Categorias
Luzenor de Oliveira Destaque1

Roberto conta com Plácido Filho na base de apoio na Câmara Municipal

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), conta com o vereador Plácido Filho (PSDB) como um dos seus aliados na Câmara Municipal. Plácido está em rota de colisão com o PSDB e contesta conflitos internos que o empurrem para outro rumo partidário.

O vereador Plácido Filho , eleito, em 2016, pelo PSDB, recebeu 5.804 votos, tem um forte namoro com as lideranças municipais do PDT, mas se articula, também, com o Capitão Wagner, pré-candidato do PROS à Prefeitura.

Como as atitudes falam mais do que as palavras, Plácido Filho, ao participar da solenidade de anúncio da reforma do Frotinha de Parangaba, nesse último sábado, ao lado de Roberto Cláudio, mandou mais um recado aos tucanos.

‘’Se os dirigentes do PSDB contam com o Plácido para as eleições de 2020 é porque querem se enganar’’, ironiza um experiente militante político próximo ao prefeito de Fortaleza.

Plácido chegou a falar, nos bastidores da Câmara Municipal, que não está satisfeito com o ninho tucano. Tenta, assim, buscar caminhos mais seguros para a reeleição. Uma das opções, como guarda chuva, é a base de apoio ao prefeito Roberto Cláudio. A outra alternativa é o PROS, como registrou este site, no dia 17 de julho,  na matéria ‘’Vereador Plácido abre dissidência e constrói saída do PSDB em direção ao PROS’.

Categorias
Cidade

Prefeito assina financiamento para Programa de Saneamento em Fortaleza

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, fechou contrato de financiamento com o Banco do Desenvolvimento da América Latina (CAF) nessa quinta-feira (6), em Brasília.

O financiamento – no valor de U$ 150 milhões de dólares, equivalente a R$ 580 milhões de reais – será destinado à melhorias no Programa de Infraestrutura em Educação e Saneamento de Fortaleza.

Diante da situação precária em que vivem muitas famílias das periferias da capital que não contam com o mínimo de saneamento básico, o investimento anunciado terá como objetivo suprir tal necessidade, fomentando obras em locais de assetamento precário na Capital.

Nacional

O novo Marco Legal do Saneamento, projeto de autoria do senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), foi aprovado no Senado Federal e agora segue para a Câmara dos Deputados. Dentre as principais mudanças está o veto aos chamados aos chamados contratos de programa, que são firmados entre estados e municípios para prestação dos serviços de saneamento, assim, as federações terão de buscar acordos com empresas do setor privado.

Categorias
Carlos Alberto Alencar Cidade Destaque2

Falência da “Monsenhor Tabosa”, um esqueleto carregado pelo prefeito Roberto Cláudio, alerta Carlos Alberto Alencar

O fechamento de quase 80% das lojas na Avenida Monsenhor Tabosa – um dos mais tradicionais corredores comerciais da Capital, é um esqueleto a ser carregado pelo prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), ao término dos seus oito anos de mandatos.

A avaliação é feita pelo jornalista Carlos Alberto Alencar que, em seu comentário no Jornal Alerta Geral (FM 104.3 – Grande Fortaleza + 26 emissoras no Interior + Facebook, Instagram e YouTube), definiu a “Monsenhor Tabosa” como um cemitério de lojas fechadas e centenas de empregos sepultados.

Carlos considera que, embora muitos estabelecimentos tenham sido fechados por conta da crise econômica, a prefeitura de Fortaleza, nos seis anos de ciclo de poder sob o comando de Roberto Cláudio, nada fez para revitalizar a Avenida, enquanto, segundo o analista de economia, milhões de reais serão gastos para alargar uma faixa da Avenida Beira Mar.

Acompanhe a análise completa:

Categorias
Política Estadual Destaque2

Partidos iniciam articulação de possíveis pré-candidatos a Prefeitura de Fortaleza

A sete meses do fim da gestão de Roberto Cláudio, a Prefeitura de Fortaleza começa a ser o centro das atenções entre os partidos políticos que buscam fortalecer sua influência regionalmente. Nos bastidores, alguns nomes começam a surgir e desenhar o quadro político de enfrentamento em busca da administração municipal.

PSDB

O Partido da Social Democracia Brasileira já encaminha seu candidato para as eleições municipais de 2020. Uma convenção realizada pelo partido na Assembleia Legislativa evidenciou os propósitos ambiciosos que a sigla tem para o estado e para a capital cearense. Novo presidente da executiva regional do partido, Luiz Pontes endossa o nome do deputado Carlos Matos para a disputa da prefeitura de Fortaleza. O senador Tasso Jereissati também demonstra apoio ao nome do deputado e o próprio Carlos Matos alimenta a ideia de ser pré-candidato.

Carlos Matos (Foto: Reprodução)

PT

Ainda enfraquecido nacionalmente, o Partido dos Trabalhadores busca se reerguer nos estados e municípios do país. O nome da ex-prefeita e atual deputada federal Luizianne Lins é forte para retornar ao comando da capital, ela almeja isso, no entanto, a cúpula majoritária do partido tem como prioridade articular uma aliança com o PDT e, caso seja necessário, abrir mão de candidatura própria. Não ha certeza quanto a nenhuma opção, portanto, todas as cartas estão na mesa.

Luizianne Lins (Foto: Reprodução)

PDT

O senador e ex-governador Cid Gomes, liderança importante dentro do Partido Democrático Trabalhista, já afirmou que não irá se candidatar a prefeitura de Fortaleza. No encontro que teve juntamente com o governador Camilo Santana, alguns parlamentares cearenses da bancada federal e reitores de quatro instituições federais, Cid Gomes foi questionado sobre os planos do partido para 2020 e considerou qualquer articulação n o momento como precipitada, destacando a importância de manter atenção na gestão atual de Roberto Cláudio.

Cid Gomes (Foto: Reprodução)

PROS

Considerado pré-candidato desde as últimas eleições quando foi superado por Roberto Cláudio, o atual deputado federal Capitão Wagner é um nome praticamente certo para disputar novamente a prefeitura de Fortaleza. Embora derrotado, Wagner foi ao segundo turno e conquistou 588 mil votos, construindo um grande capital político, que foi fortalecido pelo apoio a Jair Bolsonaro e sua consequente vitória nas urnas. Tal suporte deve ser fundamental para que o Partido Republicano da Ordem Social lance Wagner Sousa como candidato em 2020.

Capitão Wagner (Foto: Reprodução)

PSL

Alimentado pela ascensão de Jair Bolsonaro ao poder, o antes desconhecido Partido Social Liberal agora detém duas lideranças fortes no Ceará, o deputado federal Heitor Freire e o deputado estadual André Fernandes. À princípio, o partido estava tranquilo quanto a ideia de apoiar a candidatura de Capitão Wagner à prefeitura de Fortaleza, haja vista sua relação positiva com Bolsonaro.  No entanto, as recentes críticas de Wagner ao governo federal, em especial sua posição contrária a reforma da Previdência, construíram uma animosidade. André Fernandes afirmou categoricamente que só apoiará um candidato que esteja 100% alinhado ao governo federal, portanto, caso Wagner não mude suas posições e críticas, o jovem André cogita a possibilitade de lançar sua candidatura própria.

André Fernandes (Foto: Reprodução)
Categorias
Luzenor de Oliveira Destaque1

Heitor Freire manda recado a Roberto Cláudio: não tem municipalização do trânsito na BR 116

O deputado federal Heitor Freire (PSL) mandou, nesta segunda-feira (22), em entrevista ao Jornal Alerta Geral (FM 104.3 – Grande Fortaleza + 26 emissoras no Interior), um duro recado ao prefeito Roberto Cláudio (PDT), que quer a municipalização de um trecho da BR 116 para implantação do corredor expresso na Capital: não tem municipalização!

Os estudos do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (DNIT) mostram, segundo Heitor Freire, que é inviável a cessão do trecho para a Prefeitura porque, com a municipalização, serão implantados vários semáforos, deixando o trânsito lento.

Freire disse que o Ministro dos Transportes, Tarcísio Gomes, estava caindo no canto da sereia da conversa do prefeito Roberto Cláudio sobre a transferência do trecho da BR da União para o Município, mas a municipalização está descartada.

O deputado disse, também, já ter conversado com a superintendente do DNIT no Ceará, Líris Campelo, que apresentou ao Município as razões sobre a inviabilidade desse processo para a Prefeitura gerenciar o trânsito da BR 116 na Capital.

Único representante do PSL do Ceará na Câmara Federal e tendo a maior parte da sua votação em Fortaleza, Heitor Freire disse ser radicalmente contra à municipalização porque, segundo ele, a Prefeitura quer implantar de 10 a 14 semáforos no local.

Corredor expresso

A Prefeitura de Fortaleza tenta a liberação do trecho da BR 116, do KM 0 ao KM 10, para dar sequência às obras do corredor expresso, ligando o Centro da cidade, pela Avenida Aguanambi, a Messejana. A proposta é melhorar o fluxo de veículos, com faixas exclusivas para ônibus. Sem o trecho da BR 116 sob o domínio do Município, a Prefeitura não pode realizar qualquer obra nesse trecho da rodovia federal.

Categorias
Política Estadual Destaque2

Roberto Cláudio tem 142 novos cargos para distribuir entre aliados políticos

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, terá, a partir desta segunda quinzena do mês de abril, mais 142 cargos comissionados para distribuir entre os aliados políticos. Os cargos, de acordo com o projeto do Poder Executivo, aprovado pela Câmara Municipal, serão distribuídos nas Secretarias de Educação e Saúde.

A mensagem foi aprovada com 25 votos favoráveis e dois contrários – dos vereadores Sargento Reginauro e Márcio Martins, ambos do PROS. Para justificar a criação dos cargos, o prefeito argumenta que, diante da criação de novos equipamentos públicos na área da Educação, a reorganização do sistema de saúde mental bem como a alteração dos limites entre Fortaleza e Maracanaú, surgiu a necessidade de ajustar o quadro de gestores da Prefeitura.

Esse ajuste, conforme a mensagem do Executivo,  visa assegurar o bom funcionamento desses equipamentos.  A proposta trata da criação de 142 cargos de provimento em comissão, os cargos comissionados, sendo 126 para a Secretaria de Educação e 16 para a Secretaria Municipal de Saúde. A Prefeitura aumentará os gastos com pessoal, com a criação dos novos cargos, em R$ 4,8 milhões.

O correspondente do Jornal Alerta Geral, Sátiro Salles, dá os detalhes:

Categorias
Política Política Estadual Destaque3

Sucessão 2020: Roberto Cláudio tira de Acilon comando do PR em Fortaleza

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), não deu fôlego e tirou das mãos do prefeito do Eusébio, Acilon Gonçalves, o comando do diretório municipal do PR na Capital. Roberto indicou o ex-vereador de Maracanaú e ex-deputado estadual Francisco Barroso para o comando municipal do PR na Capital.

Acilon assumiu os rumos do Partido da República no Ceará e levou para a sigla o filho Bruno, a esposa Marta, vereadora, e o deputado federal Júnior Mano, que é o presidente da Executiva Regional da agremiação.

O grupo de Acilon saiu do Patriota e buscou abrigo no PR na estratégia de criar condições para um projeto de candidatura ao Senado ou ao Governo em 2022. A transferência para o PR provocou na largada duas baixas no grupo do prefeito do Eusébio: os deputados estaduais Nizo Costa e Apóstolo Luiz Henrique, por orientação dos articuladores políticos do Palácio da Abolição, não o acompanharam. Henrique se filiou ao PP, enquanto Nizo entrou no PSB.

Antes do projeto para a sucessão de Camilo Santana, Acilon disputará, no próximo ano, à reeleição e quer eleger, pelo menos, 25 prefeitos em cidades do Interior e na Grande Fortaleza. Quanto à Capital, Acilon começou a trabalhar para eleger, pelo menos, seis vereadores, mas perdeu espaços porque o PR fica nas mãos do prefeito Roberto Cláudio.