Categorias
Educação

Inscrições para o Sisu do 2º semestre começam nesta terça-feira

Começa nesta terça-feira (4), as inscrições para as vagas ofertadas no segundo semestre do Sistema de Seleção Unificada, o Sisu. Os estudantes têm até a próxima sexta-feira (7) para realizar a inscrição e o resultado será divulgado no dia 10 de junho. Os participantes poderão ainda participar da lista de espera entre os dias 11 e 17 de junho.

Mesmo antes do início das inscrições, os candidatos tinham acesso a página do Sisu para consultar as vagas que foram ofertadas em instituições públicas de ensino superior no segundo semestre deste ano. A busca pode ser feita por curso, instituição de ensino ou por município.

Podem participar do Sisu os estudantes que fizeram prova do Enem em 2018 e obtiveram nota na redação acima de zero. Durante o período de inscrição, uma vez ao dia, o sistema do Sisu calcula a nota de corte, que é a menor nota para o candidato ficar entre os potencialmente selecionados.

Ao todo, o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) vai ofertar 59.028 vagas em 76 instituições públicas de ensino em todo o país no segundo semestre deste ano.

Categorias
Educação

Estudantes podem consultar vagas do Sisu a partir de hoje

A partir de hoje, os estudantes podem consultar, na página do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), as vagas que serão ofertadas em instituições públicas de ensino superior no segundo semestre deste ano. A busca pode ser feita por curso, instituição de ensino e por município.

Podem participar do Sisu os estudantes que fizeram prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2018 e obtiveram nota na redação acima de zero. As inscrições do Sisu poderão ser feitas de 4 a 7 de junho. Durante esse período, uma vez por dia, o Sisu calcula a nota de corte, que é a menor nota para o candidato ficar entre os potencialmente selecionados.

O resultado será divulgado no dia 10 de junho. Os participantes poderão ainda integrar a lista de espera entre 11 e 17 de junho.

Categorias
Educação

MEC abre consulta para vagas no Sisu nesta quinta (23)

A partir de amanhã (23), os estudantes já poderão consultar as vagas disponíveis nas instituições e cursos oferecidos no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do segundo semestre, na pagina do Sisu na internet.

Podem participar do Sisu, os estudantes que fizeram prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2018 e obtiveram nota na redação acima de zero.

As inscrições do Sisu poderão ser feitas de 4 a 7 de junho. Durante esse período, uma vez por dia, o Sisu calcula a nota de corte, que é a menor nota para o candidato ficar entre os potencialmente selecionados.

O resultado será divulgado no dia 10 de junho. Os participantes poderão ainda integrar a lista de espera entre 11 e 17 de junho.

Simulador

Para evitar sobrecarga do sistema, segundo o Ministério da Educação, o simulador do Sisu, que mostra informações dos últimos processos seletivos, vai ficar temporariamente fora do ar a partir desta quinta-feira.

A previsão é que volte ao ar no dia 10 de junho.

“A medida, preventiva, foi necessária para evitar que o sistema fique sobrecarregado”, disse a pasta.

O Sisu oferece vagas em instituições públicas de ensino superior a estudantes que fizeram o Enem.

Categorias
Educação

Estudantes podem consultar vagas no Sisu a partir desta quinta-feira

A partir de amanhã (23) os estudantes já podem consultar as vagas do Sistema de Seleção Unificada, o Sisu. Os dados como instituições, cursos oferecidos e quantidade de vagas podem ser acompanhados pelo site, mas as inscrições do Sisu só começam no dia 4 de junho e seguem até o dia 7 de junho.

Durante o período de inscrição, uma vez por dia, o sistema calcula a nota de corte, que é a menor nota para o candidato ficar entre os selecionados. As notas para cada curso são baseadas no número de vagas disponíveis e no total dos candidatos inscritos naquele curso, por modalidade de concorrência.

O Sisu é o sistema informatizado do Ministério da Educação no qual instituições públicas de ensino superior oferecem vagas para candidatos participantes do Enem. A nota de corte é apenas uma referência para auxiliar o candidato a acompanhar sua inscrição e não garante a seleção para a vaga ofertada.

O simulador do Sisu, que mostra informações dos últimos processos seletivos, vai ficar temporariamente fora do ar. A previsão é que volte no dia 10 de junho. A medida preventiva foi necessária para evitar que o sistema fique sobrecarregado.

Categorias
Educação

Inscrições para segunda edição do Sisu abrem dia 4 de junho

As inscrições para a segunda edição do Sisu, que estarão disponíveis a partir do dia 4 de junho e seguem até o dia 7, serão realizadas pela internet e não é preciso pagar nenhuma taxa. Pelo Sisu, os estudantes usam a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para concorrer as vagas em instituições públicas de ensino superior. Para se inscrever, o estudante precisa ter realizado a prova do Enem de 2018 e não ter zerado a nota da redação.

Durante o período de inscrição, os candidatos poderão escolher até duas opções de curso, em ordem de preferência, o local de oferta, o turno e a modalidade de concorrência. O Sisu terá uma única chamada, com resultado divulgado no dia 10 de junho. Já a matrícula ou o registro acadêmico na instituição para a qual o candidato foi selecionado na chamada regular deve ser feita nos dias 12 a 17 de junho.

Para participar da lista de espera, o candidato deve manifestar seu interesse na página do Sisu, entre os dias 11 e 17 de junho. É possível manifestar interesse na lista de espera em apenas um dos cursos para o qual o candidato optou por concorrer em sua inscrição.

Categorias
Geral Destaque2 Destaque3

Prazo para se inscrever na lista de espera do Sisu encerra hoje

Estudantes que esperam participar da lista de espera do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) tem até esta terça-feira (5) para realizar inscrição. O prazo vale para os estudantes que não foram aprovados em nenhuma das opções de curso. A adesão deve ser feita na página do Sisu.

Os candidatos têm a opção de entrar na lista para a primeira ou para a segunda opção de curso feita na hora da inscrição. Esses estudantes serão convocados pelas próprias instituições de ensino a partir do dia 7 de fevereiro. Os candidatos deverão acompanhar as convocações.

Para integrar a lista, os candidatos devem acessar o sistema e clicar no botão que corresponde à confirmação de interesse em participar da lista de espera. Após isso, o sistema emitirá uma mensagem de confirmação. Vale lembrar que, a partir desta edição, os selecionados em qualquer uma das duas opções não poderão participar da lista de espera.

Ao todo, o Sisu oferece, nesta edição, 235.461 vagas em 129 instituições públicas de todo o país. Puderam se inscrever no programa os estudantes que fizeram o Enem 2018 e obtiveram nota acima de zero na prova de redação. Segundo o MEC, mais de 1,8 milhão de candidatos se inscreveram.

Categorias
Educação Destaque2 Destaque3

Resultados do Sisu são divulgados nesta segunda

O Ministério da Educação (MEC) divulga hoje, 28, o resultado do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). O resultado pode ser conferido pela internet e pelo aplicativo do Sisu. Os estudantes que não foram selecionados podem participar da lista de espera a partir desta terça-feira, 29.

Os estudantes que foram selecionados devem realizar a matrícula nas instituições de ensino no período de 30 de janeiro a 4 de fevereiro. Quem não foi selecionado pode ainda participar da lista de espera. A adesão pode ser feita na página do Sisu, a partir desta quarta-feira, até o dia 5 de fevereiro. Nesses casos, serão convocados pelas próprias instituições de ensino a partir do dia 7 de fevereiro.

Ao todo, o Sisu oferece, nesta edição, 235.461 vagas em 129 instituições públicas de todo o país. Podem concorrer às vagas os estudantes que fizeram o Enem 2018 e obtiveram nota acima de zero na prova de redação. Segundo o MEC, 3,5 milhões de estudantes preenchem os requisitos e podem concorrer a essas vagas.  

Os estudantes devem ficar atentos aos dias, horários e locais de atendimento definidos por cada instituição em seu edital próprio.

Categorias
Educação Destaque2 Destaque3

Inscrições no Sisu vão até esta sexta e têm 500 mil acessos simultâneos

Em seu segundo dia de inscrição, nessa quarta-feira, 23, o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) chegou a registrar, segundo o Ministério da Educação (MEC), 500 mil acessos simultâneos, o que tem gerado lentidão para os que tentam entrar no sistema. O número superou o máximo de acessos ao mesmo tempo, do primeiro dia, de 350 mil

Com constantes quedas, conforme relato de quem tentou acessar o site, a recomendação é que o estudante com dificuldade atualize a página de inscrição antes de preencher os dados. Desde terça-feira, 22, as inscrições para quem deseja ingressar em um curso superior estão abertas.

Inscrição

Os estudantes podem escolher até duas opções de curso, em ordem de preferência. Uma das mudanças desse ano é que, diferente dos anos anteriores, quando existia a chance de participar da lista de espera mesmo sendo selecionado em um dos cursos, os estudantes que conseguirem um dos dois, não poderão participar da lista.

O resultado será divulgado no dia 28 de janeiro e a matrícula deve ser feita de 30 de janeiro a 4 de fevereiro. Já do dia 28 de janeiro ao dia 4 de fevereiro, que não foi selecionado na chamada regular, em nenhuma das opções, pode manifestar o interesse em participar da lista de espera. Estes, serão convocados pelas próprias instituições de ensino a partir do dia 7 de fevereiro.

Notas divulgadas em quatro horários

O Ministério da Educação informou, em nota, que foram adotadas todas as medidas para resolver a demora e que as notas de corte de cada curso serão divulgadas em quatro horários

Na tarde de terça, as notas de corte de cada curso foram disponibilizadas aos estudante que fizeram a prova do Enem de 2018. Na nota, a pasta informou que um novo que as notas de corte serão divulgadas em quatro horários: 7h, 12h, 17h30 e 20h.

“A divulgação em quatro horários se repetirá até sexta-feira, dia 25. A divulgação da nota de corte à meia-noite será mantida até quinta-feira, dia 24”, diz a nota.

As inscrições podem ser feitas até esta sexta-feira, 25, na página do Sisu.

Categorias
Geral Destaque2 Destaque3

Estudantes podem baixar gratuitamente o simulador de notas do Sisu

O simulador de notas do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), ferramenta inédita anunciada neste ano pelo Ministério da Educação, poderá ser utilizado em qualquer computador, em qualquer hora e em qualquer lugar pelos estudantes. O MEC disponibilizou para download o simulador para ajudar ainda mais os estudantes a escolher o curso superior desejado. O objetivo da plataforma é fazer comparativo de informações para aperfeiçoar o desempenho dos alunos.

O uso é simples! O estudante precisa acesse a página do Sisu na internet e clique no link “Simule aqui seu desempenho no Sisu”. Depois disso, abrirá outra página onde terá a opção “download”.  Com o simulador instalado, o estudante deve inserir suas notas no Enem e poderá filtrar a comparação por região, turno e cursos. A simulação vale apenas para as modalidades de ampla concorrência ou reservas de vagas da Lei nº 12.711/2012.

Na prática, vai funcionar assim: ao entrar no simulador, com a ferramenta já instalada no computador, o estudante coloca suas notas das disciplinas de ciências da natureza, ciências humanas, linguagem, matemática e redação, de qualquer das edições do Enem que tenha participado.

Depois, marca a alternativa “ampla concorrência” ou “lei de cotas” e, se desejar, usa os filtros disponíveis. Caso deseje uma simulação mais específica, pode ainda selecionar algumas das modalidades de concorrência, a região e a UF (unidade da federação) de sua preferência, além do curso e turno desejados.

O simulador faz um comparativo com todas as edições passadas do Enem, desde 2010 (primeiro semestre), quando o Sisu foi implantado pela primeira vez, até 2018 (segundo semestre), mostrando a menor nota que ingressou em determinada graduação, por universidade e edição do Sisu.

O simulador ajuda o estudante a ter uma noção sobre o que ele precisa melhorar no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para ser selecionado no curso desejado. A ferramenta será um instrumento de consulta permanente.

As informações são do Ministério da Educação. Acesse a página de download do simulador.