Categorias
Região Metropolitana de Fortaleza

Obras no Icaraí vão criar novo acesso à praia

As obras executadas pela Prefeitura de Caucaia no trecho do Icaraí prejudicado pelas fortes chuvas deste ano podem facilitar aos moradores daquela região o acesso a orla.

Além de recuperar os pavimentos de três espaços da orla, a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinfra) criará para moradores, comerciantes e visitantes um acesso à praia.

As obras começaram a ser feitas na última quinta-feira (11/7) pela rua 7 de Julho, onde havia a necessidade de uma intervenção mais emergencial. Mas também chegarão às ruas engenheiro Sandoval Sá e B, no perímetro do Clube Icaraí, onde as fortes chuvas causaram um deslizamento de areia.

A expectativa é de que os trabalhos sejam concluídos em aproximadamente 60 dias, com a primeira fase (na rua 7 de Julho) durando cerca de duas semanas e sendo composta pela limpeza do terreno, colocação de pedras e aplicação de brita e pavimentação em pedra tosca.

Todas as obras serão executadas com recursos próprios da Prefeitura.

“Nós vamos fazer a intervenção, chegar com pavimentação e criar os acessos à praia que hoje não existem nesses três pontos. Ao fim das obras, todos os problemas que temos hoje serão solucionados”, afirma a engenheira Jamilly Melo.

Categorias
Luzenor de Oliveira Destaque1

Assembleia Legislativa se engaja na luta para conter avanço do mar no litoral de Caucaia

A Assembleia Legislativa, por meio da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento do Semiárido entrou, nessa quarta-feira (22), na luta das lideranças políticas, empresariais, comunitárias, dos moradores e comerciantes de Caucaia para uma ampla mobilização em defesa do litoral do Município que, nos últimos 10 anos, tem sido duramente atingido pelo avanço do mar.

A elevação das marés destruiu barracas e avança sobre imóveis, comprometendo o patrimônio e a fonte de renda de quem vive de atividades imobiliárias e turísticas. A preocupação sobre as medidas que devem ser adotadas para contenção das marés no litoral de Caucaia, principalmente, na Praia do Icaraí, chegou ao Legislativo pelas mãos da deputada estadual Érika Amorim (PSD).

Foto: Redação.

A pedido de Érika, a Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento do Semiárido da Assembleia Legislativa realizou, na tarde dessa quarta-feira, uma audiência pública que atraiu representantes do comércio, do turismo, do ramo imobiliário, proprietários de imóveis e de barracas, representantes de diferentes entidades e da Câmara de Vereadores para discutir ações concretas para contenção do avanço do mar.
O amplo debate chegou a uma conclusão: a mobilização em defesa do litoral de Caucaia precisa ser ainda maior para o Governo Federal liberar uma verba de R$ 28 milhões destinada à  construção de espigões – uma técnica considerada eficaz para barrar as marés mais altas.

MOBILIZAÇÃO

Segundo o prefeito Naumi Amorim, que esteve presente ao debate, os R$ 28 milhões que o município aguarda não resolverão o problema como um todo, mas servirão para iniciar as intervenções, especialmente nos locais mais críticos. O gestor cobrou também estudos da Prefeitura de Fortaleza sobre os impactos que as intervenções na orla da Capital, como engorda de faixa de areia, terão no litoral de Caucaia.
Presentes à audiência pública, moradores do Icaraí e de Caucaia compartilharam, durante as discussões, os prejuízos enfrentados ao longo dos anos, as perdas econômicas, sociais e afetivas que a destruição da orla vem causando na região.

Foto: Reprodução.

A deputada Érika Amorim relatou que a erosão marítima e o avanço do mar são problemas presentes em várias faixas do  litoral cearense e, nos últimos anos, ganharam nova dimensão, gerando mais angustia as comunidades.

“É assustadora a rapidez com que o mar tem avançado e tomado aquela região”, disse Érika, ao falar sobre a Praia do Icaraí.

Érika pediu esforços dos Governos Estadual e Federal, dos deputados estaduais e federais e dos senadores  para uma solução concreta do problema.

O engenheiro da Secretaria Municipal de Infraestrutura de Caucaia, Américo Ribeiro, afirmou que o projeto de obras para fazer a contenção no litoral está em fase final de elaboração e quantificação. Segundo ele, o projeto engloba manutenção das estruturas existentes, construção de quatro espigões, engorda de faixa de areia, proteção de encostas e monitoramento dos impactos.

O presidente da entidade que congrega os síndicos do Icaraí, Alysson Sousa, fez relatos sobre o sofrimento da população por anos de “obras irresponsáveis” e falta de justiça, fiscalização e políticas públicas para defender o litoral de Caucaia.

“A gente está focada na condição desses R$ 28 milhões para começar a obra, salvar nossas residências e dar dignidade aos proprietários de barracas”, destacou.

A audiência teve, também, a presença de  Fernando Bezerra, secretário-executivo da Secretaria de Meio Ambiente do Estado (Sema); Alison Melo, da Comissão de Direito Ambiental da OAB-CE; Davis de Paula, pesquisador da Uece; Carolina Braga, diretora de fiscalização da Semace; e da presidente da Câmara Municipal de Caucaia, Natércia Campos. Ao final do encontro, Érika Amorim, ao lado dos deputados estaduais Soldado Noélio (PROS), André Fernandes (PSL) e Acrísio Sena PT) conclamou a todos para uma mobilização ainda maior junto aos deputados federais e senadores do Ceará para o grito em defesa do litoral de Caucaia chegar ao Governo Federal.

(*) Com informações da assessoria de comunicação da Assembleia Legislativa do Ceará

Categorias
Política Estadual Destaque1

Ao vivo: Assembleia Legislativa realiza audiência pública para debater o avanço do mar na Praia do Icaraí

A Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Semiárido da Assembleia Legislativa promove, nesta tarde, uma audiência pública para debater estratégias que possam minimizar os efeitos do avanço do mar na Praia do Icaraí, em Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza. O debate foi proposto pela deputada Érika Amorim (PSD) e está acontecendo no Auditório Murilo Aguiar.
Foto: Assessoria de Imprensa

A parlamentar, que também é primeira-dama da cidade, chama a atenção para os prejuízos sociais e econômicos que o fenômeno vem causando a moradores e comerciantes da região.

Foto: Assessoria de Imprensa

Participam do debate o engenheiro da Secretaria do Meio Ambiente (Seuma), André Arrais, vereadores de Caucaia, o prefeito Naumi e os deputados Acrisio, Érika, Noelio e André Fernandes.

O prefeito de Caucaia, Naumi Amorim, afirma que o principal objetivo é conseguir unir forças e juntar os recursos necessários para diminuir os prejuízos e riscos que os moradores enfrentam.