Categorias
Educação

Cerca de 6% dos cursos avaliados no Enade 2018 tiraram nota máxima

Em 2018, 492 cursos superiores tiraram a nota máxima no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), de acordo com dados divulgados nesta sexta-feira (4) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Esses cursos correspondem a cerca de 5,8% do total de 8.520 que tiveram o desempenho divulgado.

A maior parte desses cursos é ofertada por instituições públicas federais, 199, seguida por instituições privadas sem fins lucrativos, que ofertam 123; privadas com fins lucrativos, que ofertam 117; públicas estaduais, 52; e um deles é ofertado por instituição pública municipal. Ao todo, foram avaliados nesses cursos 25,2 mil estudantes.

Os resultados são referentes ao Conceito Enade, indicador calculado com base no desempenho dos estudantes no Enade 2018.

O Enade é um exame feito por estudantes – ao final dos cursos de graduação – para avaliar conhecimentos, competências e habilidades desenvolvidas ao longo do curso. Levando em consideração o desempenho dos estudantes nas provas, os cursos são classificados seguindo uma escala de 1 a 5.

O conceito 3 reúne a maior parte dos cursos. Aqueles que tiveram um desempenho menor que a maioria recebem conceitos 1 ou 2. Já os que tiveram desempenho superior à maioria recebem 4 ou 5. De acordo com os resultados divulgados, 1.689 cursos obtiveram conceito 4 e 3.830 obtiveram conceito 3.

Na outra ponta, mais de um quarto dos cursos avaliados no Enade do ano passado obtiveram desempenho “abaixo da média” na avaliação – ao todo, 2.509, ou seja, cerca de 29% obtiveram conceitos 1 e 2.

*(Com informações da Agência Brasil)

Categorias
Educação Destaque3

Inscrições para o Enade 2019 estão abertas

O Exame Nacional de Desempenho de Estudantes, o Enade 2019, está com as inscrições abertas para avaliação dos estudantes concluintes dos cursos de graduação do país. As inscrições devem ser feitas pelos coordenadores de curso das instituições de nível superior, até 11 de agosto.

Os estudantes são avaliados por meio de uma prova. A aplicação do exame está marcada para acontecer no dia 24 de novembro, de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela realização do teste. O resultado dos aluns será utilizado como parte do cálculo para definir o Conceito Preliminar de Cursos (CPC), indicador de qualidade que compõe a avaliação do MEC em relação a qualidade de ensino das instituições de nível superior.

O Enade é um pré-requisito para conclusão do curso, colação de grau e obtenção do diploma. Além disso, o histórico escolar apresenta a regularidade do aluno com o Enade. De acordo com o Inep, a regularidade do estudante no exame facilita a emissão de documentos de conclusão dos cursos de graduação, colação de grau e diploma.