Categorias
Economia

Ceará é líder em mercado de empresas juniores no Nordeste

Das 204 empresas juniores existentes na região Nordeste, 20,5% se concentram no Estado, com 42 empresas em atuação hoje. De acordo com dados da Brasil Júnior, instituição que representa as empresas juniores do País, o segmento faturou R$ 1,2 milhão no ano passado. Juntas, essas empresas já realizaram, no primeiro semestre de 2019, 85% do volume de serviços prestados a clientes em todo o ano 2018.

“O Ceará tem crescido no movimento, apresentando alto engajamento dos empresários e transformando esse engajamento em impacto econômico no mercado. Acompanhado da Bahia e Pernambuco, que também são grandes polos, são as três regiões que apresentam melhores performances do Nordeste (no segmento)”, aponta Umberto Bezerra, diretor da Brasil Júnior.

No primeiro semestre, foram movimentados R$ 930 mil no Estado através de serviços e atendimentos prestados pelos estudantes. O diretor explica que esse modelo de negócio se tornou uma forte tendência no mercado não só do Ceará, mas em todo o País. “Hoje, o Brasil se tornou a maior concentração de empresas juniores do mundo. E o único que é regulamentado por uma lei”, comenta.

De acordo com Bezerra, as empresas funcionam dentro das universidades e não têm fins lucrativos, sendo administradas e geridas por estudantes. Todo o faturamento é convertido em investimento e capacitação dos integrantes.