Categorias
Interior

Aplicativo auxilia produtores a manter alimentação adequada dos rebanhos

Com o objetivo de ajudar os produtores cearenses a manterem a alimentação adequada dos rebanhos de bovinos e caprinos durante o ano, a Embrapa de Sobral desenvolveu um aplicativo que ajuda a contabilizar a quantidade de forragem disponível e a estimativa de consumo de cada rebanho. A partir desses dados, se calcula, mês a mês, se há sobra ou déficit de forragem nas propriedades.

A ferramenta digital, criada em parceria com a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil, a CNA, é feita para celulares e tablets. A intenção do aplicativo é monitorar o estoque do pasto no período de estiagem.

Para 2020, a Embrapa estima que o aplicativo, que está disponível no Google Play com o nome “Orçamento Forrageiro”, ganhe uma nova funcionalidade, isto é, um simulador que sugere opções de forragem mais adequadas às condições locais, auxiliando no planejamento e na gestão forrageira da propriedade de forma mais personalizada.

Categorias
Política Estadual Destaque2

AL realiza audiência para debater situação do audiovisual no estado

A situação dos produtores audiovisuais do Ceará e do restante do país será tema de audiência pública na Assembleia Legislativa do Ceará nesta segunda-feira (24). O evento foi solicitado pelo presidente da Comissão de Cultura e Esportes (CCE), deputado Marcos Sobreira (PDT).

Segundo Sobreira, o debate abre o diálogo entre a Casa e os setores produtivos da economia criativa. Para o pedetista, o tema apresenta potencial “por serem instrumentos fundamentais na construção de nossa identidade como nação”.

O evento tem o objetivo de discutir os possíveis caminhos de produtores e empresários do setor. Segundo Sobreira, em 2016, o audiovisual teve um papel importante na produção cultural do país. Por isso, é necessário voltar ao assunto.

A audiência acontece a partir das 15h, no Complexo de Comissões Técnicas da Casa. Titulares da Secretaria de Cultura do Estado do Ceará (Secult/CE), representantes da empresa Brasil Audiovisual Independente (Bravi) e do Mercado Audiovisual do Nordeste (MAN) foram convidados.

Categorias
Interior

Projeto de Lei de Incentivo à Ovinocaprinocultura será votado nesta quarta-feira (24)

Um Projeto de Lei que cria a Política Nacional de Incentivo à Ovinocaprinocultura será votado nesta quarta-feira (24), no Senado Federal. O objetivo é desenvolver raças mais produtivas e aumentar a rentabilidade dos rebanhos de ovelhas e cabras. A PL regulariza, também, o abate e comércio de produtos derivados, como carne, lã, couro e laticínios, e o estímulo ao processamento industrial, familiar e artesanal desses produtos.

O Projeto de Lei será apresentado na Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA), às 11h. Entre os princípios e diretrizes da política de incentivo estão a desburocratização e a simplificação de procedimentos regulatórios e administrativos; a redução de disparidades regionais; e a elevação da produtividade do trabalho.

Marisqueiras

Também pode ser votado o projeto que regulamenta o trabalho de mulheres marisqueiras. O Projeto de Lei da Câmara (PLC) 47/2017 determina as responsabilidades do poder público no apoio ao desenvolvimento das atividades desenvolvidas por essas trabalhadoras.

A proposta define como mulher marisqueira aquela que realiza, de forma artesanal, a atividade de captura ou apanho de mariscos em manguezais de maneira contínua, de forma autônoma ou em regime de economia familiar, para sustento próprio ou comercialização de parte da produção.

Pelo projeto, cabe ao poder público estimular a criação de cooperativas ou associações de marisqueiras para incentivar o desenvolvimento da atividade. Também fica assegurada a prioridade em indenizações por conta de desastres ambientais provocados ou não por ação humana que impeçam as mulheres marisqueiras de trabalharem.

 

Com Agência Senado.