Categorias
Geral Destaque1 Destaque3

‘Por mais política de saúde, mais do que politicagem’, pede Dr. Henrique César sobre consórcios

Tomou conta dos debates em plenário da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará os consórcios públicos de saúde do Estado, tema levantado no Jornal Alerta Geral. Em audiência pública, os parlamentares ressaltaram a importância da melhoria e estabelecimento de critérios nos consórcios. No entanto, o Dr. Henrique Cesar, médico ortopedista e professor universitário, destaca que chama a atenção como “parece que boa parte dos deputados que se expressaram não estão ou não estavam bem assessorados sobre a lei que rege os consórcios públicos, a lei 11.107 de abril de 2005”.

Assembleia Legislativa do Estado do Ceará

A audiência foi realizada pela Comissão de Seguridade Social e Saúde da Assembleia Legislativa se requerida pelo deputado Audic Mota (PSB). Dr. Henrique lamenta que até agentes do próprio governo seguiram a linha de colocar responsabilidades das indicações em ‘A ou B’, esquecendo que o órgão máximo de todos esses consórcios é a Assembléia Geral e o mesmo é composto de prefeitos de cada um dos municípios participantes e por representantes do próprio governo do estado, os chamados consorciados.

“É um desconhecimento do processo com afronta a inteligência do eleitor e do contribuinte, talvez por ter seus interesses contrariados, usar termos que estão em voga como ‘quero nomeação de cargos técnicos’. Eles não serão”, afirma Dr. Henrique César.

Nilson Diniz sobre os consórcios

Em entrevista ao Jornal Alerta Geral , o presidente da Aprece Nilson Diniz afirma que considera acertada a decisão do Governo de colocar os consórcios sob responsabilidade do Estado e do Município foi acertada e ainda afirma que o sistema de consórcios foi aplicada desde o governo Cid Gomes, e está passando por um reajuste necessário.

Confira o comentário do Dr. Henrique César e o bloco da entrevista de Nilson Diniz na integra, noJornal Alerta Geral (Rádio FM 104.3 – Expresso Grande Fortaleza + 26 emissoras no Interior) desta quinta-feira (4):