Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Senador Tasso Jereissati cancelou na manhã desta sexta-feira (23) a reunião que estava prevista para as 18h, em seu escritório na Torre Iguatemi, em Fortaleza, com líderes dos partidos de oposição (PSDB, PSD, PROS e Solidariedade). O objetivo era apresentar dados de uma pesquisa sobre intenção de votos ao Governo do Estado e ao Senado. A agenda foi alterada em função de informações inconclusas sobre a pesquisa. A reunião deve acontecer na próxima semana.

O encontro reunirá os presidentes regionais do PSDB (Francini Guedes), do SD (Genecias Noronha), do PSD (Domingos Neto), além de integrantes da cúpula estadual do PROS. Estarão presentes, ainda, o vice-prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa, o ex-senador Luiz Pontes, o ex-governador Lúcio Alcântara e o ex-vice-governador Domingos Filho. O deputado estadual Capitão Wagner que, na última quarta-feira, 20, filiou-se ao PROS, foi convidado para a reunião.

A pesquisa, com perguntas espontâneas e estimuladas, aborda o perfil dos candidatos a governador e a senador e extrai dos eleitores o sentimento sobre a imagem dos Governos Estadual e Federal. Com base nos números da pesquisa, a oposição entra em nova fase de discussão de nomes e estratégias para oficializar, no mês de julho, os candidatos majoritários (governador e senador).

O nome mais forte da oposição ao Governo do Estado, com base na trajetória política como candidato a prefeito de Fortaleza em 2016, é do deputado estadual Capitão Wagner. O parlamentar deixou, porém, dúvida se realmente aceitará a candidatura a governador após se filiar, nessa quarta-feira, em Brasília, ao PROS. A filiação foi feita com discrição e sem a presença das lideranças de oposição.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp