Categorias
Policial

Esquema fraudulento de curso de graduação falso em Farias Brito é denunciado pelo MPCE

Os responsáveis pelo Centro de Educação Profissional e Superior (CEP), estão sendo imputados com uma denúncia relativa à prática do crime de estelionato pela oferta fraudulenta de curso de graduação na cidade de Farias Brito. O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), por meio da Promotoria de Justiça de Farias Brito denunciou a prática criminosa.

De acordo com a denúncia, os responsáveis pelo Centro anunciaram e promoveram o curso de graduação em “Administração de Empresas” na cidade de Farias Brito, sendo que a instituição não possui autorização do Ministério da Educação (MEC) para funcionamento e oferta de cursos de ensino superior. 

16 alunos foram vitimados com a suposta fraude e o prejuízo total foi estimado em R$ 59.680,00. Esta é a terceira denúncia apresentada pela Promotoria de Farias Brito contra fraudes desta espécie. As acusações anteriores foram contra os responsáveis pelo Instituto Educacional Ruimar Gomes (IERG) e pelo Centro de Formação e Assessoria Educacional (CEFAED). 

*(Com informações do Ministério Público do Estado do Ceará)

Categorias
Educação Destaque3

Prouni: inscrições para bolsas remanescentes podem ser realizadas a partir de 5 de agosto

As inscrições para as bolsas remanescentes do Programa Universidade para Todos (ProUni) serão abertas, por meio do site do programa, a partir de 5 de agosto. É mais uma chance para quem não foi contemplado nas primeira e segunda chamadas, além da lista de espera.

Segundo informações do Ministério da Educação, a disponibilidade dessas vagas, voltadas ainda para o segundo semestre do ano, acontece por desistência dos candidatos pré-selecionados ou falta de documentação, por exemplo.

Os alunos matriculados nas instituições de ensino superior podem se inscrever até 30 de setembro. Já para os estudantes não matriculados, o prazo é menor e vai até 16 de agosto.

Podem concorrer às bolsas remanescentes do Prouni:

  • brasileiros sem diploma de curso superior e que tenham participado de qualquer edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010, com nota superior a 450 pontos e sem ter zerado a prova de redação;
  • professores da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica e que não tenham participado do Enem podem se inscrever às bolsas de estudo em cursos de licenciatura.

Nesta etapa do programa não há chamadas ou nota de corte diária e a ocupação das bolsas é feita por ordem de inscrição. Ao concluir a inscrição, a bolsa automaticamente é reservada ao candidato.

Quem for selecionado deverá comparecer à instituição de ensino nos dois dias úteis subsequentes ao da inscrição para comprovar as informações prestadas. Caso a ocupação não seja confirmada, a bolsa volta a ficar disponível no sistema para nova inscrição.

edital com o cronograma e demais procedimentos relativos à oferta de bolsas remanescentes do programa foi publicado na edição desta sexta-feira (26) do Diário Oficial da União (DOU).