Categorias
Economia Destaque3

A partir de hoje, trabalhadores nascidos em fevereiro e março podem sacar grana do FGTS

A Caixa Econômica Federal inicia nesta sexta-feira (25) mais uma etapa de liberação do saque imediato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), que paga até R$ 500 por conta ativa ou inativa. Os trabalhadores nascidos em fevereiro e março sem conta no banco poderão retirar o dinheiro.

O saque começou em setembro para quem tem poupança ou conta corrente na Caixa, com crédito automático. Segundo a Caixa, no total, os saques do FGTS podem resultar em uma liberação de cerca de R$ 40 bilhões na economia até o fim do ano.

Originalmente, o saque imediato iria até março, mas o banco antecipou o cronograma, e todos os trabalhadores receberão o dinheiro este ano.

Atendimento

Os saques de até R$ 500 podem ser feitos nas casas lotéricas e terminais de autoatendimento para quem tem senha do cartão cidadão. Quem tem cartão cidadão e senha pode sacar nos correspondentes Caixa Aqui, apresentando documento de identificação, ou em qualquer outro canal de atendimento.

A Caixa orienta que, em casos de saques de até R$ 100, o trabalhador procure as casas lotéricas, apresentando  o documento de identificação original com foto. Segundo a Caixa, mais de 20 milhões de trabalhadores podem fazer o saque só com o documento de identificação nas lotéricas.
Quem não tem senha e cartão cidadão e vai sacar mais de R$ 100, deve procurar uma agência da Caixa.
Embora não seja obrigatório, a Caixa orienta ainda, para facilitar o atendimento, que o trabalhador leve também a Carteira de Trabalho para fazer o saque. Segundo o banco, a Carteira de Trabalho pode ser necessária para atualizar dados.
As dúvidas sobre valores e a data do saque podem ser consultadas no aplicativo do FGTS (disponível para iOS e Android), pelo site ou pelo telefone de atendimento exclusivo 0800 724 2019, disponível 24 horas.
A data limite para saque é 31 de março de 2020. Caso o saque não seja feito até essa data, os valores retornam para a conta do FGTS do trabalhador.

Horário especial

Para facilitar o atendimento, a Caixa vai abrir 2.302 agências em horário estendido hoje e na segunda-feira (28). As agências que abrem às 8h terão o encerramento do atendimento duas horas depois do horário normal.

As que abrem às 9h terão atendimento uma hora antes e uma hora depois. Aquelas que abrem às 10h iniciam o atendimento com duas horas de antecedência. E as que abrem às 11h também iniciam o atendimento duas horas antes do horário normal.
A lista das agências com horário especial de atendimento pode ser consultada no site da Caixa .
Essas agências também abrirão no sábado (19), das 9h às 15h (horário local), para fazer pagamentos, tirar dúvidas, fazer ajustes de cadastro dos trabalhadores e emitir senha do Cartão Cidadão.
A Caixa destaca que o saque imediato não altera o direito de sacar todo o saldo da conta do FGTS, caso o trabalhador seja demitido sem justa causa ou em outras hipóteses previstas em lei.
Essa modalidade de saque não significa que houve adesão ao saque aniversário, que é uma nova opção oferecida ao trabalhador, em alternativa à sistemática de saque por rescisão do contrato de trabalho.
Por meio do saque aniversário, o trabalhador poderá retirar parte do saldo da conta do FGTS anualmente, de acordo com o mês de aniversário.
(*) Com informações da Agência Brasil
Categorias
Economia Destaque3

Começa hoje saque imediato do FGTS para nascidos em janeiro, sem conta na Caixa

A Caixa Econômica Federal inicia hoje (18) mais uma etapa de liberação do Saque Imediato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Esta fase é para trabalhadores que não têm conta na Caixa.

Nesta fase, a liberação ocorre conforme calendário de nascimento. A partir de hoje, os trabalhadores nascidos em janeiro que não têm conta no banco poderão sacar até R$ 500 de cada conta ativa ou inativa do fundo. Serão cerca de 4,1 milhões de pessoas, com injeção de R$ 1,8 bilhão na economia do país.

Segundo a Caixa Econômica, 40% dos 96 milhões de brasileiros com direito ao saque já receberam os valores referentes ao Saque Imediato. Desse total, 82% movimentaram o dinheiro pelo celular, sem precisar ir a agências. O saque começou em setembro para quem tem poupança ou conta corrente na Caixa, com crédito automático.

Em um mês, mais de R$ 15 bilhões em crédito em conta foi feito para quase 37 milhões de trabalhadores. Segundo a Caixa, no total, os saques do FGTS podem resultar em uma liberação de cerca de R$ 28 bilhões na economia. Para 2020, serão mais R$ 12 bilhões.

*(Com informações da Agência Brasil)

Categorias
Economia

Governo propõe extinção de multa de 10% do FGTS para empregador

O governo vai enviar ao Congresso uma Medida Provisória (MP) para acabar com a multa de 10% que empresas pagam ao governo sobre o saldo do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) em caso de demissão de funcionários.

O jornalista Carlos Alberto Alencar, em sua participação no Jornal Alerta Geral (Expresso Fm 104.3 na Grande Fortaleza + 26 emissoras no Interior + Redes Sociais) desta quarta-feira (16), que acredita que a alteração deve abrir espaço para mais despesas e aliviar a regra do teto de gastos.

Segundo o jornalista, atualmente, as empresas pagam 50% de multa nas demissões: 40% ficam com o trabalhador e os outros 10% vão para os cofres da União. Carlos Alberto ainda informa que, segundo o Ministério da Economia, a extinção da multa deve trazer uma folga de R$ 6,1 bilhões no Orçamento de 2020.

Acompanhe todas as informações com o jornalista Carlos Alberto Alencar:

Categorias
Economia Destaque3

Governo vai propor fim da multa de 10% do FGTS para empregador

A partir de 2020, os empregadores podem deixar de pagar a multa adicional de 10% do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). O secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, disse nessa segunda-feira (14) que a extinção da multa deverá constar de uma mensagem modificativa da proposta de Orçamento para 2020.

O fim da multa abrirá uma folga de R$ 6,1 bilhões no teto de gastos para o próximo ano. Isso acontece porque o dinheiro da multa adicional deixará de passar pela conta única do Tesouro Nacional, não sendo mais computado dentro do limite máximo de despesas do governo.

Atualmente, as empresas pagam 50% de multa nas demissões. Desse total, 40% ficam com o trabalhador. Os 10% restantes vão para a conta única do Tesouro Nacional, de onde são remetidos para o FGTS.

A engenharia para transferir os recursos da multa extra ao FGTS pressiona o teto de gastos. Mesmo o governo não gastando nenhum recurso da multa de 10%, a simples passagem do dinheiro pela conta única do Tesouro é registrada no cálculo do teto de gastos.

O sistema atual reduz o espaço do governo para executar despesas discricionárias (não obrigatórias), como investimentos e gastos com a manutenção de órgãos e de serviços públicos (como água, luz, telefone e limpeza).

A mudança depende de medida provisória (MP) ou de projeto de lei e precisa ser aprovada pelo Congresso. O relator da medida provisória que libera os saques do FGTS, deputado Hugo Motta (Republicanos-PB), incluiu o fim da multa de 10% do empregador no texto. No entanto, o secretário especial de Fazenda disse que o governo pode incluir a extinção da multa na MP que modifica o Orçamento.

*(Com informações da Agência Brasil)

Categorias
Economia Destaque3

Saques do FGTS para correntistas da Caixa nascidos de setembro a dezembro começam hoje

Os correntistas da Caixa Econômica Federal nascidos em setembro, outubro, novembro e dezembro recebem nesta quarta-feira (9) o pagamento de até R$ 500 por conta do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). O valor será depositado automaticamente na conta poupança dos clientes.

Os clientes do banco com data de aniversário em janeiro, fevereiro, março e abril já receberam o crédito de até R$ 500 em 13 de setembro. O pagamento dos correntistas nascidos em maio, junho, julho e agosto foi feito no último dia 27.

De acordo com a Caixa Econômica Federal, o crédito automático só está sendo realizado para quem abriu conta poupança até 24 de julho de 2019. O banco estima que cerca de 33 milhões de trabalhadores receberão o crédito automático na conta poupança. Os clientes do banco que não quiserem retirar o dinheiro têm até 30 de abril de 2020 para informar a decisão em um dos canais divulgados pela Caixa: siteInternet Banking ou aplicativo no celular.

Categorias
Economia Destaque1

FGTS: adesão ao saque-aniversário começa nesta terça-feira

Os trabalhadores que tiverem interesse em aderir ao saque-aniversário do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) poderão comunicar a Caixa Econômica Federal a partir desta terça-feira (1º). A Caixa, no entanto, ainda não informou como deverá ser feita essa adesão – o que deve acontecer ao longo do dia.

O saque-aniversário começa em abril do ano que vem. Por essa modalidade, o trabalhador poderá fazer retiradas anuais das contas do Fundo de Garantia de acordo com o mês em que nasceu. Veja calendário abaixo:

  • Nascidos em janeiro e fevereiro – saques de abril a junho de 2020;
  • Nascidos em março e abril – saques de maio a julho de 2020;
  • Nascidos em maio e junho – saques de junho a agosto de 2020;
  • Nascidos em julho – saques de julho a setembro de 2020;
  • Nascidos em agostos – saques de agosto a outubro de 2020;
  • Nascidos em setembro – saques de setembro a novembro de 2020;
  • Nascidos em outubro – saques de outubro a dezembro de 2020;
  • Nascidos em novembro – saques de novembro de 2020 a janeiro de 2021;
  • Nascidos em dezembro – saques dezembro de 2020 a fevereiro de 2021.
Categorias
Economia

Caixa Econômica libera saques do FGTS, nesta sexta-feira, para nascidos entre maio e agosto

Os saques de até R$ 500 do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) começam a ser liberados pela Caixa Econômica Federal a partir desta sexta-feira (27) para correntistas do banco nascidos entre maio e agosto. Segundo a Caixa, serão liberados R$ 5 bilhões para cerca de 12 milhões de pessoas.

O dinheiro será depositado automaticamente para quem tem conta poupança individual da Caixa. Para quem tem conta corrente individual, conjunta ou fácil e conta poupança conjunta, o crédito automático ocorrerá apenas se esses correntistas fizeram a autorização até o dia 22 de setembro. A liberação antecipada vale somente para contas abertas na Caixa até o dia 24 de julho deste ano.

As agências da Caixa Econômica Federal terão horário de abertura estendido na sexta-feira (27) para atender aos beneficiários:

  • As agências que têm horário de abertura às 10h abrirão às 8h;
  • As agências que têm horário de abertura às 9h abrirão uma hora mais cedo e terão o horário de funcionamento estendido em 1 hora;
  • As agências que têm horário de abertura às 11h abrirão às 9h;
  • As agências que têm horário de abertura às 8h permanecem abrindo às 8h e terão horário de funcionamento estendido em 2 horas.
Categorias
Economia

Mais de 580 mil trabalhadores não querem sacar os R$ 500 do FGTS

Cerca de 588 mil trabalhadores não querem sacar os R$ 500, por conta vinculada, e solicitaram o desfazimento do crédito automático do saque imediato do FGTS. O número representa pouco menos de 2% do total de beneficiados. Por outro lado, a autorização para o depósito de valores em suas contas-correntes foi dada por mais de 1,6 milhão de clientes da Caixa Econômica Federal.

Os saques começaram na última sexta-feira (dia 13) para os poupadores do banco que fazem aniversário entre janeiro e abril. Nesta terça-feira (17) a Caixa ainda abrirá duas horas mais cedo — a maioria das agências às 8h — para o atendimento dos trabalhadores que vão sacar o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço.
No próximo dia 27, começará a retirada para os poupadores com data de aniversário entre maio e agosto. Em 9 de outubro, será vez dos poupadores nascidos de setembro a dezembro.

Quem não tem conta na Caixa começará a sacar o dinheiro a partir do dia 18 de outubro, obedecendo ao calendário que leva em conta a data de aniversário dos trabalhadores.

A liberação dos saques de até R$ 500 do FGTS será maior nos meses de setembro e outubro deste ano, segundo um balanço divulgado pelo Ministério da Economia. Serão R$ 17,7 bilhões liberados para 44,3 bilhões de trabalhadores, de um total de R$ 39,8 bilhões para 96,5 milhões de pessoas.

Se não quiser retirar os recursos, o cotista deve informar ao banco pelo internet banking ou pelo telefone 0800-724-2019.
Categorias
Economia

Caixa Econômica tem horário estendido hoje e amanhã para saque do FGTS

As agências da Caixa Econômica Federal têm horário estendido em duas horas nesta segunda-feira (16) e amanhã para facilitar o atendimento de quem deseja sacar recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Nas agências, onde normalmente o atendimento começa às 11h, o horário de abertura será às 9h. Já as que abrem às 10h começarão os trabalhos às 8h e as que abrem às 9h atenderão a partir das 8h e terão uma hora a mais ao final do expediente. No caso de agências que abrem às 8h, serão duas horas a mais ao final do expediente normal.

A Caixa recomenda que, antes de se deslocar a uma agência, o trabalhador baixe o aplicativo do FGTS ou acesse o site e consulte as informações detalhadas dos valores a que tem direito, data prevista de crédito ou pagamento e o canal de atendimento.

O banco também disponibilizou uma central de atendimento telefônico específica para o Saque Imediato do FGTS: 0800 724 2019.

 

*(Com informações da Agência Brasil)

Categorias
Economia Destaque3

Caixa Econômica começa a pagar recursos do FGTS nesta semana

A Caixa Econômica Federal inicia nesta sexta-feira (13) o pagamento de até R$ 500 por conta do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Os repasses serão feitos até 31 de março de 2020, conforme a data de nascimento dos beneficiários.

O valor será depositado automaticamente na conta de pessoas nascidas em janeiro, fevereiro, março e abril, que têm conta poupança na Caixa.

A medida foi proposta pelo governo na tentativa de aquecer a economia ainda em 2019, mas este primeiro pagamento não bloqueia a possibilidade de retirada do saldo total, caso o trabalhador perca seu emprego.

Nesta primeira fase, cada pessoa poderá sacar até R$ 500 por conta vinculada, seja ativa ou inativa, a depender do saldo disponível. Caso o trabalhador tenha mais de uma conta, o valor ao qual terá direito poderá ultrapassar esse limite. Ou seja, o trabalhador poderá sacar até R$ 500 de cada conta, quem tem, por exemplo, três contas de FGTS poderá somar até R$ 1.500.

O cliente da Caixa com caderneta de poupança aberta até 24 de julho deste ano receberá o dinheiro automaticamente nesta conta, de acordo com o calendário. Já quem tem conta-corrente e informou ao banco, até dia 25 de agosto, seu desejo de também ter crédito automático vai receber na mesma data dos poupadores.

Caso não tenha informado sua vontade a tempo, o correntista não terá preferência, ou seja, será contemplado com o saque a partir de 18 de outubro, de acordo com sua data de aniversário, como os demais trabalhadores sem qualquer vínculo com a Caixa.

Segundo a Caixa, cerca de 33 milhões de trabalhadores receberão o crédito automático na conta poupança. Os clientes que não quiserem retirar os R$ 500 poderão solicitar o desfazimento até 30 de abril de 2020, pelo site da Caixa, pelo internet banking ou pelo aplicativo FGTS.

Para quem tem Cartão Cidadão e senha cadastrada, o saque de até R$ 500 poderá ser feito num terminal de autoatendimento. Caso contrário, será necessário ir a uma agência. Valores até R$ 100 poderão ser retirados em lotéricas, mediante a apresentação de um documento de identidade original com foto e do número do CPF. Mas, com o Cartão Cidadão, será possível retirar os R$ 500.

Segundo a Caixa, cerca de 33 milhões de trabalhadores receberão o crédito automático na conta poupança.