Categorias
Policial Cotidiano

Ministério Público pede prisão de prefeito de Uruburetama afastado acusado de abusos sexuais

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) pediu, na noite dessa quarta-feira (17/7), a prisão do prefeito afastado de Uruburetama (CE), José Hilson de Paiva. O política e ginecologista é acusado de abusar sexualmente de pacientes. No pedido à Justiça, a promotoria alega que ele pode comprometer a investigação.
De acordo com o MPCE, mesmo afastado das funções de prefeito e médico, José Hilson de Paiva “é considerado influente no município e no meio político estadual, sendo capaz de, diretamente ou por interpostas pessoas, coagir, constranger, ameaçar, corromper, enfim, praticar atos tendentes a comprometer a investigação do Ministério Público e da Polícia Civil. O requerimento ratifica representação de prisão preventiva da Polícia Civil”.
José Hilson trabalhou como médico da Prefeitura de Cruz de 1992 a 2012, e manteve um consultório particular na cidade até 2018. Ele é acusado de praticar, desde 1986, o crime de abuso sexual e estupro de suas pacientes, conforme denúncias de mulheres que passaram por consulta ginecológica. Além disso, Hilson gravou 63 vídeos, filmados por ele próprio, com 23 pacientes. O material está em poder do MP.
Em nota ao Correio, a defesa do prefeito atribuiu a denuncia a fatos políticos. “Os registros audiovisuais divulgados são primitivos, datando de muitos anos atrás. Portanto, do ponto de vista penal, não se descarta a verificação da extinção da punibilidade em tais fatos remotos, atingidos pelo instituto da decadência”, diz o texto.
O advogado Leandro Vasquez também questiona o argumento de que José Hilson de Paiva poderia atrapalhar o caso. “Como poderia influenciar na investigação de fatos ocorridos no passado distante? Que atos concretos de interferência foram praticados? Ora, desde que tomou conhecimento de que havia tal investigação, o Sr. José Hilson manifestou por escrito sua disposição em colaborar com todas as autoridades envolvidas na apuração. Nos parece que a prisão ora postulada visa a satisfazer a opinião pública, e não ao Direito”, afirma.
Categorias
Interior Destaque3

Defesa classifica como “incabível” o pedido de prisão preventiva do prefeito afastado de Uruburetama

O advogado de Hilson Paiva, Leandro Vaques considera “incabível” o pedido de prisão preventiva por parte do Ministério Público do Estado do Ceará. Ele levanta a tese de que os fatos investigados são primitivos, destacando ainda que o prefeito já se colocou à disposição da Justiça e do Ministério Público mediante requerimento já encaminhado.

Na noite dessa quarta-feira (17), O Ministério Público do Ceará (MPCE), por meio da Promotoria de Justiça de Uruburetama, requereu à Justiça a prisão preventiva do médico José Hilson de Paiva, prefeito afastado de Uruburetama investigado por crimes contra a dignidade sexual. O requerimento da Promotoria ratifica representação de prisão preventiva da Polícia Civil.

O pedido se fundamenta no fato de que, mesmo afastado das funções de prefeito e médico, Hilson é considerado influente no município e no meio político estadual, sendo capaz de, diretamente ou por interpostas pessoas, coagir, constranger, ameaçar, corromper ou praticar atos tendentes a comprometer a investigação.

Investigação

Depois da divulgação dos primeiros vídeos, em março de 2018, a Promotoria de Justiça de Uruburetama instaurou uma Notícia de Fato após ouvir quatro mulheres, que se identificaram como vítimas do então prefeito. Assim, o MPCE solicitou informações à Polícia Civil, que logo depois resolveu abrir o inquérito policial.

O inquérito foi concluído em dezembro de 2018 e a Polícia sugeriu o arquivamento. O MPCE requisitou novas diligências à Polícia. Na área cível, a Promotoria ajuizou uma Ação Civil Pública (ACP) por improbidade administrativa em desfavor do então prefeito, no final de 2018.

Outro procedimento do MPCE em relação ao caso foi instaurado em junho de 2019, antes da divulgação dos novos vídeos na imprensa. O órgão responsável é o Núcleo de Investigação Criminal (Nuinc) e, até o momento, seis vítimas e uma testemunha já foram ouvidas.

Novas vítimas

Em 15 de julho deste ano, foi instaurado outro inquérito policial em Uruburetama, quando novas vítimas começaram a ser ouvidas. Pelo menos 18 vítimas já identificadas nas imagens exibidas pela imprensa serão convidadas para prestarem suas declarações o mais rapidamente possível.

Em paralelo, a Promotoria de Justiça de Cruz também vem atuando no caso. Nesta semana, o órgão recebeu os depoimentos das primeiras quatro vítimas que se apresentaram à delegacia após a divulgação dos vídeos na imprensa. Antes disso, nenhuma mulher havia denunciado o médico. José Hilson trabalhou como médico da Prefeitura de Cruz de 1992 a 2012, e manteve um consultório particular na cidade até 2018.

(*) Informações da Assessoria de Imprensa.

Categorias
Luzenor de Oliveira Destaque3

Tasso abre debates sobre sucessão na Capital com pré-candidatos a vereador e prefeiturável Carlos Matos

O senador Tasso Jereissati abriu, no final a tarde e início da noite desta quarta-feira, as portas do seu escritório, em Fortaleza, para receber pré-candidatos a vereador, o pré-candidato à Prefeitura, Carlos Matos, e integrantes do Diretório Estadual do PSDB para avaliar os rumos do partido na corrida das eleições de 2020.

Tasso que, no início deste mês, ao participar do lançamento de um pacote de obras da Prefeitura de Fortaleza ao lado do ex-ministro Ciro Gomes e do prefeito Roberto Cláudio, admitiu a possibilidade de aliança entre PSDB e PDT, quer estimular o surgimento de novas lideranças nos quadros tucanos.

Uma das iniciativas é com as eleições municipais de 2020. No encontro desta terça, o tucano ouviu com atenção o depoimento de militantes que querem concorrer à Câmara Municipal. O presidente da Executiva Regional do PSDB, ex-senador Luiz Pontes, após assumir o comando da sigla no Ceará, anunciou a realização de reuniões na Grande Fortaleza e Interior do Estado para buscar pré-candidatos às Câmaras de Vereadores e Prefeituras.

A mobilização começou por Fortaleza com a criação da ‘Roda de Conversa’,  projeto que reúne, a cada semana, lideranças comunitárias, profissionais liberais, donas de casa e trabalhadores que querem participar ou demonstram interesse pela política.

O ‘Roda de Conversa’ já passou pelo Conjunto Palmeiras, Granja Portugal e Montese. O senador Tasso Jereissati gostou da ideia e, agora, quer, também, ouvir pré-candidatos a vereador e os dirigentes estaduais do PSDB sobre os caminhos a serem construídos em direção às eleições de 2020.

‘’Precisamos estimular a renovação e um passo nesse sentido é começar pelo debate sobre a escolha dos nossos pré-candidatos a vereador.  Como estamos no ano que antecede à eleição municipal, o debate por meio do Projeto ‘Roda de Conversa’  tem sido uma surpresa para nós que fazemos o PSDB’’, destaca o ex-senador Luiz Pontes, para, em seguida acrescentar.’’A conversa é em tom de roda, de bate papo, de diálogo olho no olho. Uma boa conversa sempre faz surgir uma boa ideia e, também, nos leva a descoberta de talentos e de pessoas interessadas na política e no exercício da atividade parlamentar’’.

Confira as considerações do Senador Tasso Jereissati sobre a reunião:
Categorias
Política Estadual Destaque3

Câmara afasta do cargo prefeito de Uruburetama após denúncia de abuso sexual

Os vereadores de Uruburetama decidiram, nesta segunda-feira, por unanimidade, afastar do cargo, por 90 dias, o médico e prefeito do município, José Hilson de Paiva, após denúncias que o comprometem em abuso sexual contra pacientes suas em hospitais da cidade. Hilson teve a filiação suspensa pelo PCdoB.

Dos 11 vereadores, 9 compareceram à sessão convocada, de forma extraordinária, para apreciação do pedido de afastamento de José Hilson. Ele se disse vítima de perseguição política. Todos os vereadores presentes votaram pelo afastamento do gestor municipal.

O estopim para a decisão dos vereadores foi a reportagem, na noite desse último domingo, no programa Fantástico, da TV Globo, que mostrou imagens do médico e prefeito com gestos de abuso contra as pacientes. Moradores de Uruburetama acompanharam sessão em que os vereadores decidiram afastar do cargo o prefeito do Município.

Uma comissão da Câmara formada por três vereadores irá elaborar o relatório do processo que pode cassar o prefeito. Dois vereadores se declararam suspeitos por terem parentesco com o Hilson de Paiva: Cristiane Cordeiro Costa, filha do prefeito, e Alexandre Wagner Albuquerque Nery, filho do vice-prefeito; eles foram representados pelos suplentes Robério Costa e Wilson Barroso.

O vice-prefeito de Uruburetama, Artur Wagner Vasconcelos Nery, será convocado nesta terça-feira (16) a comparecer à Câmara Municipal para assumir o cargo.

Categorias
Interior

Médico e prefeito de Uruburetama é acusado de cometer abuso sexual contra pacientes

O caso já era conhecido por milhares de cearenses, mas, nesse domingo, em reportagem do Programa Fantástico, da TV Globo, se transformou em escândalo nacional. O alvo do escândalo é o médico e prefeito de Uruburetama, José Hilson Paiva, acusado de abuso sexual co ntra as pacientes.

A reportagem do Fantástico apresentou imagens e gravações que mostram o médico tocando as pacientes em procedimentos que caracterizam abuso sexual.

Especialistas da área de saúde que assistiram aos vídeos afirmam que em nenhum momento Hilson Paiva realizou um atendimento ginecológico. “Trata-se de um monstro”, e as imagens “demonstram claramente um estupro da paciente”, avaliam profissionais da Associação Médica Brasileira.

O Ministério Público ouviu o relato de seis mulheres que dizem ser vítimas de abuso do médico. O prefeito e médico afirma que nunca fez “nada forçado” e que as acusações são “jogada da oposição”. “Querem me derrubar”, argumenta Hilson de Paiva.

Categorias
Interior

Câmara municipal de Nova Olinda cassa mandato do prefeito

A Câmara municipal de Nova Olinda realizou nesta quarta-feira (29), uma sessão ordinária que cassou o mandato do prefeito municipal Afonso Sampaio (PSD). A decisão teve como base o relatório final da Comissão Processante, que analisou as denúncias de desvios de funções, burla ao concurso público, majoração indevida de salário e nepotismo.

O prefeito teve o seu mandato cassado no exército de 2019 a 2020 sem chance de recurso. O relatório final indicando a condenação do prefeito por atos de infrações políticas foi aprovado por 9 dos 11 vereadores, ultrapassando o limite de dois terços exigidos para determinar a perda do cargo.

Em fevereiro, Afonso havia sido afastado do posto por suspeita de irregularidade na compra de combustível para abastecer a frota da prefeitura entre 2017 e 2018.

Além de ser afastado das funções de prefeito, o ex prefeito fica impedido de disputar eleições para qualquer cargo público pelos próximos 8 anos. A partir de ágora o município de Nova Olinda será governado pelo vice-prefeito Ítalo Brito (PP), que assume o comando da prefeitura até o fim do mandato, em dezembro de 2020.

A posse do vice prefeito será amanhã (30), às 9 horas.

 

Categorias
Interior

Prefeito eleito em cascavel denuncia tentativa de atentado

Após ser eleito, o prefeito de Cascavel, Tiago Ribeiro (PPS), denuncia tentativa de atentado. De acordo com o político, enquanto concedia uma entrevista ao Mercado da Cidade, seus apoiadores encontraram um homem armado com uma faca escondida dentro de uma sacola.

Tinha muita gente comigo e foi flagrado o cara lá que vinha e interromperam a caminhada dele, mas ele estava com uma faca, disse o prefeito.

Conforme a Polícia Civil, amigos e apoiadores do prefeito eleito que o acompanhavam notaram a movimentação do suspeito e o imobilizaram, antes que Tiago fosse atingido. Um segurança do prefeito eleito imobilizou o suspeito até a chegada de policiais, que o encaminharam à Delegacia do Município e está preso.

O prefeito eleito também foi para a Delegacia Municipal de Cascavel, onde prestou depoimento. A polícia investiga a motivação da tentativa de atentado. O político disse que não conhece o homem que supostamente estaria tentando atacá-lo e que a cidade está em festa após a vitória na eleição.

Categorias
Interior Destaque3

Após cassação, eleitores de Cascavel retornam às urnas neste domingo (05) para eleger novo prefeito

Os eleitores do município de Cascavel, situado a 60 km de Fortaleza, voltarão às urnas neste domingo (05), para escolher novo prefeito e vice-prefeito. A nova eleição se dá em função da cassação da agora ex-prefeita Francisca Ivonete Mateus Pereira e do seu ex-vice Waltermar Matias de Sousa, ambos do PDT.

O Tribunal Regional do Ceará (TRE-CE) deferiu a cassação basedada em denúncias de abuso de poder político nas eleições de 2016. Dentre os motivos para o afastamento dos gestores estão a contratação excessiva de servidores temporários e fraudulenta de estagiários, utilização de veículos do transporte escolar na campanha eleitoral e repasse irregular de verbas para associações.

Aprovada pela Corte do TRE-CE no dia 1° de março, a Resolução n.º 730/2019 , estabeleceu a data e fixou instruções para a realização do pleito. A prestação de contas das campanhas eleitorais para o pleito em questão estão disciplinadas na Resolução nº 731/2019. Conhecido como “mandato tampão”, as eleições suplementares que ocorrerão em Cascavel vão eleger prefeito e vice-prefeito que ficarão em seus respectivos cargos somente até o final de 2020.

Três chapas disputam a eleição:

JUNTOS SOMOS MAIS FORTES (PTB/PDT): Ana Paula Vila Real Dantas (candidata a prefeita) e Juliana Pompeu (vice);

– PELO BEM DE CASCAVEL (PV e PRB): José Isaias de Lima (candidato a prefeito) e Talita Castro (vice);

– PRA FAZER DIFERENTE (PPS/PATRI/PR/PT/PC DO B): Tiago Lutiani Oliveira Ribeiro (candidato a prefeito) e Lurdenis (vice).

Cascavel tem 52.470 eleitores que votarão em 203 seções distribuídas em 79 locais de votação. Foram convocados 812 mesários para o dia do pleito. Além da juíza eleitoral, Leopoldina Fernandes, e da promotora eleitoral, Rosalice Monte, trabalharão nas eleições os 6 servidores do cartório e 7 servidores do TRE.

Emm enos de 1 ano, esta será a 6° eleição suplementar realizada pelo TRE-CE. Os eleitores voltaram às urnas para a escolha do prefeito e vice dos municípios de Tianguá, Frecheirinhas, Umari e Santana do Cariri em junho de 2018 e em outubro, no dia das eleições gerais, os eleitores de Croatá também tiveram que escolher novo prefeito e vice.

Categorias
Vale do Jaguaribe Interior

No Dia do Trabalhador, Prefeito de Aracati “presenteia” servidores retirando direitos trabalhistas

Ontem (01), os trabalhadores de todo o país aproveitaram o feriado do Dia do Trabalhador da maneira que consideraram adequada. Enquanto alguns foram às ruas em manifestação contra a Reforma da Previdência, outros prefereriam ficar em casa ou ter um momento de lazer com a família.

Em contrapartida, os servidores do município de Aracati não tiveram nada para comemoram muito menos tempo para se manifestar, pois foram surpreendidos logo no começo do dia com um presente desagradável. O prefeito da cidade Bismarck Maia anunciou três decretos que tiram direitos dos servidores.

Os decretos são: 030 – suspende o pagamento dos adicionais noturnos, de insalubridades e periculosidade; 031 – suspende  a gratificação por aumento da produção fixa ou variável na saúde e 032 – suspende os pagamentos adicionais por tempo de serviço quinquênio.

A Prefeitura de Aracati, que no Carnaval deste ano gastou um valor preciso de 3,7 mihões com as atrações artísiticas, agora teve de suprimir direitos trabalhistas, o que tornou as suspensões ainda mais desagradáveis.

Nesta sexta-feira (03), ocorrerá uma reunião com todos os servidores no Sine de Aracati para um diáologo sobre os novos decretos implementados.

Confira a matéria completa na reportagem do correspondente Aurélio Santos diretamente de Aracati, clicando no player logo abaixo:

Categorias
Política Estadual Destaque2

Roberto Cláudio tem 142 novos cargos para distribuir entre aliados políticos

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, terá, a partir desta segunda quinzena do mês de abril, mais 142 cargos comissionados para distribuir entre os aliados políticos. Os cargos, de acordo com o projeto do Poder Executivo, aprovado pela Câmara Municipal, serão distribuídos nas Secretarias de Educação e Saúde.

A mensagem foi aprovada com 25 votos favoráveis e dois contrários – dos vereadores Sargento Reginauro e Márcio Martins, ambos do PROS. Para justificar a criação dos cargos, o prefeito argumenta que, diante da criação de novos equipamentos públicos na área da Educação, a reorganização do sistema de saúde mental bem como a alteração dos limites entre Fortaleza e Maracanaú, surgiu a necessidade de ajustar o quadro de gestores da Prefeitura.

Esse ajuste, conforme a mensagem do Executivo,  visa assegurar o bom funcionamento desses equipamentos.  A proposta trata da criação de 142 cargos de provimento em comissão, os cargos comissionados, sendo 126 para a Secretaria de Educação e 16 para a Secretaria Municipal de Saúde. A Prefeitura aumentará os gastos com pessoal, com a criação dos novos cargos, em R$ 4,8 milhões.

O correspondente do Jornal Alerta Geral, Sátiro Salles, dá os detalhes: