Categorias
Interior

Quixeramobim tem rajada de vento de quase 70 km/h

O município de Quixeramobim, localizado no Sertão Central, registrou, uma rajada de vento de 68,7 km/h, na tarde desse domingo (8), segundo dados da rede de Plataformas de Coleta de Dados da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) e do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

Conforme a Escala de Beaufort, que classifica o aumento repentino do vento, a esta velocidade, a rajada pode ser designada como ventania. Entre seus impactos estão mar revolto com ondas de até 5 metros de altura e ainda quebras de galhos de árvores.

Além dos quase 70 km/h em Quixeramobim, entre as 14h e as 16h de ontem, uma rajada de 60,1 km/h, no fim da manhã de ontem, foi registrada em Jaguaruana. Já em Fortaleza, no intervalo de 24 horas, a maior foi de 42,12 km/h.

Temporada

Os ventos mais fortes são típicos deste período do ano no Ceará. A temporada no estado tem auge nos meses de agosto e setembro. Desde o fim do principal período chuvoso no Ceará, isto é, em maio, alguns fatores influenciam na elevação da intensidade dos ventos. O primeiro é a redução na nebulosidade e o também o deslocamento do Sistema de Alta Pressão Atmosférica do Oceano Atlântico Sul em direção ao Nordeste do Brasil.

Aviso de mal tempo

A Marinha do Brasil, por meio do Centro de Hidrografia da Marinha (CHM), informou, neste fim de semana, que a intensificação dos ventos alísios poderia provocar ventos de direção Sudeste a Leste, com intensidade de até 60 km/h, entre o litoral dos estados do Rio Grande do Norte a leste de São Luís (MA). O aviso segue válido até a manhã desta segunda-feira (9).

Categorias
Cotidiano

Nordeste bate recorde de geração de energia eólica

As rajadas de ventos de 44 quilômetros por hora no litoral nordestino fizeram a geração de energia eólica bater dois novos recordes no Nordeste – um histórico, outro anual, na madrugada desta terça-feira (13).

O recorde gerou pico de energia eólica de 9.270,5 MW/h, ou seja, 4,47% a mais do que a do último recorde histórico de 8.873,21 MW h registrado em 18 de novembro de 2018 às 9 horas,  e 18,43% a mais do que o recorde  anual de 7.827,29 MW/h de 11/02/2019.

Este novo recorde com fator de potência de 73,27% abasteceu a demanda do Nordeste brasileiro com  94,596% que naquela hora registrava 9.800  MW/h de consumo de energia.

Categorias
Cotidiano

Novas rajadas de ventos atingem o litoral nesta quinta-feira

Novo alerta! Após emitir comunicado notificando os navegantes sobre os ventos fortes na semana passada, a Marinha do Brasil ratificou o aviso para os próximos dias. De acordo com o órgão fortes rajadas de vento atingem a área de Natal (RN) até São Luís (MA) e podem chegar até 55 quilômetros por hora.

Por meio de nota, a Capitania de Portos do Ceará recomenda que embarcações de pequeno porte evitem navegar pela área, enquanto que as demais devem ficar atentas quanto ao “material de salvatagem” como restos de motores e casco

Na última terça-feira, 6, a capital cearense registrou chuvas e os termômetros oficiais marcaram 22°C, além de fortes ventos que chegaram a quase 40Km/h em Fortaleza.

Categorias
Cotidiano

Ventos fortes de até 55km/h devem atingir litoral cearense

Atenção! A Marinha do Brasil alerta para possibilidade de vento forte desde o litoral de Natal, no Rio Grande do norte, a costa de São Luiz, no Maranhão. De acordo com o órgão, rajadas de até 55 quilômetros por hora devem atingir parte da costa litorânea no Nordeste até meio dia da próxima terça-feira, 30.

“A Capitania dos Portos do Ceará recomenda que as embarcações de pequeno porte evitem navegar nestas áreas e que as demais embarcações redobrem a atenção quanto ao material de salvatagem, estado geral dos motores e casco, bomba de esgoto do porão, equipamentos de rádio e demais itens de segurança”, orienta em nota.

No percurso que abarca o litoral potiguar, cearense e maranhense, rajadas de vento podem atingir força 7, na Escala de Beaufort. Equivalência varia de zero a 12, quando quanto maior o número, mais “violento” o vento é. Força 7 significa vento forte, que indica mar revolto.