Categorias
Policial Destaque1

Número de homicídios no Ceará cresce 181% entre 2007 e 2017

O número de homicídios no Ceará cresceu 181% entre os anos de 2007 e 2017, de acordo com os dados divulgados no Atlas da Violência deste ano, que foi elaborado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP). De acordo com a pesquisa, o Ceará foi o estado com o maior aumento na taxa de homicídio em 2017, ano em que o estado atingiu o recorde histórico das mortes violentas.

O levantamento aponta um crescimento na taxas de mortes de mulheres, jovens e adolescentes. Em 2007, foram 1.993 homicídios no Estado. No ano seguinte, quantidade chegou a 2.019. Já em 2009, o número aumentando, passando para 2.165 e em 2010 foram 2.688 homicídios. A partir de 2011, os aumentos ficaram mais significativos, com 2.792 homicídios em 2011, 3.841 em 2012, 4.473 em 2013 e 4.626 em 2014.

Ao todo, durante a década, o aumento foi de 181,1%. Entre 2012 e 2017, a variação foi de 41%. Já de 2016 a 2017, o crescimento registrado foi de 49,2%.

O Atlas da Violência também mostrou os números que correspondem aos homicídios de jovens. No Ceará, o percentual de homicídios por faixa etária de 15 a 29 anos de idade apresenta aumento de 214,1% no período de 10 anos. No ano de 2007, foram contabilizados 1.066 casos. O crescimento foi ano a ano, até chegar a 3.348 em 2017.