Categorias
Política

Grupo avalia responsabilidade de quem financia o licenciamento ambiental

O grupo de trabalho da Câmara destinado a analisar o novo marco legal do licenciamento ambiental brasileiro discute nesta quinta-feira (27), a responsabilização de quem financia o processo de licenciamento.

Desta vez, foram convidados para discutir o assunto com os parlamentares, entre outros, o diretor-presidente do Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social, Caio Magri; o presidente da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), Murilo Portugal Filho; e coordenador do Programa de Desenvolvimento e Direitos Socioambientais da Conectas Direitos Humanos, Caio Borges.

O coordenador do grupo, deputado Kim Kataguiri (DEM-SP), que pediu a realização dos debates, já disse que considera urgente a atualização da legislação sobre licenciamento ambiental “para conferir maior eficiência, segurança, agilidade e amenizar as sobreposições de competências institucionais”.

O grupo de trabalho foi criado no início de junho pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia, e tem 60 dias para a conclusão dos trabalhos, prorrogáveis por igual período.

 

 

 

(*)com informação Agência Câmara Notícias

Categorias
Economia Destaque2

Febraban alerta para golpes em compras online no Dia dos Namorados

O aumenta no número de golpes em compras online em datas comemorativas, que aquecem o comércio, como é o caso do Dia dos Namorados, comemorado nesta quarta-feira (12), gera preocupação da Federação Brasileira de Bancos (Febraban). Segundo a federação, quadrilhas se especializaram em aproveitar momentos de grande volume de compras pela internet para aplicar golpes e roubar dados pessoais.

No Ceará, o golpe conhecido como “SIM Swap”, um dos crimes virtuais que vêm crescendo na última década e gerando preocupação entre usuários e especialistas em segurança de dados, se destaca com um estilo próprio de aplicação. Em conversa com o repórter Rodrigo Rodrigues na última terça-feira (4), o doutor em Ciência da Computação, Germano Fenner, revelou os riscos e como se prevenir da ação criminosa.

Como o golpe é aplicado nessas datas

O consumidor recebe um e-mail ou mensagem com ofertas tentadoras e, ao clicar, é direcionada para um site falso. Então, fornece dados sigilosos, como número de cartão de crédito e senhas. Com essas informações, os bandidos realizam transações, burlam bloqueios de segurança, desbloqueiam novos cartões e realizam a confirmação de dados pessoais da vítima.

Outro esquema muito utilizado pelas quadrilhas, diz a Febraban, envolve aplicativos maliciosos. O golpe também começa com o envio de um e-mail suspeito com um link. Ao clicar, um vírus se instala no dispositivo dando acesso total aos bandidos. Com essa técnica, comumente chamada de phishing, eles conseguem acessar dados como nomes de usuário e senhas e realizar transações.

Segundo a Febraban, as quadrilhas de phishing também costumam usar as redes sociais para ter acesso às informações das vítimas. Os criminosos usam perfis falsos com ofertas tentadoras de produtos mais baratos, promoções para ganho de pontos e milhagens e recadastramentos de segurança, usados como artifício para a captura de dados dos clientes.

Outro ponto que merece atenção são os celulares. A grande popularidade dos smartphones despertou a atenção das quadrilhas que passaram a criar golpes específicos para essa plataforma. É o caso do golpe da clonagem de WhatsApp, em que os criminosos enviam mensagens para os contatos da pessoa, fazendo-se passar por ela, pedindo dinheiro emprestado.

Uma medida simples para evitar que o WhatsApp seja clonado é habilitar, no aplicativo, a opção “Verificação em duas etapas” (Configurações/Ajustes > Conta > Verificação em duas etapas). Desta forma é possível cadastrar uma senha que será solicitada periodicamente pelo aplicativo.

Dicas:

  • Ao receber um e-mail não solicitado ou de um site no qual não esteja cadastrado para receber promoções, é importante verificar se o remetente é, de fato, uma empresa idônea. Não clique em links. Digite os dados no navegador para acessar;
  • Ao utilizar sites de busca, verifique cuidadosamente o endereço (URL) para garantir que se trata do site que deseja acessar. Fraudadores utilizam-se de “linkspatrocinados” para ganhar visibilidade nos resultados de buscas;
  • Dê preferência a sites conhecidos e verifique a reputação de sites não conhecidos, lendo comentários de clientes que já utilizaram as plataformas;
  • Nunca use um computador público ou de um estranho para efetuar compras ou inscrever seus dados bancários;
  • Sempre utilize, em seu computador ou smartphone, softwares e aplicativos originais e mantenha sempre um antivírus atualizado;
  • Caso seu celular seja roubado, entre em contato com a central de atendimento de seu banco para comunicar a ocorrência e bloquear as operações que podem ser feitas via smartphone;
  • Não repasse nenhum código fornecido por SMS e nem qualquer outra informação sem confirmação com o setor responsável das empresas através dos canais de atendimento;
  • Como regra, as grandes empresas de compra e venda na internet não mantém contato com o cliente através de aplicativos de mensagens, portanto sempre desconfie.

(*) Com informações da Agência Brasil.

Categorias
Geral Destaque1 Destaque3

Agências bancárias só voltam a abrir na quarta-feira (6)

Com o feriado prolongado de Carnaval, as agências bancárias estarão fechadas para atendimento ao público nesta segunda-feira (4) e terça-feira (5). Na quarta-feira de cinzas (6), os bancos abrirão a partir das 12h. Os horários foram divulgados pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban).

A Febraban lembra, ainda, que a população pode utilizar os canais eletrônicos e correspondentes para o pagamento das contas. Os tributos que possuem código de barra podem ter o seu pagamento agendado nos caixas eletrônicos, no internet banking ou por atendimento telefônico.

No caso dos boletos bancários de clientes cadastrados como sacados eletrônicos a opção é pelo pagamento via DDA (Débito Direto Autorizado).

As contas de consumo (água, energia, telefone etc.) e carnês com vencimento em 4 ou 5 de março poderão ser pagas, sem acréscimo, na quarta-feira (6). Caso as datas das contas não estejam ajustadas, a sugestão é antecipar o pagamento.

É possível, também, consultar o endereço dos bancos no site Busca Banco da Febraban. Basta realizar uma busca de acordo com o estado e o município desejado. Link