliar e selecionar estudantes de todo o país para ocuparem vagas em instituições federais de ensino superior e para garantirem vagas em programas do Governo Federal, como o Sisu, Prouni e o Fies.

Categorias
Educação

Cagece oferece 75 vagas para cursos gratuitos de capacitação profissional

A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) oferece 75 vagas de cursos profissionalizantes gratuitos para o mês de novembro. As modalidades de capacitação são: técnicas de negociação e vendas (25 vagas), excel avançado (25 vagas) e redação oficial e comercial (25 vagas).

Os interessados em participar devem pegar uma carta de encaminhamento em uma das unidades do Sistema Nacional de Emprego (Sine) até o dia 25 de outubro.

As matrículas para os cursos acontecem no dia 26 deste mês, das 8 h às 11h, na sede da companhia (Avenida Dr. Lauro Vieira Chaves, 1030 – Vila União), com atendimento realizado por ordem de chegada. O material didático é todo fornecido pela companhia.

Para realizar a matrícula, é necessário ter a carta de encaminhamento em mãos, idade mínima de 16 anos e apresentar os seguintes documentos: certificado de conclusão do ensino fundamental, identidade, CPF e comprovante de residência.

Para os alunos que já realizaram outros cursos na Cagece e buscam novas oportunidades de capacitação, basta apresentar o certificado do curso realizado anteriormente pela companhia.

Serviço:

Curso: Técnicas de negociação e vendas

Período: 13 a 28 de novembro
Horário: Segunda a sexta de 17:15h às 19:45h

Curso: Excel avançado
Período: 4 a 22 de novembro
Horário: Segunda a sexta de 17:15h às 19:15h

Curso: Redação oficial e comercial
Período: 4 a 29 de novembro
Horário: Segunda a sexta de 17:15h às 19:15h

Saiba Mais:

Confira os endereços dos Sines

Célula de Fiscalização de Trânsito (CEFIT)
Rua Valdetário Mota, 970
Fone:(85) 3101.1658

Centro
Rua Assunção, 699
Tel:(85) 3101.2775

Vapt Vupt Antônio Bezerra
Av. Demétrio de Menezes, 3750
Tel:(85) 3101.2743

Messejana
Rua Jornalista Tomaz Coelho, 408
Tel:(85) 3101.2138

Casa do Cidadão Benfica
Av. Carapinima, 2200
Tel:(85) 3101-2250

Categorias
Educação

A um mês do Enem, escolas contam como contornam ansiedade de alunos

Falta um mês para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que será aplicado em todo o país para 5 milhões de estudantes, nos dias 3 e 10 de novembro. Na reta final, escolas contam como estão se preparando e os cuidados necessários sobretudo para controlar a ansiedade dos estudantes.

Na escola Lysia Pimentel Gomes Sampaio Sales, em Sobral (CE), nas últimas semanas de aula até o exame, os estudantes participarão de vários debates e de atividades que além de trabalhar a revisão dos conteúdos, contribuem para deixá-los mais seguros. “Eles precisam relaxar para usar o conhecimento que adquiriram o ano inteiro. Temos palestras, integração das turmas, debates, para sair um pouco da rotina”, diz a professora de redação Diana Kelly Alves Oliveira. De acordo com ela, é importante trabalhar também a parte socioemocional dos alunos.

A unidade está entre as escolas públicas que, segundo o estudo “Excelência com Equidade no Ensino Médio: a dificuldade das redes de ensino para dar um suporte efetivo às escolas”, se destacaram por melhores desempenhos em avaliações como o Enem. Lá, os estudantes obtiveram média de 582,43 pontos na provas objetivas e 716,84 na redação, sendo que nota máxima nessa prova é mil.

Ao longo do ano, a escola realizou uma série de simulados. Desde agosto, foram cinco simulados e ainda haverá mais dois até novembro. Neles, a escola percebeu que os alunos ficavam muito nervosos, sobretudo na hora de fazer a prova de redação. “Alguns estudantes travavam na hora de iniciar a redação, demoraram mais de 20 minutos só para começar, pela ansiedade. Começamos então a trabalhar isso”, diz Diana.

No Colégio e Curso Progressão, no Rio de Janeiro, a ansiedade também é trabalhada na reta final. “O importante é manter a calma e a tranquilidade. Falo sempre para os estudantes se mentalizarem aprovados. Não verem o Enem como um monstro, mas como uma chave que vai mudar o futuro. Faça a prova acreditando no que estudou”, diz o diretor-geral do colégio, Leonardo Chucrute.

A tática ajuda a estudante do 3º ano da escola, da unidade de Cabo Frio (RJ), Maria Eduarda Oliveira. “Eu, particularmente, tento pensar como seria no próximo ano, como se  estivesse lá dentro da universidade e alcançado meu sonho”, diz. A estudante pretende concorrer a uma vaga de medicina. “O curso que quero fazer é bem concorrido, bem complicado, mas estou tentando ficar mais tranquila porque me desesperar não vai ajudar em nada”, acrescenta.

Conversar é importante

“Pode parecer estranho, mas a minha recomendação é que o jovem seja ele mesmo, que converse com as pessoas, que converse sobre as emoções, sobre angústias”, diz a psicóloga organizacional e clínica Livia Marques, que atende jovens que estão se preparando para o vestibular.

Segundo Livia, é importante conversar com pessoas que acolham e que transmitam afeto e proteção. Segundo ela, a ansiedade está entre as principais questões que são trazidas pelos jovens que atende. Além disso, eles dizem que não conseguem atender às expectativas, que se sentem pressionados e tristes o tempo inteiro.

Para ela, as conversas são importantes para que essas emoções “sejam mais vistas, mais acolhidas e mais validadas”. É preciso também estar atento e buscar ajuda profissional caso o jovem esteja em um nível de ansiedade muito alto, que afeta a produtividade e compromete o dia a dia. “O psicólogo vai ajudar a contornar e manejar as crises de ansiedade.”

A psicóloga recomenda ainda que os estudantes planejem os estudos e que reservem tempo para se divertir. Além disso, devem cuidar da alimentação, fazer exercícios físicos e dormir bem. Uma dica para dormir melhor é não usar o celular ou assistir vídeos antes de dormir.

Categorias
Educação

Comissão debate aprendizagem profissional de jovens

A Comissão de Infância e Adolescência realiza, nesta quarta-feira (02/10), a partir das 14h30, audiência pública para tratar da inserção dos jovens no mercado de trabalho, com o tema “Aprendizagem Profissional: transformando vidas”. A solicitação é da presidente do colegiado, deputada Érika Amorim (PSD).

“Vamos entender melhor como funciona o projeto Pacto pela Aprendizagem Profissional, do Ministério Público do Trabalho (MPT), que visa garantir a oportunidade de crescimento profissional a adolescentes e jovens, em especial àqueles em vulnerabilidade social”, justifica.

A parlamentar pontua que o Ceará foi o estado brasileiro com maior percentual de jovens aprendizes admitidos formalmente pelas empresas em 2018. “Do total de vagas geradas, em conformidade com o que diz Lei de Aprendizagem, 63,71% foram ocupadas pelos jovens cearenses. Os dados são da Secretaria Nacional de Políticas Públicas para o Emprego, do Ministério da Economia”, observa.

A iniciativa do Ministério Público tem o objetivo de fortalecer a aprendizagem profissional de adolescentes em estágio de risco social, contemplando jovens em acolhimento institucional, que cumprem medidas socioeducativas, em situação de trabalho precoce, entre outras vulnerabilidades.

Entre os convidados, o procurador do MPT-CE, Antonio de Oliveira Lima; a coordenadora do Fórum de Aprendizagem do Ceará, Emanuelle Marjuria; a representante Comitê Estadual de Adolescentes e Jovens na Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil no Ceará (Ceapeti-CE), Ingride Desidéria; a juíza do Trabalho, Karla Lacy; e a auditora Fiscal do Trabalho,  Raquel Pinho Studart.
LS/AT

Categorias
Educação

Ministro diz que Enem terá como foco conhecimentos objetivos

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano terá como foco conhecimentos objetivos. Segundo o ministro da Educação, Abraham Weintraub, a preocupação do Ministério da Educação (MEC) será selecionar os melhores alunos para ocupar as vagas no ensino superior.

“Não vai cair ideologia, a gente quer saber de conhecimento científico, técnico, de capacidade de leitura, de fazer contas, de conhecimentos objetivos”, afirmou o ministro que participou ontem (24) do programa Brasil em Pauta, da TV Brasil, da EBC.

Ele acrescentou que o interesse do MEC é “simplesmente selecionar as melhores pessoas para ocupar as vagas nas faculdades. A nossa preocupação é mérito, só”.

Após polêmica envolvendo questões do Enem no ano passado, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), vinculado ao Ministério da Educação, criou, no início deste ano, um grupo responsável por “identificar abordagens controversas com teor ofensivo a segmentos e grupos sociais, símbolos, tradições e costumes nacionais” e, com base nessa análise, recomendar que tais itens não fossem usados na montagem do Enem 2019.

O ministro ressaltou, na entrevista, que a aplicação do exame este ano está garantida.

Carteira estudantil será digitalizada

Ele falou ainda sobre a digitalização do MEC, que lançou, este ano, a carteirinha de estudante digital. A ID Estudantil começará a ser emitida em dezembro.

A digitalização também chegará ao Enem, que, ano que vem, terá aplicação por computador realizada de forma piloto.

O Enem 2019 será realizado nos dias 3 e 10 de novembro, em 1.727 municípios brasileiros. Mais de 5 milhões de pessoas farão o exame em 14 mil locais de aplicação de provas.

Quem já concluiu o ensino médio ou vai concluir este ano pode usar as notas do Enem para se inscrever no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que oferece vagas em instituições públicas de ensino superior. Os estudantes podem ainda concorrer a bolsas de estudo pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e podendo ser beneficiados pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Categorias
Educação Destaque2

MEC pretende mudar forma de contrato de novos professores de universidades federais

Conforme entrevista concedida pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub, ao jornal Estado de São Paulo desta segunda-feira, as universidades federais terão estímulo para contratar professor e técnicos pelo regime da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT).

Para o ministro, é preciso restringir o gasto na folha de paramento, porém, ele tenha afirme que os novos professores terão estabilidade, o Supremo Tribunal Federal decidiu, em 2018, que empregados de empresas públicas e sociedades de economia mista regidos pela CLT não fazem jus à estabilidade.

Por fim, Weintraub ainda garantiu que boa parte dos recursos para novos investimentos nas universidades virá do programa Future-se, que realizará captações junto à iniciativa privada.

Para participar do Future-se, as universidades terão de contratar professores e técnicos como funcionários de Organizações Sociais – entidades privadas que não precisam seguir a Lei de Licitações e Concursos.

Categorias
Educação

Comissão aprova proposta pedagógica para recuperação de alunos com baixo rendimento escolar

A Comissão de Educação aprovou projeto que estabelece que a proposta pedagógica das escolas para recuperação de estudantes de baixo rendimento contemplará as necessidades específicas dos alunos, com a participação de equipes multidisciplinares e o apoio dos órgãos dos sistemas de ensino.

O texto aprovado é o substitutivo do deputado Moses Rodrigues (MDB-CE) ao Projeto de Lei 8131/14, do Senado, que altera a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB), Lei 9.394/96).

O objetivo do projeto é permitir que as escolas, dentro da sua autonomia, prevejam um plano permanente de recuperação de alunos de baixo rendimento, que não seja focado apenas nas notas, como ocorre hoje, segundo o relator.

A proposta será analisada agora pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ). Depois seguirá para o Plenário da Câmara.

 

*(Com informações da Agência Câmara Notícias)

Categorias
Região Metropolitana de Fortaleza Destaque3

Prefeitura de Caucaia premia 42 escolas municipais com melhor desempenho no Spaece

A Prefeitura de Caucaia, por intermédio da Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia, premiou nesta quinta-feira (19/9) as 42 escolas com melhor desempenho no Sistema Permanente de Avaliação da Educação Básica do Ceará (Spaece) 2018. A solenidade aconteceu no Grêmio de Estudos e Recreio.

O Spaece avaliou 11.326 estudantes de Caucaia do segundo, quinto e nono anos do Ensino Fundamental, nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática. Os alunos apresentaram aprendizagem padrão desejável no segundo ano em 34 escolas e aprendizagem padrão adequado no quinto ano em oito escolas.

Todas as 42 escolas municipais receberam placas-homenagem. “A gente se empenha diariamente pra oferecer um ensino melhor e estruturas melhores. Eu sei da importância da educação. Ela é capaz de transformar a vida de qualquer um. Por isso, tenham certeza, já fizemos muito e vamos fazer muito mais porque sabemos que precisamos avançar”, disse o prefeito Naumi Amorim, ao fazer um anúncio.

O gestor aproveitou a solenidade para assinar mensagem que institui o Prêmio Destaque Educacional de Caucaia (Deca) 2019. Com ele, a Prefeitura vai bonificar diretores, coordenadores pedagógicos, técnicos em acompanhamento pedagógico, professores e estudantes da rede de ensino básico do município do segundo, quinto e nono anos do Ensino Fundamental.

“O município tem que valorizar mais e mais os profissionais da Educação, assim como o esforço desprendido pelos alunos. Esse prêmio é um estímulo para o trabalho ser cada vez melhor e buscarmos cada vez mais o desenvolvimento de um ensino de qualidade na rede municipal”, disse a secretária municipal de Educação, professora Camila Bezerra.

Também foram entregues hoje 119 certificados a dirigentes escolares pela formação para gestores e 24 tablets aos alunos e professores vencedores do concurso de produção textual sobre o mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya.

O prefeito Naumi Amorim repassou ainda aos gestores da Escola de Ensino Infantil e Ensino Fundamental (EEIEF) Plácido Monteiro Gondim, localizada na Catuana, as chaves de um micro-ônibus que atenderá aos alunos da unidade. O veículo passa a integrar a frota patrimonial da Secretaria de Educação.

*Com informações da Prefeitura de Caucaia

Categorias
Ceará

Ceará é o 2º Estado do Nordeste em casos de ameaça por estudantes contra professores

O Estado do Ceará é o segundo no Nordeste que mais apresenta ameaças por estudantes aos profissionais da educação em ambientes escolares. A cerca de 375 docentes confirmaram ameaças verbalmente ou fisicamente por alunos em sala de aula. As ameaças também foram confirmadas por 1.500 diretores da Rede Municipal de Ensino Fundamental, em 2017.

Essa pesquisa foi realizada pelo Anuário Brasileiro de Segurança Pública, através de questionários da Prova Brasil do Ministério da Educação (MEC). A prova, foi respondida por diretores e professores de escolas que oferecem do 5º ao 9º ano do Ensino Fundamental, totalizando 47.606 profissionais da educação. Segundo dados do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, o Ceará está como o 2º do Nordeste em números de casos, perdendo somente para Bahia, com 504 ocorrências.