Categorias
Política Destaque1

Fique ligado nas principais notícias do dia:

Jornal Alerta Geral #88 – Segunda-Feira (13/05/2019)

O Jornal Alerta Geral é gerado pela Rádio FM 104.3 – Expresso Grande Fortaleza, e transmitido, via satélite, para outras 26 emissoras no Interior do Estado. Com essa cobertura pelo rádio, a gente chega a mais de 150 municípios e, com as redes sociais, chegamos a todo o Estado.

Posted by Ceará Agora on Monday, May 13, 2019

Destaques do programa de hoje:

– Mais de 11 mil cearenses são  registrados como caçadores, atiradores ou colecionadores;

Bolsonaro deve receber notificação do STF para explicar decreto que facilita porte de armas;

– Ceará já registra mais de 160 mil casos da virose da mosca em 2019;

– Estado deverá economizar quase R$ 10 bilhões em 10 anos com nova Previdência, aponta secretário;

– PSDB começa nova fase no Ceará e sonha com prefeitura na Capital;

Categorias
Ao Vivo Destaque1

Comece o dia bem informado!

Acompanhe o Jornal Alerta Geral ao vivo pela FM 104.3, Facebook e YouTube:

Jornal Alerta Geral #85 – Quarta-Feira (08/05/19)

O Jornal Alerta Geral é gerado pela Rádio FM 104.3 – Expresso Grande Fortaleza, e transmitido, via satélite, para outras 26 emissoras no Interior do Estado. Com essa cobertura pelo rádio, a gente chega a mais de 150 municípios e, com as redes sociais, chegamos a todo o Estado.

Posted by Ceará Agora on Wednesday, May 8, 2019

– Ceará registra 213 homicídios em abril. Grande Fortaleza concentra a maior parte dos homicídios.

– Governo Estadual vai instituir monitoramento eletrônico custeado por presos.

– Após explosão do Banco do Brasil em Irauçuba, Ceará tem 49 cidades sem agencia bancária.

– Senado autoriza Prefeitura a obter empréstimo de 150 milhões de dólares para Educação e o Saneamento Básico.

– Em pouco mais de 48 horas, número de candidatos para o Enem 2019 já ultrapassa um milhão.

Paulo Guedes participa, hoje, de debate sobre a PEC que muda as regras da aposentadoria.

Categorias
Política Destaque1

Fique por dentro das principais notícias do dia:

+ INSS cancela benefícios ilegais e quer ressarcimento;

+ Grandes reservatórios do Ceará continuam com baixo volume de água;

+ Cearenses pagarão reajuste nas contas de energia elétrica;

+ Secretaria de Administração Penitenciária contesta relatório sobre possível tortura de presos em presídios da Grande Fortaleza;

+ Enquete sobre liberação de bebidas alcoólicas nos estádios.

Jornal Alerta Geral #69 – Sexta-feira (12/04/19)

O Jornal Alerta Geral é gerado pela Rádio FM 104.3 – Expresso Grande Fortaleza, e transmitido, via satélite, para outras 26 emissoras no Interior do Estado. Com essa cobertura pelo rádio, a gente chega a mais de 150 municípios e, com as redes sociais, chegamos a todo o Estado.

Posted by Ceará Agora on Friday, April 12, 2019

Redes Sociais

Categorias
Política Destaque1

Acompanhe o programa pelas Redes Sociais

– PEC da Previdência Social, com mudanças no BPC e na aposentadoria rural, é considerada constitucional;

– Camilo Santana acusa General Theophilo de usar episódio de Maracanaú para “fazer politicagem baixa”;

– Mais da metade das vagas do Mais Médicos no Ceará está ociosa;

– Dnocs corre risco de não ter verbas para manutenção de suas barragens;

Jornal Alerta Geral #67 – Quarta-feira (10/04/19)

O Jornal Alerta Geral é gerado pela Rádio FM 104.3 – Expresso Grande Fortaleza, e transmitido, via satélite, para outras 26 emissoras no Interior do Estado. Com essa cobertura pelo rádio, a gente chega a mais de 150 municípios e, com as redes sociais, chegamos a todo o Estado.

Posted by Ceará Agora on Wednesday, April 10, 2019

Categorias
Destaque1 Destaque3

Passe o dia bem informado com o Alerta Geral

O que você não pode deixar de saber:

  • Construtoras do Minha Casa, Minha Vida ameaçam demitir trabalhadores;
  • Elevação do volume de água em rios e riachos coloca em risco vida de estudantes e crianças;
  • Funceme descarta possível ciclone na Grande Fortaleza;
  • Quem não fizer revisão biométrica pode perder até o Bolsa Família;
  • Troca de farpas entre aliados do presidente Bolsonaro e do Governador Camilo Santana;
Jornal Alerta Geral #62 – Quarta-feira (03/04/19)

Destaques de hoje. Fique ligado: – Construtoras do Minha Casa, Minha Vida ameaçam demitir trabalhadores;- Elevação do volume de água em rios e riachos coloca em risco vida de estudantes e crianças; – Funceme descarta possível ciclone na Grande Fortaleza;- Quem não fizer revisão biométrica pode perder até o Bolsa Família;- Troca de farpas entre aliados do presidente Bolsonaro e do Governador Camilo Santana;

Posted by Ceará Agora on Wednesday, April 3, 2019
Categorias
Política

Segundo Mansueto, pacote de ajuda a estados deve ser enviado em 30 dias

O pacote de ajuda a estados com dificuldades financeiras, que será chamado de Programa de Equilíbrio Fiscal (PEF), será enviado ao Congresso Nacional em até 30 dias. O anúncio foi feito pelo secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida. Segundo ele, o texto está passando por análises finais na Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN), antes de receber o aval do ministro da Economia, Paulo Guedes.

O Programa prevê a concessão de empréstimos com garantia da União em torno de R$ 10 bilhões por ano a estados com dificuldades financeiras, mas com baixo endividamento. Em troca, os governos locais terão de entregar um plano de ajuste ao Tesouro Nacional, que prevê o aumento da poupança corrente ano a ano.

À princípio, as operações de crédito seriam feitas por bancos privados, mas o Tesouro ainda avalia se o governo federal concederá alguns empréstimos diretos aos estados.

A intenção é que os estados em boa situação financeira, como é o caso do Ceará, não sejam prejudicados porque o pacote prevê limites de empréstimos menores para os governos que recorrerem ao PEF do que para os estados com notas A e B.

Como acontece

O dinheiro será liberado de maneira gradual até 2022, uma parcela por ano até o fim do mandato dos atuais governadores. O Ministério da Economia acompanhará as medidas de ajuste fiscal dos estados. Caso o plano não prossiga, a liberação do dinheiro é interrompida.

O programa oferece suspensão do pagamento dos serviços da dívida por três anos e apoio financeiro em troca de um plano de ajuste que envolve redução de gastos, aumento de impostos e privatizações. O PEF destina-se a estados com altos níveis de despesa com o funcionalismo local, mas baixo endividamento.

Ajuda emergencial

O secretário do Tesouro classificou as medidas de ajuda aos estados como um “balão de oxigênio” para resolver problemas de curto prazo. Segundo ele, somente a aprovação da reforma da Previdência permitirá aos governos locais reequilibrar as contas.

Além do PEF, o governo pretende enviar um projeto ao Congresso para alterar a distribuição do Fundo Social do Pré-Sal. Atualmente, cerca de 70% dos recursos ficam com a União, e 30%, com estados e municípios. O governo federal quer inverter a proporção, destinando 70% a estados e municípios e 30% à União.

Outra proposta prevê a securitização da dívida dos estados. Por meio desse processo, os governos locais podem vender dívidas a receber no mercado – sejam elas dívidas tributárias ou débitos inscritos na dívida ativa, com deságio.

Informações da Agência Brasil.

Categorias
Saúde Destaque1 Destaque3

Henrique César sobre Fila Zero: “muito dinheiro gasto com pouca capacidade de solução”

“Fila Zero foi um fiasco. Muito dinheiro gasto com pouca capacidade de solução”, afirma médico ortopedista Henrique César

Traumas e lesões mais graves no período do carnaval são uma preocupação sempre recorrente nesse período do ano. As filas ortopédicas – onde o paciente em estado mais grave passa, em média, quatro anos – acaba ficando maior e mais lenta, dificultando o atendimento e superlotando o Instituto Dr. José Frota (IJF), em Fortaleza, hospital que recebe o maior número dos casos.

Nesta quarta-feira (27), nos estúdios do Jornal Alerta Geral, o médico ortopedista Henrique César questionou a eficiência do Programa Plantão Saúde Cirurgia, lançado, pelo governo do estado, em 2018, para credenciar empresas e entidades sem fins lucrativos para realizar cirurgias eletivas, visando reduzir a lista de espera desses pacientes. Para Henrique, a assistência ortopédica no Ceará é muito lenta e o Programa não foi suficiente para suprir a demanda.

A incapacidade de resolver problemas de médio porte fez com que o “Fila Zero (como o Programa fico conhecido) fosse um fiasco. Muito dinheiro gasto com pouca capacidade de solução“. Para o ortopedista Henrique, as organizações não estão preparadas para atender a demanda. Falta capacidade de reação que é, em muitos casos, suprida por outras iniciativas, como do Hospital Universitário Walter Cantídio, da Universidade Federal do Ceará (UFC), sem, ainda, o resultado necessário.

Interior do estado

Questionado pelo jornalista Luzenor de Oliveira sobre alta demanda que chega do Interior do estado, o médico ressaltou que nos traumas de médio e alta complexidade, o atendimento no IJF acaba sendo a primeira alternativa. “Existe uma demanda que vem do interior que é preocupante“, afirma Henrique César.

Fila integrada

O jornalista Beto Almeida, também nos estúdios do Jornal Alerta Geral, relembrou a proposição do procurador da República, Oscar Costa Filho, que tentou criar um sistema integrado para solucionar o problema das grandes filas de espera. “É um bom trabalho, entretanto, você não consegue organizar por conta da capacidade de solução“, rebateu o médico ortopedista Henrique César.